Camping Nido del Condor em Nazca

Ah! se todos os campings fossem como este!

  
  

Dormimos no Camping "Nido del Condor" (camping e hotel 3 estrelas).

Ah! se todos os campings fossem como este!
Ah! se todos os campings fossem como este!
Ah! se todos os campings fossem como este!
Ah! se todos os campings fossem como este!
Ah! se todos os campings fossem como este!
Ah! se todos os campings fossem como este!

Ele tinha um bonito lugar para acampar, restaurante, internet, sala de ginástica, piscina e um belo visual, tudo de muito bom gosto, excelente, e o melhor dormimos em nossa barraca, nosso quarto 5 estrelas, pois, para nós, o que importa são banheiros limpos...

Nazca

O grande atrativo, em Nazca, são suas enigmáticas linhas gigantes feitas em seu deserto (ver Educação sem Fronteiras), costuma-se sobrevoá-las, entretanto, já fizemos este passeio numa viagem anterior, por isso, seguimos viagem!

A paisagem não muda muito desde o Chile, continuamos atravessando um grande deserto! Porém, em vários momentos, encontramos oásis que se formam em função de rios que descem da Cordilheira. Em Huacachina, na cidade de Ica, há um oásis muito interessante, um lago rodeado por dunas de areia fina e palmeiras, possuindo água sulfurosa de caráter medicinal. Realmente ele é muito bonito, e, há algum tempo, já está cercada por hotéis que o exploram.

O oásis

Mais alguns quilômetros, chegamos ao pequeno Balneário de Paracas, onde está localizado o Parque Nacional de mesmo nome, desta vez não entramos, pois já estivemos por aqui em 2004, é imperdível uma visita às ilhas Ballestas e às suas praias.

Passamos por Lima, pensamos em entrar, mas, quando lembramos das buzinas e vimos o trânsito caótico nas extremidades, logo desistimos. Mesmo na carreteira Panamericana sentimos o drama de se estar em Lima. Acreditamos que não há auto-escola no Peru ou que não existam leis de trânsito, vocês não têm noção de como é dirigir neste país, principalmente em cidades grandes, eles buzinam para qualquer coisa, chamar passageiro para a van ou o táxi, para passar, para o carro que está parado a frente esperando o sinal abrir, e ainda não abriu... para nada, são loucos... quase se fica surdo, sem contar que não dão sinal para entrar ou sair, vão se enfiando em qualquer espaço, sem contar que não dão a vez de jeito algum, que país é este? Sei que estamos sendo repetitivos, mas não tem como !!! Acho que estamos ficando loucos, também....rsrsrsrsrs. O Cláudio dizia: "Não freio mais, quer vir? Venha!... o Thor está preparado, tem pára-choque duro... não saio mais...tenho buzina, óh"... bééééénnnnn, rsrsrsrsrsrs.

Nosso companheiro

Realmente, achávamos que o trânsito nas cidades grandes do Brasil era caótico, o quê? É maravilhoso se comparado ao Peru!!!!! Só vivendo e passando por isso que estamos passando é que realmente se sabe do que estamos falando... não dá para imaginar... que atraso, falta de respeito, educação, enfim nos desculpem os peruanos, mas o trânsito é realmente uma bagunça...

Antes de chegarmos a Huacho, 150 km ao norte de Lima, buscamos acomodação em outras cidades, pois já havia anoitecido... mas, como não encontramos estacionamento que coubesse o nosso Thor, afinal ele é muito alto, 2.45 m... e a sugestão do gerente do hotel foi não deixar o carro exposto, pois havia perigo de ser roubado. Seguimos adiante, enfrentamos uma neblina terrível, os caminhões e ônibus transitavam pela esquerda, não davam passagem de jeito algum, no fim, tínhamos que ultrapassar pela direita, apesar de não estarmos em Londres, e, ainda, eles possuíam faróis de milha na traseira, piscavam quando nos aproximávamos, e os que vinham na pista contrária só utilizavam farol alto, não adiantava sinalizar para baixá-lo, isto é o trânsito do Peru...

Pôr do Sol na Panamericana Sul

Enfim, chegamos a Huacho e nos acomodamos no Hotel "La Villa", ainda bem que, até aqui, a rodovia é duplicada. Achávamos que o fato de estarmos indo rumo Norte, beirando litoral, que a temperatura fosse aumentar consideravelmente... nos enganamos. A cidade de Huacho está, mais ou menos, na mesma latitude de Aracajú (11º ao Sul) e, nem por isso, está na mesma temperatura, na parte da manhã, ainda pegamos 9ºC.

  
  

Publicado por em

Rosana Braz

Rosana Braz

14/03/2009 17:03:24
Obrigada pela dica. É dificilimo encontrar informações sobre camping no Peru. Só faltou dar o endereço. Mas mesmo assim Valeu!

Joyce e Cláudio Guimarães

Joyce e Cláudio Guimarães

Olá Rosana, este camping fica em Nazca, bem próximo ao aeroporto, é fácil encontrá-lo. Possuimos um livro sobre toda a nossa viagem, ali pode encontrar mais dicas sobre o Peru e outros países. Visite também o nosso site: www.terrasemfronteiras.com Um grande abraço: Joyce e Cláudio