A metade do caminho

Olá!!! Nos campos de trigo Foto: Valentine Moreno Burgos/Castrojeriz - Castrojeriz/Fromista Arcos de San Anton Foto: Valentine Moreno A chegada a Burgos foi por volta das 11h30 do dia 26/05. Paramos um pouco na catedral e ficamos admirando

  
  

Olá!!!

Nos campos de trigo

Nos campos de trigo
Foto: Valentine Moreno

Burgos/Castrojeriz - Castrojeriz/Fromista

Arcos de San Anton

Arcos de San Anton
Foto: Valentine Moreno

A chegada a Burgos foi por volta das 11h30 do dia 26/05. Paramos um pouco na catedral e ficamos admirando a exuberância daquele monumento. Como sempre, diversas tarefas para fazer e neste dia a primeira delas foi deixar as bikes para uma rápida manutenção. A segunda foi escrever o boletim anterior enquanto esperávamos as bikes estarem prontas.

Chegada a Castrojeriz

Chegada a Castrojeriz
Foto: Valentine Moreno

Tarefas realizadas, seguimos a procura do albergue. Chegando lá nos foi dito que até às 19 horas não poderíamos nos hospedar por causa das bikes - os peregrinos a pé sempre tem preferência, mas como não lotou ficamos lá mesmo. O albergue está localizado no interior do parque Parral, entre o Hospital Rey, fundado por Alfonso VIII em 1195 e o rio Arlanzón. O lugar é maravilhoso, mas as instalações são péssimas, água fria e também muito apertado. Isso é vida de peregrino, esteja ele a pé, a cavalo, de bicicleta ou mesmo de monociclo. Foi a primeira noite que dormi mal, muitos roncos e um chulé insuportável.

Alto de Mostelares

Alto de Mostelares
Foto: Valentine Moreno

Saímos de Burgos ontem (27/05) com destino a Castrojeriz. Nossa 13ª etapa, a mais longa de todas com 42 quilômetros. Foi uma etapa relativamente fácil. Pedalei dez quilômetros só pra sair de Burgos, o resto foi pelo caminho, onde a paisagem começou a mudar. O sobe e desce foi trocado por um terreno plano que nos acompanhará pelo menos nos próximos quatro dias. Mais uma vez o caminho me deu momentos e levou pessoas. Levou também o Agnus Dei que tirei de minha moto e coloquei no mono. O do meu pescoço continua comigo. O que fica no caminho é dele...

Albergue em Boadilla Del Camino

Albergue em Boadilla Del Camino
Foto: Valentine Moreno

Castrojeriz

Era 2h30 quando chegamos e fomos direto para o albergue. Chegando lá reencontramos Juliana, uma brasileira de Ilhabela que nos deu notícias de outros peregrinos que conhecemos e ficaram pelo caminho, inclusive Inge, uma alemã que me deu muito incentivo e carinho. Fiquei triste quando soube que ela havia fraturado o braço em uma queda e teve de voltar para casa interrompendo sua caminhada. Mais tarde chegou Franco, um pediatra de Floripa que conhecemos em Estella, onde o caminho francês junta ao Aragones. Franco é um brasileiro de muito bom coração que o caminho colocou nos fez conhecer...

Hoje, 28/05, saímos de Castrojeriz às 7h20. Foi um dia bem produtivo para fotos e vídeo, bastante sol e uma bela paisagem. Apenas um trecho de subida dura no começo, o qual alcançamos o Alto de Mostelares para finalizar o sobe e desce desses 14 dias de jornada.

Amanhã será o inicio de um longo trajeto plano, já na Província de Palencia, a quinta das oito que passaremos. Serão quatro dias de chão plano e sem sombra até chegarmos a Leon.

Já estamos praticamente na metade de nossa expedição e durante o dia de hoje pedalei muito triste com a noticia que recebi ontem da Inge, a alemã. Dediquei o dia a ela, que se recupere logo e volte algum dia ao caminho para chegar em Santiago. Pedalei pensando também em mais uma lição. Desta vez foi o Renato que me ensinou: existem coisas que não estão ao nosso alcance, acontecem e temos de saber contornar a situação sem perder a majestade.

Modéstia parte, sinto-me um rei frente à reação das pessoas quando passo montado no Rocinante...

No mais, o mesmo...

Abraços a todos,

Rodrigo Racy

  
  

Publicado por em