Nosso primeiro grande desafio

Lembra das decisões que falei que tínhamos que tomar? Pois é, tomamos. Deixa eu contar a história desde o inicio. Como vocês sabem, desde a primeira fase do projeto nós usamos uma carreta para rebocar o carro de apoio. Acontece que desde a cidade de Pains

  
  

Lembra das decisões que falei que tínhamos que tomar? Pois é, tomamos. Deixa eu contar a história desde o inicio. Como vocês sabem, desde a primeira fase do projeto nós usamos uma carreta para rebocar o carro de apoio. Acontece que desde a cidade de Pains, estamos sentindo que as estradas brasileiras estavam judiando muito da nossa carretinha. Não são nem os buracos, são mesmo as imperfeições na pista na forma de grandes lombadas, que fazem a carreta (e o carro) subir e descer como numa grande gangorra. Diversas vezes ouvimos a ponta da carreta bater no chão por causa do balanço excessivo. A Sandra começou a ficar preocupada e eu também, por isto resolvemos deixar a carreta na Serra do Cipó (alguém vai pegar depois) e seguir em carros separados. Eu dirijo o Pégaso e a Sandra o Kangoo. Liguei para várias pessoas pedindo opiniões e pensamos em todas as possibilidades: colocar um cambão, reforçar a carreta, comprar outro reboque, enfim pensamos em tudo e decidimos que o problema não é o tipo de reboque, mas o reboque em si. As opiniões foram válidas, mas somente quem está na estrada é que pode sentir a gravidade do problema. As estradas estão muito ruins. Na Patagônia, mesmo com muita estrada de terra, não enfrentamos este tipo de problema.
Agora, o difícil foi tomar esta decisão, principalmente porque qualquer decisão que tomarmos agora, nos afeta pelos próximos 15 meses. Não dá pra fazer um teste. Ou é, ou não é. Mas como eu sempre digo: Se não tomar a decisão não dá pra saber se ela foi a certa ou a errada. Só o tempo vai dizer se acertamos ou não. Considero este nosso primeiro grande desafio. Para vocês pode parecer uma coisa insignificante, mas para nós foi uma verdadeira batalha. Orem por nós.

Pégaso e Carretinha- pela última vez juntos

Pégaso e Carretinha- pela última vez juntos

Ingrid e a corajosa Teté (a Teté é a de óculos)

Ingrid e a corajosa Teté (a Teté é a de óculos)

Peter fotografa uma Sempre-viva - obrigado Beephoto

Peter fotografa uma Sempre-viva - obrigado Beephoto

Família Goldschmidt junto com o Claudinho da Brasil Aventura

Família Goldschmidt junto com o Claudinho da Brasil Aventura

Gigi, nosso anfitrião, e a Teté

Gigi, nosso anfitrião, e a Teté

  
  

Publicado por em