VIAJE COMIGO 56 | ARGENTINA | El Calafate

Conta a história que perto de um grande arbusto de Calafate, uma planta frutífera típica da Patagônia, havia um pouso seguro para aqueles que atravessavam as estepes áridas do sul da Argentina.

  
  

Conta a história que perto de um grande arbusto de Calafate, uma planta frutífera típica da Patagônia, havia um pouso seguro para aqueles que atravessavam as estepes áridas do sul da Argentina. Com o passar do tempo, este pouso ganhou um mercado,um hotel e logo se tornou uma parada obrigatória para todos os viajantes. Hoje, a pequena cidade de El Calafate continua com sua vocação receptiva e se transformou em um dos ícones do turismo mundial. Sua proximidade da Cordilheira dos Andes e das dezenas de glaciares que descem de suas encostas, ajudaram a atrair milhares de visitantes que chegam de todas as partes do planeta.

A cidade está localizada as margens do Lago Argentino, um dos maiores do país e de onde se pode observar ao mesmo tempo a Cordilheira dos Andes e o semi árido patagônico. El Calafate foi construída a poucos quilômetros do Parque Nacional Los Glaciares, que protege o campo de gelo Patagônico. Este “mar” de gelo alimenta 13 grandes glaciares no lado argentino da cordilheira, e mais uma centena de glaciares menores.

O maior atrativo da região é sem duvida o glaciar Perito Moreno. Este gigante branco desce da cordilheira formando um grande rio de gelo com mais de 36 quilômetros de extensão. Ao chegar as margens do lago, suas paredes têm cerca de 60 metros de altura e estão em constante atividade. Não é difícil observar blocos do tamanho de edifícios se desprendendo do glaciar e mergulhando nas águas do lago.

A grande peculiaridade do glaciar Perito Moreno é a facilidade de se chegar bem próximo a ele. Nas margens do lago foram construídas passarelas de onde se pode observar com segurança, toda a sua atividade. Para quem deseja chegar ainda mais perto, uma boa opção é o tour Safari Naútico, que leva o visitante para um passeio de barco em frente ao glaciar. Para os mais aventureiros, a melhor opção é o passeio “Mini-trekking”, uma caminhada guiada sobre o gelo de Perito Moreno. Esta caminhada dura cerca de 90 minutos e pode ser realizada sem dificuldades. Nela, é possível conhecer a estrutura do glaciar e observar pequenos riachos, cavernas de gelo e formações impressionantes. É uma aventura única.

O glaciar Perito Moreno é apenas um dos inúmeros glaciares da região. Para conhecê-los melhor, sugiro fazer o tour “Todo Glaciares”. Nele você embarca em um moderno catamarã e navega pelas águas do Lago Argentino que adentra ao Parque Nacional Los Glaciares.
No caminho, há várias oportunidades para observar os icebergs, grande blocos de gelo que se desprendem dos glaciares e ficam vagando por mais de um ano nas águas geladas do lago. Durante o passeio, também se chega bem próximo a vários glaciares como, por exemplo: o Upsala , um dos maior da região com mais de 50 quilômetros de extensão.

A cidade de El Calafate oferece uma boa estrutura turística com hotéis em todas as categorias, restaurantes, cassino e lojas de artesanato e aventura. Para quem tem tempo, existem opções de passeios em veículos 4x4 que percorrem as montanhas da região e visitas as fazendas de ovelhas. Algumas delas, com a El Galpon, possuem passeios diários, com direito a conhecer o manejo dos animais, a tosa de ovelhas, jantar e show de danças típicas.

El Calafate também pode servir de base para se conhecer outros dois destinos na Patagônia. Seguindo ao norte pela rota 40, pode-se visitar El Chalten. Esta vila andina é considerada por muitos o paraíso do trekking e lugar ideal para quem gosta de aventura. Na direção oposta, o caminho leva ao Chile, onde está o seu mais importante parque nacional, Torres del Paine. Ambos os destinos podem ser visitados em passeios de um dia inteiro, com retorno a El Calafate pela noite.

El Calafate é uma cidade linda e receptiva que pode ser visitada tanto no verão como no inverno. Os glaciares estão sempre ativos e os passeios funcionam normalmente em todas as estações (exceto o mini trekking). Eu recomendo ficar no mínimo 2 ou 3 dias neste destino. Tenho certeza de que você vai gostar.

Peter Goldschmidt

  • Peter Goldschmidt é membro da Família Goldschmidt que desde 1999 viaja pelo mundo descobrindo e divulgando novos roteiros turísticos. É também diretor da agência de turismo Gold Trip - www.goldtrip.com.br

Fone: (11) 4411-8254 / 8252

http://www.goldtrip.com.br/vc-el-calafate/

  
  

Publicado por em