Londres - Farnborough

Durante os curtos meses de verão na Inglaterra acontecem um número enorme de festivais e eventos, todos tentando aproveitar ao máximo os dias de sol e calor. Parece que o país acorda de uma hibernação para descobrir a alegria das atividades outdoor.

  
  

Durante os curtos meses de verão na Inglaterra acontecem um número enorme de festivais e eventos, todos tentando aproveitar ao máximo os dias de sol e calor. Parece que o país acorda de uma hibernação para descobrir a alegria das atividades outdoor. Um dos eventos que me chamaram atenção neste verão foi o festival de aviação Farnborough International Airshow. Esta feira, que acontece a cada dois anos em uma cidade próxima a Londres, é um dos maiores eventos do setor aeroespacial e movimenta bilhões de Libras em negócio e promoções. Como ainda não posso comprar meu próprio avião, resolvi acompanhar apenas os shows de apresentação das aeronaves, que aconteceram todas as tardes durante a semana do evento. Foi um espetáculo de tirar o fôlego. Um verdadeiro desfile de aviões de todos os tamanhos, fazendo acrobacias que eu considerava impraticáveis. Manobras que dificilmente serão vistas fora de um campo de testes (a menos que o avião estiver realmente caindo).

Vi aviões gigantescos como o Airbus A380 fazendo curvas, mergulhos e piruetas como se fosse um modelo de brinquedo nas mãos de uma criança. Tudo para impressionar os compradores e convidados. Os jatos de guerra então, nem se fala. Os F-16, F-18, Gripen e Typhon decolavam com um barulho ensurdecedor e faziam manobras ousadas a baixa altitude. E nós ali, soltando comentários de alegria e satisfação a cada pouso e decolagem. Os aviões históricos também marcaram presença. Tivemos a oportunidade de assistir a vôos raros como o do bombardeiro Lancaster escoltado por caças Hurricane e Spitfire, todos ícones da II Guerra Mundial. O que vi voando no céu de Farnborough, dificilmente verei em outro lugar. Tive o privilégio de assistir ao vôo do imenso bombardeiro Vulcan, sensação da década de 80 e da Guerra Fria. Apenas dois deles ainda continuam voando em todo o mundo. Não posso terminar sem falar sobre as equipes de acrobacia como os Blades e os Red Arrows. Esta última, composta pela elite da Força Aérea Inglesa, fazendo manobras a bordo de nove jatos Hawk. Um espetáculo que deixou marcar profundas em nossa mente. Bom, melhor do que falar é mostrar. Por isto, aproveitem a fotos abaixo e assistam ao pequeno vídeo que fiz sobre o evento.
Bons vôos!

Veja o vídeo

Peter Goldschmidt
Membro da Família Goldschmidt e consultor de turismo da Gold Trip, uma agência de viagem especializada em América Latina.
www.familiagold.com.br // www.goldtrip.com.br

  • Fotos: Família Goldschmidt
Farnborough Airshow 2010
A380
Demonstração de vôo
F16
Farnborough
Lancaster
Apache
Helicópteros
Fãs da aviação
Felizes por esta aqui
The Blade
Red Arrows
Ases da Segunda Guerra
Vulcan
  
  

Publicado por em