Enfim, Flórida!

Acordamos bem cedinho e seguimos rumo à Florida!!!!...Recorde do Thor - 930 km... Cruzamos a Georgia até a Florida!

  
  
Enfim, Flórida!

...Ainda no dia de ontem, a Ilde se arriscou a cortar o cabelo do Cláudio, pois ela sempre corta o do Dan... ambos não foram muito felizes, o Cláudio e o cabelo dele... uma semana de boné, demos muitas risadas... Meu marido é mesmo pão duro e muito corajoso... rsrsrsrs! Mais tarde descobrimos que a máquina não era de cortar cabelo e, sim, de barba... Ilde, não se preocupe, você fez um bom trabalho...rsrsrsrs!

Acordamos bem cedinho e seguimos rumo à Florida!!!! Nos despedimos dos nossos queridos amigos Ilde e Dan. Eles foram maravilhosos! Obrigado amigos por tudo!!!!

Família

Saímos e a alguns quilômetros ouvimos um barulho estranho no carro... já fiquei assustada... resolvemos voltar e pedir ao Dan para dar uma olhadinha, já que ele entende de motores... mas, pensamos: "o pior é que eles devem ter voltado a dormir, pois já estava um friozinho e ameaçando cair neve..." mas, não teve jeito, os tiramos da cama novamente, que visita nós fomos!!!!!

...O Dan, junto com o Cláudio, olhou o carro, deram uma volta para ver o de onde vinha o barulho. Conclusão, o Dan nos disse que o Thor está ótimo, e não devemos nos preocupar. Então voltamos à estrada, agora sem volta... mas, o barulho continua, ele acontece quando chega na 5ª marcha... estamos rezando para que nada mais aconteça com o Thor, pois estamos no nosso limite de surpresas, psicológico, cronológico e financeiramente falando!!!!

Passamos por Chicago novamente, felizmente com o trânsito bem mais tranqüilo, já que era domingo. Entramos no estado de Indiana passando por sua capital Indianápolis, onde acontece a famosa corrida automobilística, as "500 milhas de Indianápolis." Após um pouco mais de 800 km, paramos para dormir em Scottsburg, Indiana, no camping do nosso amigo Zé Colméia, o "Jellystone Park Yogi Bear's Camp Resort", demorou mas o encontramos, ele e todos os seus amigos...

Fort Lauderdale

...Nos despedimos do Zé Colméia e pé na estrada. Cruzamos o estado de Kentucky e, logo, o Tennessee que tem como capital a famosa cidade de Nashville, também capital da música country americana. Entramos no estado de Georgia, cruzamos a conturbada Atlanta que sediou os jogos olímpicos de 1996 e dormimos em Forsyth, no camping KOA.

...Recorde do Thor - 930 km... Cruzamos a Georgia até a Florida - fomos pela rodovia pedagiada e deixamos alguns dólares até chegarmos a Pompano Beach, casa da minha prima Doriane e Tia Edith. Foi muito interessante, pois só conhecia a Tia Edith, que já está com os seus 82 anos, mas os seus filhos, meus primos, ainda não, foi uma grande surpresa... A Doriane parece uma menina, mas já passou dos 40 anos, é um amor de pessoa, nos recebeu maravilhosamente bem, super alto astral e nem parece mãe de 3 adolescentes...

Everglades National Park

...Tomamos um belo café da manhã, como brasileiros, pãozinho de queijo, pão francês e um delicioso café de 3 corações... Ficamos surpresos com esta região da Flórida, principalmente Pompano Beach, nos sentimos no Brasil, pois possui lojas, padarias, agências de carro e supermercados de brasileiros, de cara já vimos a bandeira do nosso país...

Pela manhã, a Doriane nos levou para conhecer as praias e os pontos turísticos da região, passeamos por Pompano Beach, Boca Raton e almoçamos em Fort Lauderdale. Foi muito divertido, a Doriane e a querida tia Edith são muito alegres, foi maravilhoso e a região é linda! Voltamos para casa e bateu um ar de nostalgia ao revermos fotos antigas dos primos, avós e toda família, ao mesmo tempo, foi muito divertido, pois demos muitas risadas dos figurinos de antigamente... também registramos este momento especial da viagem com muitas fotos. Quando o nosso primo Beto chegou, irmão da Doriane, aproveitamos para falarmos, via internet, com os meus pais, foi bárbaro, depois de mais de 30 anos eles se vendo e se falando através da impressionante tecnologia dos mundos modernos.... Foi realmente maravilhoso e uma bela estada!!!! Obrigado prima e família pelos momentos de alegria e carinho com que nos receberam!!!!!

Morador do Everglades

...Acordamos cedo, nos despedimos, algo que é sempre difícil... e seguimos para o Everglades National Park - é um mini pantanal repleto de jacarés, crocodilos, milhares de aves e outros animais selvagens, ah... e mosquitos desde minúsculos a gigantescos... a região é linda, úmida e quente, fizemos algumas pequenas caminhadas e dormimos por ali.

A região de Everglades sofreu muito com a ação humana e, como conseqüência, perdeu boa parte de sua área inundada, já que a água, o bem mais precioso para a manutenção do seu ecossistema, é também utilizada por fazendeiros para manutenção das atividades agrícolas e para o abastecimento das cidades no sul da Flórida. Este rico ecossistema está dentro da única reserva subtropical dos EUA e de um dos maiores parques do país.

No final da tarde, dormimos na única área habitada do parque, Flamingo, num camping às margens da Florida Bay - preparamos o nosso jantar e fomos descansar após um lindo dia.

  
  

Publicado por em