Urubici SC - Onde o Brasil é mais frio

Urubici fica na serra catarinense, a 1425m de altitude, e distante 174km de Florianópolis. O acesso a partir da capital é através da BR-282 até o Distrito de Santa Clara, em Bom Retiro; e depois pela SC-430 por mais 24km até Urubici.

  
  

Urubici fica na serra catarinense, a 1425m de altitude, e distante 174km de Florianópolis. O acesso a partir da capital é através da BR-282 até o Distrito de Santa Clara, em Bom Retiro; e depois pela SC-430 por mais 24km até Urubici.

Estivemos visitando Urubici por seis dias durante este verão e descobrimos que, apesar de ser um destino muito procurado no inverno e do slogan “Onde o Brasil é mais frio”, Urubici, com suas paisagens cinematográficas, formações rochosas peculiares e cachoeiras deliciosas, merece ser visitada em dias ensolarados e quentes.

Morro da Igreja - Cartão Postal de Urubici

Morro da Igreja - Cartão Postal de Urubici
Foto: Lyanne Rehder

A primeira dica ao chegar à cidade; não deixe de ir até a Secretaria de Turismo* para pegar folders, ver fotos, informar-se sobre os atrativos, hospedagens, guias, agências, restaurantes...

O atendimento lá é especial. Sem dúvida alguma você sairá de lá bem orientado para aproveitar melhor sua viagem.

  • A Secretaria de Turismo fica na Av. Adolfo Konder, 2543 – a principal avenida da cidade; e o fone é (49) 3278.4245.

Com várias opções de hospedagens, uma série de atrativos turísticos de visitação gratuita ou a preços simbólicos, agências de turismo receptivo, e um povo acolhedor, Urubici merece ser visitada tanto por aqueles que preferem apreciar a natureza sem abrir mão do conforto de um carro, como por aqueles que preferem interagir com a natureza, em trekkings de um, dois, ou mais dias.

Além da visitação aos atrativos naturais, também é possível experimentar atividades de tirolesa, rappel, cavalgada, trekking com acampamento, ou pescaria de trutas.

Descobrimos também que o turista que visita Urubici também vai poder conhecer outras “atrações” que não são oficiais; mas são igualmente interessantes.

Antes de ser conhecida como uma das cidades mais frias do Brasil, Urubici já tinha o título de “Terra das Hortaliças”, por ser o maior produtor catarinense, com 20 variedades de horti-fruti e uma produção de 74.000 toneladas anuais.

Ao longo das estradas de terra que nos conduzem aos atrativos turísticos, é interessante perceber as terras coloridas por diferentes cultivos, reparar no dia-a-dia do agricultor, no trabalho dos tratores,... Na verdade, podemos aproveitar muito mais esse lado de Urubici: Você já esteve em um pomar de maçãs"

Com agricultores trabalhando na colheita" Sabe como é a rotina dos agricultores que colhem tomate" Fumo" Couve" Milho" Sabia que o aquecimento global neste ano antecipou a colheita da maçã gala"

Bem, se você tiver oportunidade, recomendamos que pare para conversar com algum agricultor e pergunte como é o trabalho dele – certamente você vai aprender um monte de coisas novas. Mas lembre-se de pedir licença antes de fotografar alguém ou alguma propriedade e seja cortês com os moradores locais.

É sempre melhor quando você é acompanhado por um guia local (que pode ser contratado nas agências receptivas) – assim você aprenderá muito mais sobre tudo o que está vendo e vai aproveitar mais o seu passeio.

Comentamos na Secretaria de Turismo que gostaríamos de conhecer um pouco da história do município e logo chegou o Luiz Gonzaga, que trabalha na recepção dos turistas que lá chegam, e nos deu uma verdadeira aula sobre a história de Urubici. Também comentou que seria interessante conhecermos o Seu Orquiso (quem será esse Seu Orquiso") Lá fomos nós meio sem saber o que encontrar.

Seu Orquiso; um senhor nascido em Urubici, dono de uma loja de fotos e tão apaixonado pela cidade quanto pela fotografia. Nos recebeu muito bem, mesmo sem nos conhecer, nos mostrou inúmeras de suas fotos antigas – e contou a história de cada uma delas. Orgulhoso, nos mostrou sua primeira câmera fotográfica, uma Polaroid; e quando perguntamos se ele ainda fotografa, ele nos respondeu com a maior naturalidade: “- Ahh claro...

semana que vem tenho que ir em Santa Bárbara para fotografar o cemitério mais antigo da região...

eu fotografo sempre, tenho só oitenta anos.”

Ele viu e viveu toda história da cidade, registrou tudo, e hoje tem o maior prazer em dividir seu conhecimento e suas experiências de vida para quem quiser ter um dedinho de prosa com ele.

Enfim, foi uma delícia conversar com o Seu Orquiso – saímos de lá emocionados!

Urubici é assim...

Se você for durante verão, volte no inverno para ver a neve; e se for durante o inverno, não deixe de retornar no verão para aproveitar as cachoeiras!

_______________

Clique no botão [PLAY] no centro da imagem abaixo e assista ao vídeo que fizemos em Urubici:


Parte I :: Morro da Igreja, Pedra Furada, Arroio do Engenho e Sete Quedas.

Parte II :: Festa dos Tropeiros, as Colheitas, entrevista com Sr. Orquiso, Serra do Corvo Branco e making off.

_____________

Trabalhos do Projeto Turismo Responsável

Aqui você confere algumas fotos que mostram os bastidores do trabalho realizado pela equipe do Projeto Turismo Responsável em Urubici - SC.

Preparação dos KITs com material informativo sobre certificação e parceiros

Apresentação do Projeto e entrega de Kit na Cascata Véu de Noiva (Tirolesa)

Apresentação do Projeto e entrega de Kit na Pousada Kiriri-etê

Apresentação do Projeto e entrega de Kit na Fazenda Hotel Serra do Panelão

Entrevista com Seu Orquiso

Registrando as belezas de Urubici

Apresentação do Projeto para o
Prefeito e o Assessor de Imprensa

Palestra sobre o Projeto ao
Trade na Secretaria de Turismo

_______________

Serviços:

Um dos objetivos do Projeto Turismo Responsável é levar aos empreendedores de turismo, informações de como fazer para ser mais responsável com a comunidade local e com o meio-ambiente.

Ficamos muito felizes quando encontramos empreendedores que já sabem dessa importância e, de alguma forma, já agem no caminho da sustentabilidade.

.

Por isso divulgamos nossas descobertas aqui para que você..

..Turista, valorize cada vez mais as ações que algumas empresas fazem pela sustentabilidade da região onde trabalham o turismo.

...Empreendedor de turismo, possa ver exemplos práticos de ações que talvez possam ser implementadas em sua empresa e, com isso, você contribua mais com o desenvolvimento sustentável da sua região.

  • Serra Bela Hospedaria Rural - Fone: (49) 3278.5113
    - Todos os chalés possuem aquecimento solar (com líquido anti-congelante para suportar as baixas temperaturas).
    - A água do chuveiro é aquecida através de serpentina instalada nas lareiras dos chalés e, além disso, ainda há o aquecimento a gás.
    - Todos os funcionários são nativos.
    - Todo o lixo é separado para reciclagem. O orgânico vai para a compostagem, e o reciclável vai para o centro de reciclagem na cidade.
    - Implementou fossas anaeróbicas.
    - No restaurante há quadros com fotos antigas que resgatam a história da região e a construção da Serra do Corvo Branco.
    - Serve frutas e hortaliças plantadas dentro da propriedade, sem agrotóxicos.
    - Usa papel reciclado no cartão de visitas e folders promocionais.
    - Dedica um dia do ano na Pousada para receber crianças da APAE
    .

  • Pousada Kiriri-etê - Fone: (49) 3278.5481
    - Hospedagem com instalações muito bem estruturadas.
    - Possui um quarto adaptado para cadeirantes.
    - O proprietário é nativo de Urubici.
    - Todos os funcionários são da comunidade local, e a proprietária se orgulha em dizer que suas colaboradoras são seu maior patrimônio na pousada.
    - A Pousada foi premiada pelo Instituto de Pesquisas Mérito com o prêmio Mérito Empresarial/Profisional 2006 no segmento Pousada - Prêmio de pesquisa de opinião pública realizada na cidade de Urubici.
    - Só usam madeira de árvores já caídas ou de árvores plantadas por eles.
    - Tem restaurante e oferece pratos típicos em seu cardápio - dentre eles, a Paçoca de Pinhão, Entrevero, Arroz Carreteiro, e Marreco assado recheado de purê de maçãs.
    - Possui trilha ecológica interpretativa para ser percorrida com guia da pousada.
    - Faz separação do lixo para reciclagem e leva periodicamente ao centro de reciclagem na cidade.
    .

  • Refúgio de Montanha Rio Canoas - Fone: (49) 3278.4596
    - Pousada charmosa e construída em harmonia com a natureza. Não foi arrancada nenhuma árvore para construção e foi preservada a geografia local, ou seja, sem aterramentos. Assim foi possível construir um casarão em vários níveis, distribuindo os ambientes de forma harmoniosa.
    - Implementou fossas anaeróbicas.
    - Faz separação do lixo para reciclagem e leva periodicamente ao centro de reciclagem na cidade.
    - Trabalha a educação ambiental através da entrega de folheto de conscientização aos hóspedes e do acompanhamento com guia em todas as trilhas próximas à pousada.

    .

  • Agência Tribo Xokleng - Fone: (49) 3278.5258
    - Guia conhecedor da região e responsável com seus passageiros.
    - Não vende passeios que envolvem Turismo de Aventura se não atendam os princípios básicos de segurança.

    .

  • Pousada Café Mel - Fone: (49) 3278.5214
    - Produz geléias e doces com frutas típicas da região para consumo dos clientes e venda.
    -

    Preocupação com a economia de energia e água. Em todos os quartos há um aviso no criado mudo, que sugere ao hóspede que a troca de roupa de banho não seja feita todos os dias.

    .

  • Pousada das Flores - Fone: (49) 3278.4107
    - Os proprietários são nativos da região, e os funcionários também.
    - Servem geléias e quitutes típicos no café da manhã.
    -

    Preocupação com a economia de energia e água. Em todos os quartos há um aviso no espelho do banheiro que sugere ao hóspede que a troca de roupa de banho seja feita a cada 3 dias.

    .

  • Villa de Montanha Hospedagem - Fone: (49) 3278.4132

    - Hospedagem rural com quatro lindas cabanas estilo canadense, construídas com reaproveitamento de madeira de árvores caídas na região, e mobiliadas com móveis rústicos - e lindos - feitos lá mesmo, com madeira de Vassourinha, uma árvore desprezada pelo povo, que diz “que não dá nem pra lenha”.
    - Todos os funcionários são nativos da região, e a proprietária incentiva a visitação dos hóspedes à propriedade de um agricultor orgânico, de quem compra as frutas e hortaliças servidas na hospedagem.
    - Nas cabanas, o aviso aos hóspedes promove o uso responsável da lenha para a lareira.
    .

  • Pousada Cambuim - Fone: (49) 3278.4971
    - São cinco chalés de madeira construídos em harmonia com o ambiente e em local privilegiado, que permite que os hóspedes apreciem as quedas do Rio Cambuim da varanda de qualquer um dos chalés.
    - Todo o alimento servido aos hóspedes é produzido pela comunidade local.
    - Como voluntária, a proprietária investiu na pintura, limpeza e manutenção do mirante da cidade, localizado na rodovia próxima à pousada.
    - Faz separação do lixo para reciclagem e leva periodicamente ao centro de reciclagem na cidade.
    .

  • Fazenda Hotel Serra do Panelão - Fone: (49) 3278.4566 e 3292.1800
    - Na fazenda há nascentes de água, e o proprietário tem suas fossas com 50m de pedras para dreno, garantindo uma melhor filtragem dos resíduos.
    - O atendimento é familiar e, na temporada, contratam diaristas da comunidade local para ajudar.
    - No restaurante servem pratos típicos e vendem geléias e mel produzidos na região.
    - Faz separação do lixo para reciclagem e leva periodicamente ao centro de reciclagem na cidade.

  
  

Publicado por em