Vulcão Arenal

Nosso destino era conhecer o Vulcão Arenal na província de Guanacaste.

  
  
Vulcão Arenal

...Levamos um susto, quando chegamos à fronteira havia uma fila gigantesca, fazendo curvas, ficamos apavorados. Logo fomos perguntar se tínhamos que entrar naquela fila... ufa, não precisamos, aquela era a fila daqueles que viajavam de ônibus, como estávamos de carro poderíamos ir direto. Demoramos 1 hora para resolver tudo.

Nosso destino era conhecer o Vulcão Arenal na província de Guanacaste. O Vulcão Arenal é o mais ativo da Costa Rica, chega a cuspir lavas 22 vezes por dia e dizem que o espetáculo acontece pela noite! Estamos ansiosos!!!!

Que charme!

Um dia bastante chuvoso, seguimos para esta região, chegamos a noite com os faróis ainda ruins, procurando por uma pousada, paramos numa maravilhosa, onde a arte em mosaicos predominava, em cada detalhe, fosse no restaurante, escritório, no caminho para os quartos, nos quartos, banheiros, um show!!!! Ficamos apaixonados! Tivemos uma recepção maravilhosa, a Mônica, que com seu marido e três filhas, alemães que já moram por aqui há 20 e poucos anos, nos levou para conhecer sua linda pousada.

Explicamos a ela que estamos viajando há bastante tempo e não poderíamos pagar tão caro só para dormir uma noite, foi tão querida e nos deu um descontão, então não tivemos dúvida!!!! Nunca ficamos num lugar tão charmoso!

Voltamos ao restaurante para jantar, comida maravilhosa, feita por uma de suas filhas. Demos o nosso cartão para eles e, logo, foram ver as fotos, ficaram encantados, tivemos uma afinidade incrível!!!!! Também estava hospedado ali um casal de São Paulo, estavam indignados porque já era a terceira vez que passavam por ali e não tinham conseguido avistar o vulcão... faz parte! Acreditamos que este não seja um período bom, pois é época de chuvas, mas segundo a Mônica, não desta forma, nunca, desde que mora ali, ficou 3 semanas chovendo direto, inclusive, uma estrada estava fechada devido às fortes chuvas.

Pousada lindíssima

Tomamos um café da manhã maravilhoso! Tivemos que mudar o nosso trajeto, pois a estrada havia caído, então cortamos um caminho por uma estradinha de chão... esta região é muito bonita! Paramos para almoçar num restaurante de frente para o vulcão, apesar de muitas nuvens, num determinado momento, conseguimos vê-lo quase inteiro, mas as suas explosões, infelizmente, não!

Seguimos para o Caribe da Costa Rica, Parque Nacional de Cahuita, para passarmos a nossa virada de Ano. Fomos parados 2 vezes por policiais bem engraçadinhos, insinuaram que queriam dinheiro, mas logo descartamos suas idéias.

Chegamos a Limón pela noite e descobrimos, no caminho, que estávamos sem farol, foi terrível. O lugar é bem simples, no primeiro hotel que paramos não havia vaga, então ficamos numa cabana também simples, mas estava bem limpinha. O lugar não era bonito e estávamos cogitando cruzar a fronteira para o Panamá e passar o ano novo em Bocas del Toro...

Rumo ao Panamá

Não só de contrastes vivem muitos países por onde passamos, a nossa viagem é um verdadeiro contraste, ora em lugares maravilhosos, ora em lugares horrorosos, isto que é aventura!!!!!

Sem café da manhã, sem horas, (o meu relógio pifou mergulhando em Belize e o do Cláudio acabou a bateria) levantamos, já estava claro, e seguimos viagem. Quando olhamos o relógio do carro tomamos um susto, eram 6:30h da manhã. Que bom, pelo menos temos um dia longo para decidir o que fazer. Estávamos bem próximos da fronteira com o Panamá, foi uma surpresa para nós, pois não achávamos que havia fronteira por aqui. Paramos no caminho para um café e fomos conhecer um pouco da região e o Parque Nacional Cahuita... o mar estava muito sujo devido às chuvas, ficamos decepcionados com o caribe da Costa Rica, então decidimos seguir para Bocas...

Aproveitamos e compramos por ali mesmo as lâmpadas para o farol do carro, ok, tudo funcionando agora!

Fronteira Costa Rica x Panamá

Chegamos à fronteira de Saxiola, muito simples, uma ponte estreita onde passavam pessoas e carros, extremamente perigosa, fazia a ligação entre Costa Rica e Panamá... os trâmites foram bem tranqüilos, ainda bem!!!!!

Agora era achar o caminho para ilha de Bocas del Toro e rezar para encontrar um hotel, pois neste último dia do ano, como em qualquer parte do mundo, deve estar tudo lotado... vamos arriscar, o máximo que pode nos acontecer é dormimos na rua...

  
  

Publicado por em