Embarcando no cruzeiro

Galápagos é encantador! Cada canto um enigma, um mistério a ser decifrado...

  
  

Hoje foi um dia muito tranqüilo, levantamos cedo, aliás acordamos com a proprietária "fora da casinha", dentro do nosso quarto, não acreditamos!... A vingança!!!!!!!

Veio nos perguntar se queríamos fazer um passeio... na verdade, achamos que ela pensou que não estávamos no quarto e veio confirmar, pois neste dia não havíamos pago a diária, ela ficou com medo, talvez, tanto é que, depois de falar do passeio, já foi logo dizendo que tínhamos que pagar mais uma diária... quem pode com isso? O Cláudio nos arranja cada hotel...rsrsrsrsrs

Rimos muito, aliás estamos rindo até agora. O marido dela também é meio fora, toda vez que encontrava o Cláudio perguntava de onde era, como se fosse a primeira vez, o Cláudio respondia que era do Brasil e, o senhor: "Ah! Minas Gerais, Belo Horizonte!!!" Isto aconteceu umas três vezes... o Cláudio me contava aos risos...

Nossa casa por 5 dias

Ficamos pela Ilha de Santa Cruz, Puerto Ayora, centro da indústria do turismo ela possui aproximadamente 11 mil habitantes, é a ilha mais povoada de todas, além desta, mais 4 são habitadas, a Isabela, a de Baltra, a de San Cristóbal e a Floreana, totalizando uns 30 mil habitantes. Aqui têm de tudo, bares e restaurantes para todos os bolsos, ótimos e razoáveis hotéis, internet, enfim, tudo o que tem uma cidade urbana, como já havia dito! A quantidade de turistas também assusta, dizem haver um controle para isto, mas achamos que a Ilha merecia mais atenção, pois praticamente não há guarda-parque suficiente. Se quiséssemos tocar nos animais, sair da trilha, enfim o que quiséssemos fazer de errado, faríamos... como não faz parte da nossa índole, respeitamos e muito a natureza, mas e os que não respeitam? Onde há a presença do ser humano, infelizmente, há perigo... um sinal disto foi a quantidade de lixo que vimos em lugares paradisíacos, era realmente triste...

Andamos pelas suas ruas, fomos a Las Ninfas, uma lagoa que recebe água do mar, onde as pessoas locais costumam banhar-se no verão, o lugar é muito bonito, coberto por uma vegetação de mangue, águas claríssimas, porém vimos muito lixo... Após isto, fomos caminhando, meio sem rumo, até chegar a Estação Fundação Charles Darwin, que tem como missão disseminar o conhecimento através das pesquisas científicas e assegurar a conservação da biodiversidade do meio ambiente do Arquipélago de Galápagos. Finalmente, vimos as famosas "tortugas gigantes". Este passeio, vamos fazer com o cruzeiro de 5 dias, mas curiosos, resolvemos adiantá-lo um pouco.

Aqui percebemos como o Planeta Terra é um organismo vivo! Nossa! Esse lugar nos fez lembrar e muito a nossa querida Cris (irmã e cunhada), Bióloga que é não saberia onde conter tanta informação e assombro de ver tantos animais diferentes, exóticos, não há lugar no mundo como Galápagos, ele é totalmente ímpar!

Embarcando... Começa o nosso tour, um cruzeiro de 5 dias, a bordo de um veleiro com quarto e banheiro privados e toda alimentação inclusa, navegaremos por mais algumas ilhas de Galápagos.

À moda do Titanic

Acordamos às 6h para pegar o ônibus que saía às 7h. Fomos diretamente ao aeroporto encontrar o guia que nos levaria ao nosso barco, Intrépide. Chegamos ao aeroporto às 8:30h e ficamos esperando até às 11:30h, nesse tempo conhecemos um casal muito divertido da Bélgica, uns amores. O Cláudio ficou conversando bastante com eles, enquanto eu estava dominada pelo dramin que tomei para navegar, o sono me pegou, dormi no aeroporto. Depois de um certo tempo, também fui fazer parte do assunto, realmente são muito queridos... vamos juntos no mesmo barco.

Embarcamos por volta do meio dia, conhecemos um pouco da tripulação, há uma variedade de países fazendo parte do mesmo grupo, realmente muito interessante, Austrália, Irlanda, Bélgica, Escócia, Inglaterra, Nova Zelândia e Brasil, que mistura linda! Quanto a comunicação, quase todos falam inglês, cada um com uma pronúncia diferente, ficávamos tontos, as pessoas que não tem o inglês como língua materna, para nós, são os mais fáceis de entender, já os que tem, temos que nos esforçar bastante, especificamente eu, pois é uma loucura!!!! Já íamos esquecendo de falar da tripulação que é equatoriana, são muito simpáticos e prestativos...

Praia Las Bachas, Ilha de Santa Cruz

Logo, foi servido o almoço, muito saboroso, sentamos com os nossos amigos Belgas e um casal australiano, recém casados, foi bem agradável. Depois, fomos nos banhar na paradisíaca praia de Bachas, que foi base americana durante a segunda guerra mundial com o intuito de proteger o Canal do Panamá das forças japonesas... Caminhamos por suas areias fofas, parecia uma paçoca, até um belo lago com flamingos, extremamente exóticos, espécie endêmica, ou seja, só existe aqui, uma mistura de cores, rosa, laranja, preto, branco, indefinidamente lindos, apreciá-los foi de encher os olhos de lágrimas, pois a natureza é tão sábia e nos brinda com imagens maravilhosas... Também vimos iguanas, pelicanos, atobás e diferentes gaivotas, mas não encontramos nenhum "Fernão Capelo Gaivota", uma pena!

Iguana na Ilha Plaza Sul

Em seguida, ficamos por 2 horas na praia, apreciando a fauna marinha, ou seja, fazendo "snorkeling" e tomando um belo banho de sol.

Voltamos ao barco, nos saboreamos com um delicioso pôr de sol, parecia que fazia "chuá" ao cair nas águas do pacífico. Fomos ao nosso banho, nos preparar para o jantar... agora jantamos com o casal Belga, uma menina da Austrália e uma outra de Londres... são bem queridas, nossos ouvidos estão se adaptando aos diferentes sotaques...

No fim, teve uma apresentação oficial da tripulação composta só por homens, nos dando boas vindas com um cocktail de chocolate e fazendo com que todos nós nos apresentássemos, após isto, colocaram uma música típica para dançar e foram puxando as mulheres, que vergonha... foi bastante engraçado, a primeira foi a australiana, branquinha, ficou roxa, depois a Irlandesa, esta foi numa boa... na segunda música foi a minha vez, nossa eu não parava de rir de tanta vergonha, lá fui eu... até que não fiz feio... ganhei "very good", "usted dança bien". Ficamos mais um pouco e logo fomos para o nosso quarto, trabalhar no site e descansar. Boa noite e até amanhã!

Flamingos na Praia Las Bachas

Percebemos que somos muito bem vindos, a tripulação ficou encantada quando soube que éramos do Brasil... sempre estão nos dando boas vindas e conversando conosco, falando do nosso país, futebol é claro, em plena Copa América, o que poderia mais... Ficamos muito felizes, pois é muito bom saber que somos queridos, até mesmo as pessoas de outros países demonstraram carinho em relação ao nosso país...

Toda vez que íamos sair do barco para passeio e vice-versa, ficavam falando Brasili, Brasili, Brasili, era muito divertido...rsrsrsrs

Galápagos é encantador! Cada canto um enigma, um mistério a ser decifrado...

  
  

Publicado por em