Palestra na praça

Depois de visitar a Grota do Angico no lado sergipano do rio São Francisco, atravessamos novamente o rio e passamos a noite na Fazenda Remanso, uma pousada que possui uma das vistas mais maravilhosas do rio. Foi lá que há 65 anos as volantes do Ca

  
  

Depois de visitar a Grota do Angico no lado sergipano do rio São Francisco, atravessamos novamente o rio e passamos a noite na Fazenda Remanso, uma pousada que possui uma das vistas mais maravilhosas do rio.

Foi lá que há 65 anos as volantes do Capitão Bezerra se reuniram para atacar Lampião. De noite, fomos convidados para conhecer o distrito de Entremontes, uma vila centenária às margens do rio.

O lugar é bem pequeno, com uma praça central e uma dúzia de ruas. Ali, naquela noite quente de verão, parecia que toda a cidade estava reunida do lado de fora de suas casas.

As mulheres faziam seus bordados (umas das principais fontes de renda da cidade), os homens comentavam animadamente uma partida de futebol, enquanto as crianças e velhos gastavam seus tempos na pequena praça central.

Fomos convidados para fazer uma palestra sobre as campanhas que divulgamos. Em poucos minutos, atraídos pelo convite feito em voz alta pela vereadora e diretora da escola local, a Virginia, toda a cidade se reuniu em frente a uma cobertura e ouviu a Família Goldschmidt falar sobre suas aventuras, sobre a necessidade de usar racionalmente a energia elétrica e sobre a importância de clorar a água antes de consumí-la.

Para mim foi a primeira palestra ao ar livre, em uma praça de cidade e uma experiência incrível. No final, distribuímos para a diretora centenas de revistas da Turma da Mônica (que fala sobre a água ) e folhetos com instruções sobre como usar os derivados de cloro para purificar caixas d’água, poços e cacimbas.

Espero que nossa passagem por Entremontes e Piranhas possa trazer uma melhoria de vida e de saúde para estes simpáticos alagoanos.

  
  

Publicado por em