Seja dono da sua Agência de Viagens Virtual

Blogs > Os Caminhantes > 

Guararema

Um refúgio, pertinho de São Paulo. Divisa entre o agito dos centros urbanos e o jeitinho interiorano de viver sem pressa

10 de Janeiro de 2012.
Publicado por Os Caminhantes  

Rio Paraíba do Sul

Rio Paraíba do Sul - Foto: Os caminhantes

Conhecemos a cidade em outubro movidos por dois impulsos: nossa amiga Tânia que comentou da cidade recentemente e nos perguntamos:” –quais serão os atrativos desta cidade..” e por um Guia novo, (sim, eu sou a mulher dos Guias, já sabem, não posso ver um novo!), o Guia Nascentes do Paraíba do Sul http://www.nascentesdoparaiba.com.br, da Numac Projetos, patrocinado pela Petrobrás, publicado este ano, e compramos em São José do Barreiro, quando fizemos a Trilha do Ouro http://oscaminhantes.com/category/trilha-do-ouro , fomos lá descobrir os encantos desta cidade tão próxima de São Paulo, que passamos por perto diversas vezes, mas nunca conhecemos.
Só um esclarecimento, atualizando o post, que o link direcionará você para uma página TV Chão Caipira, que é do mesmo autor do Guia,o João Rural, e toca os dois projetos. Acesse este link http://www.tvchaocaipira.com.br/videos/passeaverde/passeaverde.htmlpara ver alguns vídeos que ele fez das cidades. Infelizmente, não encontrei dowload do Guia. Ele nos contou há algum tempinho atrás que estava preparando uma outra edição do Guia com novas cidades. Vamos esperar!!

A cidade fica a 75 km de São Paulo, pela Carvalho Pinto, e em cerca de 1 hora, você já está na cidade. A cidade faz limite com Salesópolis, Biritiba Mirim, Santa Isabel, Jacareí, Santa Branca e Mogi das Cruzes.
Liguei para o CAT (Centro de Atendimento ao Turista), (11) 4693-1432, na verdade, liguei para a Secretaria de Turismo, onde o pessoal estava instalado temporariamente, devido a um incidente infeliz, na semana anterior, fui muito bem atendida pela Tatiana, que me orientou sobre os passeios locais, e suas localizações aproximadas, e saímos cedinho de São Paulo, para o passeio.

Roça Chic
vitrine de iguarias

Passamos pelo CAT, mas ainda estava fechado, e antes de começar nossas andanças, tomamos café no Roça Chic, (11) 4693-1074, um lugar simples, mas bastante acolhedor, que fica na rua Cel. Ramalho, 54. Fomos muito bem atendidos pela Ana e sua equipe. Não deixe de provar o pastel de farinha de milho amarela, iguaria tradicional da cidade, R$ 2,50 cada um. As iguarias na vitrine também nos tentaram, mas ainda precisávamos reservar espaço para o almoço...
Prosseguindo nosso passeio, fomos para o parque da Ilha Grande, pois o Recanto do Américo, um cartão postal da cidade, local onde foram construídas pontes suspensas interligando as ilhas do Rio Paraíba do Sul, estava parcialmente interditado para obras pela Prefeitura.

Parque da Ilha Grande

Parque da Ilha Grande - Foto: Os caminhantes

O parque da Ilha Grande tem seu acesso por uma ponte pênsil, onde os moradores locais levam pão amanhecido e jogam para os peixes, em grande quantidade e ficam observando a festa. O parque tem pista para caminhadas, num bem cuidado jardim, e tivemos ainda a oportunidade de vermos muitas capivaras descansando na beira da represa, sob as sombras das árvores, bem de pertinho, “bem à vontade”, como a Júlia disse.

Parque da Pedra Montada

Parque da Pedra Montada - Foto: Os caminhantes

Depois, seguindo as indicações das placas, fomos para o Parque da Pedra Montada, um parque muito bem cuidado, pequeno, e você pode chegar até as pedras (medindo cerca de 9 metros de comprimento x 2,5 de altura, uma embaixo e outra se equilibrando em cima) por uma bela escadaria de madeira ou por outro caminho alternativo, ao lado da entrada principal

A

A "pedra montada" - Foto: Os caminhantes

Perguntamos a um funcionário do Parque, o que encontrar mais à frente, seguindo a estrada e este nos indicou a Pousada e Restaurante Arandela e o Alambique do Décio.
Seguimos em frente, visitar a Pousada Arandela, http://www.pousadaarandela.com.br, continuando a estrada de asfalto do Parque da Pedra Montada, entrando a primeira à direita. A Pousada fica na Estrada Fazenda do Banco, 621 e existem indicações.

Pousada Arandela
Pousada Arandela

Uma pousada bem agradável, localizada em uma área verde bem bonita. Tem 5 chalés, em estilo rústico, piscina, lago, pedalinho e uma trilha para hóspedes. A Lúcia, veio nos atender, deixando seus afazeres no restaurante, nos informou que a diária por casal era de R$ 230,00 com café da manhã e uma cama adicional, faria por R$ 50,00. Também existe a opção de day use, R$ 30,00 por pessoa, com direito a usar as instalações da Pousada, como a piscina, o pedalinho e fazer a trilha. Se houvesse um chalé vazio, ela disponibilizaria para usar o banheiro até a construção de um vestiário específico para estes fins

Também comentou que às vezes a Pousada é alugada para eventos, como casamentos.
Vimos no Guia também, que seguindo esta estrada, no nº 1025, fica o Sítio Jandaia, que serve comida trivial com frango caipira, escondidinho e galinhada feita no fogão à lenha. Não visitamos o lugar, mas fica aqui a dica.

Alambique do Décio

Alambique do Décio - Foto: Os caminhantes

Voltamos para a estrada, e seguimos para a Estrada da Lagoa Nova, no km 12, conhecer o Alambique do Décio. O Guia diz que é tradicional da Família Cunha Pinto, desde 1905. Além das tradicionais cachaças, também fabrica licores.
Quem nos atendeu aqui foi o Gabriel, nos ofereceu para degustar as cachaças, mas resistimos a tentação. Também funciona no local um pequeno pesqueiro (mais para brincadeira da criançada) e também um restaurante, onde o Gabriel informou que o forte de lá eram os petiscos.
Neste percurso avistamos também a imensa instalação da Petrobrás. Mais para frente, no km 13, o guia cita o Pesqueiro da dona Cida (11) 4695-1642. Bom, não é nosso forte, também fica a dica quando você visitar a cidade.

CAT de Guararema

CAT de Guararema - Foto: Os caminhantes

Fomos voltando em direção ao centro, e como estava muuuito quente, a Júlia estava seca por um sorvete, e fomos a sorveteria Kimoni, que o guia referenciava, com 36 sabores e fabricação própria, fica na Pça. 9 de julho, no centro, e depois vimos uma unidade maior, na avenida principal. Estamos infelizmente muito mal acostumados, com uma sorveteria caseira, bem pertinho de casa, na R. Aurélia, a Cristal (em frente ao Habib’s da Clélia x Aurélia) e acabamos comparando, não tem jeito. A Júlia pegou os sorvetes de pistache, limão, melão e alfajor e nós fomos de picolé de milho. Como ela sempre toma os sabores de limão (nunca provamos até hoje um sorvete de massa de limão como o da Cristal!) e o de pistache, a comparação foi inevitável... achamos todos os sabores muito doces, não deu para sentir o sabor, a essência da fruta, como sentimos na nossa sorveteria. Gente, é merchandising de graça, porque é bom mesmo! O lugar é hiper simples, mas depois do sorvete deles, acho difícil você não sentir o sabor de gordura hidrogenada e de puro açúcar em todos os sorvetes que você vier a provar depois...
Passamos pelo CAT, conhecemos a Tatiana pessoalmente, esta nos deu informações sobre a igreja, na Freguesia da Escada que não tínhamos visitado ainda, nesta região se concentram boa parte dos restaurantes mais famosos, algo como a “área gastronômica” da cidade, como o Restaurante Quinta da Freguesia, http://www.quintadafreguesia.com.br (bacalhau como destaque), o Rancho do Mineiro (11) 4693-3256 (a leitoa caipira assada inteira), o Maricota Gastronomia e Arte (11)4693-1986 (carnes especiais e galinha d’angola) e o Mirante do Paraíba http://www.mirantedoparaiba.com.br (frutos do mar) e também da Orquidácea http://www.orquidacea.com.br, onde existe exposição permanente, artigos para cultivo e onde também os produtores locais comercializam sua produção. Fica na Estrada Municipal de Itapema, 4415, funciona todos os dias, a entrada é franca.

Igreja na Freguesia da Escada

Igreja na Freguesia da Escada - Foto: Os caminhantes

Voltando, tínhamos que conhecer a igreja na Freguesia da Escada.
“Momento história”: retirado do Guia...”a formação da Freguesia da Escada data de 1611, quando Gaspar Vaz fundou o primeiro aldeamento. Entregue aos jesuítas em 1652, surge a primeira capela. Em 1732, o prédio é demolido e sob o comando dos Franciscanos, que assumem a direção do Arraial da Escada, que depois ganhou o título de Freguesia, constroem a nova igreja e um convento ao lado, que permanecem até hoje, sendo uma das mais antigas do Estado, e foi tombada pelo patrimônio Histórico Nacional em 1941.”...
Nesta igreja também fica imagem de São Longuinho, que ganhou festa oficialmente, a partir de 2003, em 15 de março, aprovada pela Câmara Municipal da cidade. Dizem que quem faz promessa e consegue uma causa perdida, sempre marca presença, dando os tradicionais pulinhos.
A igreja é extremamente simples no seu interior, sem os adornos e a opulência que estamos acostumados com algumas.

O Pintado na Brasa

O Pintado na Brasa
Foto: Os caminhantes

Depois da igreja, cerca de 14:30 hs, resolvemos almoçar no Pintado na Brasa http://www.pintadonabrasa.com.br, já estávamos pertinho, e comemos uma vez neste Hotel Fazenda, só eu e a Júlia, num evento de final de ano do meu trabalho, há 5~6 anos atrás e ficou na minha memória e dela, o espeto do pintado que víamos chegando nas outras mesas, comemos uma versão “espetinho”, na ocasião, servido aos integrantes do evento além de ser o único peixe que ela diz ter gostado até hoje, (com exceção de sashimi, sushi e peixinho frito da minha mãe...bobiiinha...) .É um lugar grande, com salão de jogos, campo de futebol, piscinas aquecida e fria, salão de convenções, pesca, pedalinho, charretes e estava até bem tranquilo, na parte do lago, porém na área das piscinas, ouvíamos o som bem alto de música que não faz o nosso gosto (funk e pagode) e gritaria.
Pedimos o carro chefe da casa: pintado na brasa, com arroz a grega, fritas e molho tártaro, por R$ 65,00, que serve duas pessoas, mas foi bastante suficiente para nós três. O espeto ainda acompanha cebola e tomate, igualmente grelhados, que compõe bem com o peixe.
Já perto das 16:00 hs, resolvemos então ir embora dali mesmo, pois a estrada estava bem pertinho. Quem sabe, numa próxima ocasião, ficar hospedado na cidade, ver se existem trilhas na região para percorrer, visitar a Orquidácea, que ficou faltando e experimentar outros restaurantes...

Onde ficar:http://www.guararema.com.br/nova/hospedagem.php

Cidade:
-Pousada Casa Branca: (11) 4693-2579, rua Narciso J.dos Santos, 214- Jd. Itapema;
-Grande Hotel Guararema: (11) 4693-4744, rua Marcondes Flores, 495;
-Sapucaia Pousada (dentro da Hípica): (11) 4693-3721, rua João Barbosa de Oliveira, 1279;
-Pousada Maria Florência: (11) 4693-4363 rua da Ajuda, 325.
-Guararema Parque Hotel Resorts: (11) 4693-8800, rua d’Ajuda, 438
-Hotel Vale dos Sonhos (11) 4693-1894, av. João Barbosa de Oliveira, 1888
-Associação Desportiva da Polícia Militar: (11) 4693-4646

Rural:
-Casarão San Domingo: (11) 4693-2684

Onde comer:
Cidade:
-Restaurante e Petiscaria da Lica-Av. da Ajuda, 390
-Forneria Toscana- R. João Barbosa Oliveira, 1468
-Grelhados Restaurante- Pça. Cel. Brasílio Fonseca, 87
-Espetinho Guararema- Pça. 9 de Julho, 125 C
-Sabor com Arte- R. Cel. Ramalho, 407

Rural:
-Fazenda da Estiva Restaurante: Rod. Dutra/Mogi, km 74
-Alambique Engenho do Salto: Rod. Dutra/Mogi, km 77 + 1,5 km
-Recanto da Traíra: Rod. Guararema/Santa Branca, km 3

Serviços

-Setor de Turismo: rua 19 de setembro, 127. Fone: (11) 4693-1432;
-CAT: no Portal da entrada da cidade. Fone: (11) 4693-4415;
-Setor de Cultura: R. Dr. Armindo, 34. Estação Ferroviária. Fone: (11) 4693-5307

Compartilhar nas Redes Sociais

Comentários

marcineia

 postado: 13/2/2012 18:38:10editar

Ola,sera que voceis poderiam por gentilesa me passar a programaçao do carnaval? desde ja agradeço

Olá Marcinéia,
Obrigada pela leitura e pelo comentário.Dei uma pesquisadinha e achei este link sobre a programação do Carnaval na cidade, de 18 a 21 de fevereiro, o Guararema Folia.
http://www.guararema.com.br/nova/noticiascidade/noticias_01.php
tem
a programação das atrações e dos horários dos shows. Não achei ainda nenhuma outra informação, mas vou ligar para o CAT para saber se há existem outras programações e te informo no seu e-mail, ok?
Abraços,
Os caminhantes
Marcia, João e Júlia

Josefina Marisa Cardoso

 postado: 25/2/2012 00:33:20editar

Nossa que maravilha, adorei as fotos, tão pertinho de São Paulo e limite com Santa Isabel, cidade onde nasci e vivi até os 27 anos. Eu estive em Guararema alguns anos atrás, mas só conheci o centro da cidade,com certeza a próxima vez quero ser uma caminhante e explorar esses lindos lugares.

Olá Josefina!
Obrigada pela leitura e pelo comentário.
Foi uma surpresa para nós também. Às vezes ficamos "presos" dentro de casa e somente vêm à mente passeios óbvios do paulistano, como shoppings e explorar as cidades vizinhas, conhecendo seus recantos naturais é uma excelente alternativa!
Um abraço!
Marcia, João e Júlia
Os caminhantes

kauane goor noronha

 postado: 25/2/2012 06:49:59editar

eu ajei bonito

Olá Kauane.
Obrigada pela leitura e comentário!
Um abraço!
Marcia, João e Júlia
Os caminhantes

Diego

 postado: 17/8/2012 10:28:58editar

oque aconteceu com a pedra montada todas vez vou visitala está sempre em reforma?

Olá Diego,
Também retornamos em Guararema, em abril e estava fechado. Vou perguntar para a Prefeitura e se eles responderem, te copio, ok?
Abraços,
Marcia

agueda O.Sena Carvalho

 postado: 2/11/2012 00:28:28editar

gostaria de orçamento para um evento day use para um gupo entre 60 a 90 pessoas, c/data entre fim de novembro ou início de dezembro.c/café da manha, almoço, qual o valor da diária das 8h às 16h.

Olá Agueda!
Desculpe, mas acho que vc gostaria de encaminhar esta pergunta para um dos lugares que visitamos, é isso??
Os links aparecem no texto, e assim, de forma genérica, não consegui entender sua pergunta...
Um abraço,
Marcia, João e Júlia
Os caminhantes

Silvana rabelo

 postado: 28/5/2013 12:57:46editar

O Link para o Sitio Jandaia não abre. Pesquisei o endereço e consta como Estrada Fazenda do Banco 1025, mas não é reconhecido pelo Google Maps. Também não consegui acesso a Guia das nascentes pelo link, abre uma outra página. Poderia me ajudar? Fiquei curiosa pelo Sitio jandaia.

Olá Silvana!
Muito obrigada pela leitura e pelo contato e mil desculpas pela longa demora em respondê-la...
Pois é, também tentei o link do Sitio Jandaia e não abriu mesmo...como a postagem já tem um tempinho, nem sei dizer se ainda estão na ativa. Talvez o tel. possa localizar o lugar (11) 46931165/29580814. Tirei o número do guia impresso que eu falo na postagem, e realmente o link direciona para o TV Chão Caipira. O que ocorre, é que o João Rural, que foi o autor do Guia Nascentes (em parceria com a Petrobrás)também tem este projeto. Num contato que ele fez conosco, disse que estava em projeto uma segunda edição do guia, com mais cidades. Achei este link, dentro do TV Chão Caipira, com alguns vídeos sobre algumas cidades: http://www.tvchaocaipira.com.br/videos/passeaverde/passeaverde.html
Sugiro ainda, entrar em contato com o CAT, eles certamente poderão te ajudar:
-CAT: no Portal da entrada da cidade. Fone: (11)4693-4415
Um grande abraço!
Marcia


 

Últimos boletins

Veja também

Piraí do Sul- ParanáIlha Grande

 

editar    editar    editar    0 visitas    5 comentários