Rio Jacuipe

Fomos convidados para fazer um passeio pelo Rio Jacuípe. Confesso que logo que recebi o convite pensei que seria mais um passeio sem graça pelo meio do mangue, mas me enganei! Subimos em um catamarã na marina Jacob Sports, cujo proprietário é......

  
  

Fomos convidados para fazer um passeio pelo Rio Jacuípe. Confesso que logo que recebi o convite pensei que seria mais um passeio sem graça pelo meio do mangue, mas me enganei!

Subimos em um catamarã na marina Jacob Sports, cujo proprietário é.......adivinhem........o Jacob. Em barco muito silencioso subimos o rio até encontramos alguns homens escavando o barro com facões. Eles estavam pegando lambretas, uma espécie de ostra do rio. A população ribeirinha vive da extração de lambretas, das ostras que crescem nas raízes expostas das plantas e da pesca.

Rio acima, o Jacob parou novamente o barco e nos apresentou um lugar onde se podia tomar banho de argila, segundo ele, um desfoliante natural.

Como tinha acabado de almoçar, não encarei, mas o Erick sim. Mas não pensem que acabou por aí, depois de ficar marrom de argila, um pouco mais para cima, ele encarou um outro banho de lama negra. Veja na foto como ficou lindinho meu filhinho pretinho.

Depois dos banhos “TERRAIS” fomos tomar um banho “AGUAL” de verdade na foz do rio. Um lugar paradisíaco com água morna, coqueiros, uma enseada de areia.

A tarde no rio não poderia terminar de uma maneira melhor. Ao chegar na marina, as lambretas já estavam cozidas para a alegria da tripulação, e o Jacob havia mandado preparar um quibes ultra-mega-saborosos.

Este é um passeio diferente e que talvez eu repita antes de ir embora. Contatos? Ligue (71) 678-1338.

  
  

Publicado por em