Dia de aventuras

Nosso dia foi o contrário de ontem, super agitado. Aproveitamos a região do entorno do parque e fizemos várias atividades radicais. Começamos com um rapel em uma pedreira de mármore abandonada. Os quatro desceram os trinta metros da parede sem medo de ser

  
  

Nosso dia foi o contrário de ontem, super agitado. Aproveitamos a região do entorno do parque e fizemos várias atividades radicais. Começamos com um rapel em uma pedreira de mármore abandonada. Os quatro desceram os trinta metros da parede sem medo de ser feliz. Eu até abusei um pouquinho e fiz uma parte de cabeça para baixo. Quem nos levou foi o Beto Cipoeiro, dono de uma agência local. A segunda aventura foi também nas alturas. Com o apoio do Russo, um guia que trabalha com o Beto, descemos uma tirolesa de 20 metros que aterrisamos no meio do rio Cipó. Esta já deu um friozinho na barriga. Para terminar o dia fomos fazer um passeio de caiaque pelo mesmo rio Cipó. Relaxamos um pouco e tivemos a oportunidade de observar várias capivaras que vivem nas margens do rio. Bem, amanhã tem mais.
Obs: Nem mal a viagem começou e já estamos tendo que tomar uma decisão importante. Estamos pensando, pensando e não conseguimos chegar a uma conclusão. Já está saindo até fumaça da cachola. Depois eu conto pra vcs o que é...

Erick inicia o rapel sobre a pedreira de mármore

Erick inicia o rapel sobre a pedreira de mármore

Peter tenta um rapel diferente

Peter tenta um rapel diferente

Erick observa enquanto Sandra desce de rapel

Erick observa enquanto Sandra desce de rapel

Beto Cipoeiro

Beto Cipoeiro

Tirolesa de 20 metros e altura sobre o rio Cipó

Tirolesa de 20 metros e altura sobre o rio Cipó

  
  

Publicado por em