Palestra na Funasa e Vila Estrutural

Não pensem que nossa vida é fácil não. Mal montamos nosso acampamento e já tivemos que desmontá-lo. Realizamos 3 palestras em Brasília e levamos o Pégaso junto para mostrá-lo a imprensa. Quem organizou tudo foi o Márcio da Prumo Comunicaçõ

  
  

Não pensem que nossa vida é fácil não. Mal montamos nosso acampamento e já tivemos que desmontá-lo.

Realizamos 3 palestras em Brasília e levamos o Pégaso junto para mostrá-lo a imprensa.

Quem organizou tudo foi o Márcio da Prumo Comunicações.

Duas das palestras foram na Fundação Nacional de Saúde e outra foi realizada em uma escola pública da periferia.

As palestras na Funasa foram um sucesso, com a presença de várias autoridades e da imprensa.

Foi o lançamento em Brasília da Campanha “Água + Cloro = Saúde” que fazemos em parceria com a Abiblor / Clorosur.

A Campanha mesmo foi feita com as 700 crianças da escola pública da Vila Estrutural.

Mostramos alguns vídeos e falamos sobre nossa viagem e sobre a importância de clorar a água.

Não foi fácil enfrentar 700 pimpolhos hiper-super-extra ativos com uma idade máxima de 12 anos.

O Erick e a Ingrid, que também apresentam a palestra, mandaram bem e tiram dez com louvor.

Mesmo quando o microfone pifou, o Erick não se abalou e continuou a falar com seu jeito cativante. Afinal, criança sabe lidar com criança.

Depois de mais de 50 mil quilômetros praticamente sem problemas, o Pégaso resolveu chamar nossa atenção.

Na frente do estacionamento da Funasa, estourou uma mangueira flexível da direção hidráulica e ficamos travados no meio do estacionamento.

Ninguém entrava, nem saía e o óleo se espalhou pelo chão. Um tremendo mico.

O pior é que tudo aconteceu 5 minutos antes do início da palestra.

No início eu fiquei nervoso, irritado, irado.

Foi então que o guarda do estacionamento chegou ao meu lado e disse: “Ainda bem que esta mangueira não estourou na estrada!”.

Imediatamente pensei nas enormes descidas e na velocidade que baixamos em cada uma delas durante nosso caminho desde Goiânia.

Realmente não tinha razão nenhuma para reclamar, só para agradecer.

Afinal, Murfy não é tão bom assim, as coisas ruins nem sempre acontecem nos piores momentos!

  
  

Publicado por em