Pequenos Lençóis

Hoje acordamos cedo e às 6:30h o Marzinho da Eco Adventure Tour veio nos buscar. O pessoal desta agência é especializado nos roteiros que estão entre São Luis e Fortaleza. Dentro desta área, eles conhecem tudo e têm equipamentos e transpor

  
  

Hoje acordamos cedo e às 6:30h o Marzinho da Eco Adventure Tour veio nos buscar.

O pessoal desta agência é especializado nos roteiros que estão entre São Luis e Fortaleza.

Dentro desta área, eles conhecem tudo e têm equipamentos e transporte para todos os gostos.

O Marcos, dono da agência, nos propôs irmos para os pequenos e grandes Lençóis usando veículos 4x4. Topamos.

Foi uma briga para as crianças deixaram a Pepita, mas não tinha jeito, pois vamos ter que dormir fora.

No início percorremos 120 km de asfalto ruim até perto de Tutóia.

Durante o caminho vimos vários meninos tapando buracos da estrada com terra.

Na verdade, na maior parte do tempo eles ficam parados. Logo que vêem um carro chegar, eles começam a tapar um buraco ou dois e estendem a mão pedindo um dinheiro.

É meio trapaça, mas mesmo assim resolvemos premiá-los pelo trabalho. Afinal, não é fácil trabalho por aqui.

Depois do asfalto esburacado, entramos por uma trilha de areia por mais 60 km. Uma aventura.

Passamos por diversos povoados simples e muitos rios.

Em cada um deles, várias família se refugiavam do calor banhando-se nas águas transparentes dos cursos d’água.

Seguíamos pelo interior, numa espécie de rally dos sertões atravessando enormes trechos de areia solta. Emocionante!

De vez em quando cruzávamos por um veículo atolado aqui ou ali.

Depois de 3 horas de viagem, finalmente surgiram enormes dunas de areia.

Eram os Pequenos Lençóis. Seguimos bordeando a areia por alguns quilômetros quando de repente o Marzinho fez uma curva fechada e subiu uma enorme duna até o topo.

Foi como ter uma visão do paraíso. Em nossa frente se descortinou uma paisagem de tirar o fôlego.

As dunas se estendiam até onde a vista alcançava. Do lado direito, havia vários lagos de água cristalina e alguns bosques nativos.

Do lado direito, além das dunas, o mar. Ficamos alguns minutos dentro do carro, todos de boca aberta.

Depois as crianças começaram a correr para cima e para baixo na areia solta.

Após várias fotos, descemos as dunas e seguimos por um vasto campo alagado até o litoral.

A praia é larga e inóspita, totalmente deserta. Em certo ponto, demos de cara com enormes raízes retorcidas na beira do mar.

O Marzinho nos explicou que aquilo era o que restou do mangue que cobria toda aquela área até a beira do mar.

Há muito tempo atrás ele foi soterrado pela areia e morreu.

Hoje, as dunas se moveram mais para o interior do continente e o vento descobriu a velha floresta.

Imaginem a força de durabilidade destes troncos que sobreviveram durante séculos ao mar, ao vento e a areia.

Uma visão fantasmagórica digna de um “Senhor dos Anéis”.

Depois de 4 horas de muita emoção, finalmente chegamos ao pequeno vilarejo de Caburé (que nem consta no mapa).

São Apenas algumas casas de pescadores e algumas pousadas.

Comemos um maravilhoso peixe no restaurante da Zeti, uma nativa super simpática que também gerencia a pousada.

Dali, seguimos de barco subindo o Rio Preguiça em direção a Barreirinhas.

Durante o percurso, paramos no farol Preguiça, de onde se tem uma ótima vista de toda a região, e depois seguimos rio acima cercados de florestas de mangue por todos os lados.

Uma hora depois aportamos em Barreirinhas, a maior cidade ribeirinha da região e porta de entrada para os Grandes Lençóis.

Se você já está cansado só de ler, imagine como estamos nos sentindo.

Eu e a Sandra demos um volta na cidade, compramos algo para comer e fomos para a Pousada do Buriti, onde as crianças nos esperavam.

Mas não pensem que a aventura terminou, na verdade ela mal começou.

Amanhã eu conto mais. Inté!

  • Pousada e Restaurante da Zeti - Caburé - quartos simples com banheiro e ótima comida- recomendo.
  • Eco Adventure Tour

Porto das Barcas, 26 - Parnaíba – PI
Fone (86) 323-9595 / 9983-6333
Website: www.ecoadventure.tur.br

  
  

Publicado por em