Viagem do sogrão e Cajuína nordestina

Ontem eu me empolguei tanto com a história do Padre Cícero que me esqueci de mencionar dois eventos importantes. O primeiro foi o retorno do meu sogro, o Sr. Gumpei para SP. Ele passou uns 20 dias conosco e todos nós matamos um pouco das saudades.

  
  

Ontem eu me empolguei tanto com a história do Padre Cícero que me esqueci de mencionar dois eventos importantes.

O primeiro foi o retorno do meu sogro, o Sr. Gumpei para SP. Ele passou uns 20 dias conosco e todos nós matamos um pouco das saudades.

A esta hora ele já está em casa contando para a Dna. Olga (milha m-a-v-i-l-h-o-s-a sogra) tudo o que viu e ouviu. E olha que ele viu muita coisa.

Em apenas 20 dias ele esteve em Rio Tinto, João Pessoa, Ingá, Sousa e Juazeiro do Norte. Nada mal, hein?

Outra coisa que fizemos ontem foi visitar a fábrica São Geraldo de refrigerantes.

Não seria nenhuma novidade se a São Geraldo não fosse a primeira e a mais importante fábrica de refrigerantes de Cajú do Brasil.

Eu nunca havia experimentado e confesso que gostei. Uma delícia! Não é doce como o guaraná, mas é muito saboroso.

A fábrica pertence ao vice- prefeito Tico Souza que fez questão de nos mostrar todo o complexo, e depois nos presenteou com um bom estoque de Cajuína.

Pena que não é Diet!

  
  

Publicado por em