Porto de Manaus

Para se ter uma idéia melhor da localização de Manaus e seu porto, é preciso primeiro entender onde fica a cidade. Apesar de ser uma metrópole, Manaus está isolada por via terrestre da maioria do Brasil. Só existem duas estradas asfaltadas

  
  

Para se ter uma idéia melhor da localização de Manaus e seu porto, é preciso primeiro entender onde fica a cidade.

Apesar de ser uma metrópole, Manaus está isolada por via terrestre da maioria do Brasil.

Só existem duas estradas asfaltadas, uma que segue para Roraima e depois para a Venezuela e outra com pouco mais de 300 quilômetros que chega até Itacoatiara.

Para as outras cidades do estado e do Brasil, os únicos caminhos são por ar ou pelos rios.

Estas características tornam o porto de Manaus algo muito parecido com o terminal rodoviário do Tietê em São Paulo.

Só que aqui ao invés de ônibus, existem todos os tipos de barco, indo para todas as direções.

Além das balsas que levam grandes cargas e carros, os tipos mais comuns de embarcações são os chamados Barcos Regionais (na Bahia conhecidos por Gaiolas).

São barcos de três ou quatro andares, com algumas cabines e que levam de tudo: pessoas, animais e carga.

Como a maioria dos passageiros é de uma classe mais simples, todo o espaço dos barcos é ocupado por dezenas de redes que servem como sofá, cadeira e cama.

Ao andar pelo porto você nota na frente de cada barco o local de destino, o itinerário e o dia de partida.

Todas as manhãs um formigueiro de gente chega até o porto carregando malas, mudança, água, mantimentos, tudo que se possa imaginar.

Pelas pequenas rampas de madeira e concreto, as pessoas sobem e descem em um ritmo frenético e intenso.

Me lembrou a fila de trabalhadores naqueles filmes sobre a Serra Pelada.

A disputa por um lugar no porto é outro espetáculo à parte.
Mesmo totalmente cheio, sempre cabe mais um.

Acompanhei a atracagem de um barco por quase 20 minutos.

Ele forçava sua entrada espremido entre dois outros barcos maiores.

Empurra daqui, afasta dali. Um exercício de força e negociação que termina sempre com mais um barco no porto e mais uma opção para o viajante.

  
  

Publicado por em

Cleuza

Cleuza

18/8/2009 22:53:41
quero muito conhecer estew canto maravilhoso do brasil quem sabe ate mesmo, trabalha. mora em mato grosso do sul tenho vontade ver de perto todas essa beleza da natureza.

Família Goldschmidt

Família Goldschmidt

Vale a pena conhecer Manaus e ficar hospedado em um hotel de selva