Indo embora

Apesar da insistência do Manuel e da Ana Fátima para ficarmos, nós temos que ir embora. O dever nos chama (e pelo nome)! O Manuel falou que ficar em Camaçari só uma semana é quase uma ofensa e que ele nos perdoa porque somos seu amigos. Já prometi

  
  

Apesar da insistência do Manuel e da Ana Fátima para ficarmos, nós temos que ir embora. O dever nos chama (e pelo nome)!

O Manuel falou que ficar em Camaçari só uma semana é quase uma ofensa e que ele nos perdoa porque somos seu amigos. Já prometi que na próxima visita fico pelo menos um mês.

Fiquei impressionado com a cidade. Conhecia a Camaçari industrial, com um tremendo pólo petroquímico e como sede da fábrica da Ford. Não conhecia a Camaçari “orla”, com lindas praias, muita natureza e fantásticos passeios.

Uma ótima opção para quem vem a Salvador ou à costa do Sauípe (um pouco mais ao norte).

Última notícia:

Antes de irmos embora eu e o Erick fomos pegar uma saideira de surf na praia de Guarajuba. Não contei antes, mas aqui finalmente consegui surfar. Desencantei!

O problema é que o Erick foi pego por uma onda mais forte que o arremessou contra o fundo de areia. Este acidente rendeu a ele um passeio ao hospital da cidade e a um ombro luxado. Nada grave.

Ele chorou bastante e só parou depois da injeção com medicamento contra a dor. Vai ficar de repouso uns 3 dias por conta da travessura.

No final eu que “pago o pato”, pois tenho que fazer a minha parte das tarefas e a dele também. Pobre pai! Pobre filho!

  
  

Publicado por em