Londres - Visitantes noturnos

Dentre a variada fauna londrina, os animais mais conhecidos (e reconhecidos) são as pombas e os corvos.

  
  

Dentre a variada fauna londrina, os animais mais conhecidos (e reconhecidos) são as pombas e os corvos. As primeiras, presentes em todas as praças da cidade, fazem a alegria de velhinhos aposentados e crianças que sempre tentam alcançá-las. Os corvos por sua vez, com seu comportamento desafiador, habitam nos grandes monumentos e é sinal de bom agouro na Torre de Londres. Dizem que quando os corvos se forem dali, um grande mal cairá sobre a Inglaterra. No entanto, numa noite destas fui apresentado a um animal até então desconhecido por mim, mas cuja população está dentre as maiores da cidade. Já estava dormindo quando escutei um grito vindo do parque em frente a minha casa. Parecia uma criança gritando. Apreensivo foi até a janela e descobri que os gritos vinham de um filhote de raposa que procurava sua mãe. De certo modo, era sim uma criança gritando. Na manhã seguinte vi novamente a raposinha, desta vez acompanhada pela sua mãe. Elas brincavam no quintal do vizinho puxando as roupas do varal. Pesquisei e descobri que as raposas são animais comuns nesta cidade. Estima-se que cerca de 10 mil delas vivam dentro de Londres. Com hábitos noturnos, raramente são vistas pela população. São animais caçadores, porém tímidos. Há poucos registros de ataques a humanos e na maioria dos casos os animais foram acuados. Durante vários dias continuei vendo as raposas, sempre à noite ou logo antes do nascer do sol. Fiquei feliz em conhecer mais este cidadão londrino e de aprender um pouco mais sobre a vida nesta cidade.

Veja o vídeo

Peter Goldschmidt
Membro da Família Goldschmidt e consultor de turismo da Gold Trip, uma agência de viagem especializada em América Latina.
www.familiagold.com.br // www.goldtrip.com.br

  • Fotos: Família Goldschmidt
  • Este diário se refere a viagem da Família Goldschmidt a Londres a partir de Maio de 2010.
Raposa 1
Raposa 2
  
  

Publicado por em