Foz do São Francisco

Hoje fomos de novo para o rio, desta vez a bordo de um enorme catamarã. A Prefeitura Municipal de Penedo, através da Secretaria Municipal de Educação e a pedido da Secretaria de Turismo, colocou à nossa disposição o seu barco para nos levar à foz do rio S

  
  

Hoje fomos de novo para o rio, desta vez a bordo de um enorme catamarã. A Prefeitura Municipal de Penedo, através da Secretaria Municipal de Educação e a pedido da Secretaria de Turismo, colocou à nossa disposição o seu barco para nos levar à foz do rio São Francisco.

Imaginem, um barco para 70 pessoas só para nós 4 e nossa guia, a Márcia. Ainda bem que não estávamos sós, havia o capitão, o marinheiro, o garçom e um maravilhoso buffet. Êta viagem dura, sô!

Não bastasse as mordomias, o passeio a foz é maravilhoso, ou melhor, é fantástico! Pensando melhor, é magnífico. Acho que vocês já entenderam, né?

Esta parte final do Velho Chico é repleta de ilhas verdejantes e pequenos canais laterais, o que torna a viagem muito interessante e ótima para fotografias.

Além disto, o barco passa por várias povoações ribeirinhas, onde se pode ver nas horas quentes do dia, toda a cidade na beira do rio. As mulheres lavam roupa, as crianças brincam na água, os homens pescam ou lavam seus cavalos.

Uma boa ilustração da importância e da interatividade do nordestino com o rio que dá vida a esta região. Tudo e todos giram em torno desta água que literalmente atravessam o país.

Depois de duas horas e meia navegando rio abaixo, chegamos a foz do Chicão (intimidade, hein?).
Ficamos tão impressionados com a beleza que acho que as fotos nem ficarão muito boas.

De um lado do rio existe um imenso coqueiral que termina em um farol surrado pelo mar. A margem alagoana é formada por uma imensa praia de areias claras, com algumas lagoas e uns poucos coqueiros espalhados aqui e ali. Por ela dá para se caminhar até o fim do rio, onde segundo os moradores ele “se acaba no mar”.

Enquanto a Sandra tirava fotografias, eu e as crianças aproveitámos para tomar um belo banho nas águas mornas do rio.

Depois de conhecer a nascente, lá na Serra da Canastra, o Velho Chico percorreu 5 estados brasileiros e mais de 3.000 quilômetros levando vida, esperança e fé para a população do sertão.

Apesar dos maus tratos sofridos, ainda é lindo vê-lo terminar de modo tão grandioso no oceano Atlântico. Comparo a foz do São Francisco à morte de um bom rei, que fez muito pelo seu povo, mas que um dia finalmente tem que descansar.

No seu funeral, uma festa magnífica, com palmas e panos coloridos, para lembrar tudo o que de bom foi feito e quantas pessoas foram ajudadas pelas suas ações. Assim é a Foz do Velho Chico, onde a natureza preparou uma linda festa de despedida, ao maior e mais belo rio genuinamente brasileiro.

Passeios de Catamarã - Hotel São Francisco
Fone: (82) 551-2273 Fax: 551-2274

  
  

Publicado por em

ALMEIDA

ALMEIDA

17/01/2012 21:01:51
SÓ VINDO A PENEDO PARA DESFRUTAR DE TUDO QUE Á DE BOM EU FALO ISSO PORQUE PASSEI POR LÁ EM FEVEREIRO 2011 E JÁ TOU ME PROGAMANDO PARA OUTRA VIAGEM QUERO TOMAR BANHO NA ILHA QUE FICA NO RIO SÃO FRANCICO COM UM BELO PEIXE FRITO E UMA CERVEJA BEM GELADA E CURTIR CARNAVAL.