Bahia, são muitas!

Plagiando Guimarães Rosa, acho que posso adaptar um pouquinho e dizer: “Bahia são muitas”. É verdade, este é um estado imenso, quase duas vezes maior que São Paulo, com menor numero de municípios e com uma grande variedade de lugares, r

  
  

Plagiando Guimarães Rosa, acho que posso adaptar um pouquinho e dizer: “Bahia são muitas”.

É verdade, este é um estado imenso, quase duas vezes maior que São Paulo, com menor numero de municípios e com uma grande variedade de lugares, relevos e vegetação.

Esta variação é excelente tanto para o baiano como para o visitante. Por exemplo: saímos da Chapada Diamantina, coberta por bosques e campos de altitude, poucos quilômetros depois já estávamos no meio de uma caatinga “braba”, com pouquíssima água e muitos cactos.

Conforme íamos chegando ao litoral, começaram aparecer resquícios de mata atlântica e depois ao chegarmos em Camaçari, a paisagem já havia mudado outra vez, esta repleta de coqueiros.

O que não muda na Bahia é só o baiano. Sempre sorridente, sossegado, boa praça. É certo que nada sai rápido (como este paulista aqui gostaria), mais sai.

É preciso aprender viver em outro tempo, outro ritmo de vida. Como uma boa baiana me disse, o relógio daqui não marca as horas. No lugar dos números esta escrito:

Daqui a pouco!
Espero um tiquinho!
Já vai!
Pra que a pressa meu nego!

Será que eles não estão certos??????

  
  

Publicado por em