Dia 3 – Fortaleza – Jericoacoara

Hei de confessar que dormir em pousada as vezes é ótimo!!!

  
  

Pedais pelo Mundo

Hei de confessar que dormir em pousada as vezes é ótimo!!! O único “problema”, as vezes, é acordar, e também pelo fato do café da manhã sempre começar relativamente tarde quando se trata de viajar de bicicleta. Só me levantei as 7:30AM, me dei o luxo de descansar mais, as outras noites não haviam sido tão relaxantes. Fui para o café da manhã, comi um monte, afinal, com um banquete de frutas daquele impossível não se empanturrar, rs.

Depois de comer fui arrumar as coisas, eu tive que tirar todas as mochilas para guardar no quarto, sei que só fui sair de Itarema as 9:30, o sol já tava daquele jeito, pelando. Mas vamos nessa, eu tava animado, afinal Jericoacoara estava a pouco mais de 70km, hoje eu chegava lá, nem que fosse andando! rs.

Saindo de Itarema, cheguei num povoado chamado Santa Rita, dei uma passada na igreja de Santa Rita para registrar o momento, uma lembrança para minha mãe! Nesse mesmo momento 2 rapazes que estavam sentados na calçada me chamaram, me chamaram para conversar, eles achavam que eu era gringo, foi engraçado. É interessante como a bicicleta nos aproxima das pessoas, essa parte da viagem é o mais rico e mais gratificante, poder trocar experiências com as outras pessoas.

Pedais pelo Mundo
Pedais pelo Mundo
Pedais pelo Mundo

Cheguei em Acarau, era um sexta-feira de grande movimento, a cidade também tem muita motocicleta, impressionante como as cidades de interior estão se tornando motorizadas. Já era perto do almoço, depois de perguntar para algumas pessoas parei em um posto de gasolina e rolou um PF massa, após isso procurei um lugar pra dormir, foi quando vi perto da loja de conveniência um lugar que possibilitava o cochilo pós almoço, foi lá mesmo. Só fui acordar as 2:00PM, fui direto para o banheiro do posto lá tinha um chuveirão muito bom, tomei um banho, como sempre de roupa e tudo e parti, a animação tomava conta do meu corpo e mente, Jericoacoara estava a poucos 45km.

Pedais pelo Mundo
Pedais pelo Mundo
Pedais pelo Mundo

Após 30km encontrei uma lagoa, parada obrigatória pra tomar banho e tomar um refrigerante gelado. Na hora de ir embora, pneu furado, inacreditável, me atrasou uns 30min. Tudo bem, tudo em cima, vamos embora, pedalava muito rápido, não existia cansaço, a vontade nesse momento era chegar em Jericoacoara. A 2km de Jijoca, cidade que iria pegar a “jardineira” (caminhão adaptado, ou popularmente conhecido como pau de arara), dois malucos começaram a gritar pra mim, eram nativos, guias de passeios, eles me falaram que a “Redenção” já iria passar e que daria para eu pegar ali mesmo, ali então fiquei, conversando com eles até que a jardineira passou, coloquei minha bici em cima dela e voi la, Jericoacoara aqui estou eu, muito prazer!

  
  

Publicado por em