Camaçari - BA

A cidade de Camaçari está localizada a pouco mais de 70 quilômetros ao norte de Salvador e é uma boa opção para quem quer ter contato com a natureza e curtir belas praias margeadas por coqueiros. Na verdade, a cidade se divide em duas partes. A pa

  
  

A cidade de Camaçari está localizada a pouco mais de 70 quilômetros ao norte de Salvador e é uma boa opção para quem quer ter contato com a natureza e curtir belas praias margeadas por coqueiros.

Na verdade, a cidade se divide em duas partes. A parte urbana que fica no interior é industrial e sem muitos atrativos. Já a parte a beira mar, conhecida como Orla, é linda e verdejante.

Há algumas pousadas, porém o mais conveniente é arranjar uma casa para alugar.

Veja algumas dicas de passeios:

  • Rio Jacuipe

Fomos convidados para fazer um passeio pelo Rio Jacuípe.

Confesso que logo que recebi o convite pensei que seria mais um passeio sem graça pelo meio do mangue.

Mero engano! Subimos em um catamarã na marina Jacob Sports, cujo proprietário é.......adivinhem........o Jacob.

Em barco muito silencioso, subimos o rio até encontramos alguns homens escavando o barro com facões.

Eles estavam pegando Lambretas, uma espécie de ostra do rio. A população ribeirinha vive da extração de lambretas, das ostras que crescem nas raízes expostas das plantas, e da pesca.

Rio acima, o Jacob parou novamente o barco e nos apresentou um lugar onde se podia tomar banho de argila, segundo ele, um esfoliante natural para a pele.

Depois dos banhos “TERRAIS” fomos tomar um banho “AGUAL” de verdade, na foz do rio. Um lugar paradisíaco com água morna, coqueiros e uma enseada de areia.

À tarde no rio, não poderia terminar de uma maneira melhor. Ao chegar na marina, as lambretas já estavam cozidas para a alegria da tripulação, e o Jacob havia mandado preparar um quibes ultra-mega-saborosos.

Contatos? Ligue: (71) 678-1338

  • Projeto Tamar

Em Camaçari há uma base do projeto Tamar na praia de Arembepe.

Na base bem montada, há vários tanques que abrigam 4 espécies de tartarugas (das 5 existentes).

Existe ali uma impressionante tartaruga sem casco.
Os técnicos explicaram que aquela tartaruga havia sido mantida em cativeiro clandestinamente e que o ex-dono, para manter a tartaruga viva e presa, amarrou um arame por baixo do casco para poder soltá-la no mar sem que ela fosse embora.

Como a tartaruga cresceu, o arame cortou a parte de baixo do casco e ela quase morreu.

A salvação veio através de uma delicada operação veterinária e o resultado está ai.

Uma tartaruga feliz, mas que parece com um frango que nada debaixo d´água.

Outra surpresa aconteceu logo que chegamos. Um dos ninhos guardados pelo projeto começou a chocar.

Notamos dezenas de cabecinhas de tartaruga imóveis
para fora da areia.

Em poucos instantes, todas, em sincronismo, começaram a se mexer e a sair do ninho. O “parto” rendeu 110 filhotes.

O próximo passo foi soltá-las no mar, uma lição de biologia que não se aprende nas salas de aulas.

  • Hippies de Arembepe

Ao lado do projeto Tamar, está localizada a aldeia hippie mais famosa do Brasil: a Aldeia de Arembepe.

Por cima das dunas e sobreada por coqueiros, estão dezenas de casa com teto de palha que formam esta aldeia fundada nos anos 60.

Dos primeiros moradores não sobrou nenhum, com exceção do Damião, que nasceu ali.

Pelo que entendi, muitos que vivem ali não se consideram mais hippies, pois tem que trabalhar para viver e consomem bem da sociedade, o que contradiz a filosofia Hippie.

Mesmo assim, a moeda local acaba sendo o artesanato e o estilo de vida é o contato com a natureza.

No centro da aldeia, há uma feira comunitária de artesanato onde pode-se comprar vários trabalhos dos aldeões e bater um papo com o pessoal. Papo cabeça, é lógico!

  • Feira do pôr-do-sol

Nos finais de semana, a prefeitura de Camaçari promove a Feira do Pôr-do-sol, que tem como objetivo incentivar o artesanato local como fonte de renda para a população menos favorecida.

O resultado tem sido positivo com a revelação de ótimos artesãos e a melhoria da qualidade de vida das pessoas.

Há também vários shows folclóricos e comidas típicas. Vocês, assim como nós, vão adorar!

  • Dicas de viagem
  • Informações sobre hotéis e restaurantes na Sub-prefeitura da Orla

Estrada do Côco, km 31
Fones: (71) 622-8219 / 621-6666

  • Restaurante Harmonia

Praia de Jauá, 59
Fone: (71) 672-1376

  • Marina Jacob

Estrada do Côco, Km 32
Fone: (71) 678-1338

  • Bahia Scuba - Mergulho em naufrágios

Fones: (71) 9975-3839 / 321-0156

  • Para quem gosta de acampar, vale a pena conhecer o Manuel e a Fátima do Camping Acauã.

Como eles também são aventureiros, é melhor você ligar antes e combinar a hospedagem.
O Camping fica no Distrito de Monte Gordo.
Fones: (71) 674-2118 / 9984-2118.

  
  

Publicado por em

Sabrina

Sabrina

04/06/2009 10:00:31
acho que camaçari deveria explorar mais os lados de preservação da natureza fazendo coletas ecologicas incentivando pesssoas a se interessarem pela natureza e seus componentes;visitas a parques e também plantar mais arvores do que ficar fazendo praças desmatando lugaress onde deveria se reflorestado....