Poço Azul

Hoje visitei um lugar fantástico chamado Poço Azul. Na verdade, eu esperava um pocinho, com água meio escura dentro de uma caverninha. Poço Azul Mas o que nós encontramos foi exatamente o contrário, um “baita” poção, com uma água clar

  
  

Hoje visitei um lugar fantástico chamado Poço Azul. Na verdade, eu esperava um pocinho, com água meio escura dentro de uma caverninha.

Poço Azul

Poço Azul

Mas o que nós encontramos foi exatamente o contrário, um “baita” poção, com uma água claríssima dentro de uma caverna enorme.

A água é tão clara que pode-se mergulhar a qualquer profundidade sem que se aviste qualquer tipo de sujeira ou poeira.

Na realidade, o poço é um lençol freático que aflorou em meio a uma caverna de calcário, que literalmente filtra a água que passa por ela.

O mais legal de tudo é que é possível nadar ali (lógico que respeitando algumas regras). Dentro de uma água tão límpida como aquela, parece que você está flutuando no ar e não nadando.

Por um lado isto é muito legal, mas por outro é muito perigoso. Eu por exemplo, fui descendo até uns 7 metros e fiquei admirando um tronco submerso.

Somente quando resolvi subir é que eu me dei conta da profundidade que estava e quase fiquei sem fôlego. Isto acontece porque a água tem a mesma claridade com 3, 5, ou 8 metros de profundidade.

Passamos momentos incríveis ali, brincando de passar por baixo das rochas que formam arcos submersos. Pode parecer perigoso, mas não é.

Amanhã vamos conhecer outra caverna com lago, o Poço Encantado. Já sei que lá não posso nadar, mas espero que ele tenha uma beleza semelhante a esta.

Inté!

Lençóis

  
  

Publicado por em