Dia 2 | Parnaíba para Teresina

O celular toca as 5:00AM, hora de acordar, estava ansioso para chegar em 7 Cidades

  
  

O celular toca as 5:00AM, hora de acordar, estava ansioso para chegar em 7 Cidades, o clima estava uma delícia, se ficasse assim todo o dia seria ótimo, mas eu sabia que aquilo era só por um curto período de tempo, então fiz meu café da manhã e cai na estrada, saindo de Piracuruca, foi legal ver as crianças indo para escola com suas bicicletas, as mães carregando seus filhos, que apesar do crescimento das motocicletas esse tipo de hábito ainda existe.

A estrada de Piracuruca para 7 Cidades é muito bonita, não é tanta qualidade mas da para pedalar tranqüilo. Após 20km cheguei no portão do parque e ali começou uma viagem ao passado, o parque contém registros rupestres da ocupação do homem a milhares de anos atrás.

Foram 3 horas viajando dentro do parque, até que as 11:40AM resolvi seguir a viagem, já estava morrendo de fome e precisava parar em algum lugar para comer, eu não tinha suprimentos para cozinhar. Chegando no portão eu vi o segurança molhando a terra para amenizar o calor, perfeito para tomar um banho a baixar a temperatura do corpo e ir para a cidade mais próxima, Piripiri, acabei parando para descansar um pouco e então chegou o pessoal do 12º batalhão da polícia militar e ficamos um bom tempo conversando até que eles me convidaram para almoçar com eles.

Deram 2:00PM chegou a minha hora, me despedi de Rogério e parti novamente para estrada. 1 hora depois cheguei em um trecho que eu não entendia porque que eu estava andando devagar, minha velocidade máxima era de 10km/h, eu estava completamente frustrado, porque não tinha uma quantidade considerável de vento e, aparentemente, não parecia uma ladeira, só foi depois de 5km que eu percebi onde era que eu estava, era uma daquelas ladeiras suaves contínuas, que finalmente tinha chegado ao fim e recebo o presente da decida.

No pé da ladeira está a cidade de PiriPiri e a partir dela a estrada começa a ficar horrível por conta de ter um acostamento de péssima qualidade, parecia mais uma estrada de chão, por isso, eu andava sempre pela pista e atento para o que vinha atrás, por sorte a estrada não tinha um movimento considerável de caminhões e facilitava bastante o pedal. A minha intenção era chegar em Campo Maior mas pelo horário já não seria mais possível, quando passeio por Campos, já era por volta de 5:00PM, mas decidi pedalar mais um pouco e parar na próxima cidade, Cocal de Telha.

Chegando lá parei para pedir informação para um rapaz, e acabei ficando um tempão conversando com eles, até que já tinha passado das 7:00PM e resolvi procurar um lugar para ficar, fui então nas escolinhas municipais e a primeira que fui parecia mais uma casa abandonada, decidi tentar a segunda, chegando lá na porta estavam o vigia da escola e outros funcionários de lá. Fiquei na conversando com eles e então soube que na praça não tinha problema, era bem tranqüilo, como eu tinha rede ficou para último caso. Após um tempo, Chagas me convidou para tomar banho em sua casa, eu aceitei, pois estava precisando muito, ia dar uma relaxada no corpo. Conheci sua mãe, dona Teresinha, muito simpática e me convidou para dormir em sua casa, foi ótimo, fiquei um tempo conversando com eles e depois fui dormir.

  
  

Publicado por em