Deserto do Atacama - Lugares

O que você viu no deserto de tão interessante para voltar tantas vez para lá? Esta é a pergunta que tenho ouvido várias e várias vezes. Esta pergunta tem três respostas: Lugares, pessoas e cordilheira. É impressionante como um lugar tão seco pode esconder

  
  

O que você viu no deserto de tão interessante para voltar tantas vez para lá?
Esta é a pergunta que tenho ouvido várias e várias vezes. Esta pergunta tem três respostas: Lugares, pessoas e cordilheira.
É impressionante como um lugar tão seco pode esconder tesouros tão valiosos. Um dos meus preferidos é a Quebrada de Jerez. Trata-se de um veio d’água que corta as areias secas do deserto formando um cânion com cerca de 30 metros de profundidade. Dentro dele a vida ganha força e desabrocha em forma de árvores frutíferas, pinheiros, plátanos, um oásis, um verdadeiro jardim do Éden . Outro lugar fantástico embora sem nenhum verde é o gêiser de Tatio. Situado na borda de um vulcão ativo, os gêiseres surgem em forma de fumaça e vapor d’água que sobem a altura de 6 metros todas as manhãs. Perto dali o mesmo vulcão aquece as águas de um rio (30 graus), formando as termas do Puritama onde é possível banhar-se. Perto de San Pedro está o salar do Atacama, uma das maiores concentrações de sal natural do mundo com quase 100 quilômetros de comprimento e 200 metros de profundidade. Aqui você descobre outra face do deserto, pois apesar do sal a vida aparece na forma de flamingos, pequenos crustáceos e até lhamas. Do outro lado do salar está o Vale da lua e o vale da morte, uma fantástica cordilheira de sal gema onde a natureza moldou estátuas impressionantes. O vale é cortado por cânions de sal onde não é difícil encontrar uma caverna natural com as paredes forradas pelo mineral transparente. É impossível neste curto espaço descrever todas maravilhas do deserto, mas garanto que são muitas e surpreendentes.

Vista da cordilheira de sal

Vista da cordilheira de sal

Estátuas de sal no Vale da Lua

Estátuas de sal no Vale da Lua

Quebrada de Jerez

Quebrada de Jerez

Geisers de Tatio

Geisers de Tatio

Termas de Puritama

Termas de Puritama

  
  

Publicado por em

Amanda

Amanda

08/04/2009 10:11:41
quero saber mais de como as pessoas sobrevivem la

Família Goldschmidt

Família Goldschmidt

Os nativos vivem da agricultura, da criação de ovelhas e llamas e do turismo. Este última cresce dia a dia