Iranduba



Dados arqueológicos indicam que a região do município de Iranduba estava sendo ocupada desde o ano 7510 a.C. até 2550 a.C., por grupos de caçadores-coletores que fabricavam instrumentos líticos lascados e acampavam em áreas de antigos paleocanais, onde hoje são conhecidas como Campinaranas. Após esse período há um hiato temporal até 300 a.C. com o surgimento das primeiras ocupações de grupos ceramistas na região, conhecida como a cultura da fase Açutuba. Esses grupos ceramistas ocuparam a região até o século XVI, quando houve a chegada dos primeiros europeus na região.

O primeiro relato da região de Iranduba vem do diário de bordo do padre Gaspar de Carvajal, numa expedição comandada pelo Capitão Francisco de Orellana em 1542. Em 1641 o padre Cristóbal de Acuña nomeia a região dos atuais municípios de Manacapuru e Iranduba como Província de Carabayana, um local este que reunia diversos povos que mantinham um comércio constante com os povos do rio Negro, uma agricultura na várzea durante o período de seca do rio e a prática da antropofagia[5]

Mais adiante, no período do ciclo da borracha, a região voltou a se desenvolver e caiu no ostracismo com o seu fim. Com o início da Zona Franca de Manaus e do Distrito Industrial, a economia foi reativada e que, até então, pertencia ao município de Manaus. Em 09/04/1963, pela Lei nº 07, o município de Iranduba foi criado, tendo como governador em exercício o Sr. Anfremon D'Amazonas Monteiro. Em 24/07/1964, pela Lei nº 41, o governador Arthur César Ferreira Reis extingue o município. Em 10/12/1981, pela Emenda Constitucional nº 12, é desmembrado de Manaus e, acrescido de território adjacente até então pertencente a Manacapuru, passa a constituir município autônomo, pelo governador José Lindoso. Em 1982, efetuou-se sua instalação com as eleições gerais e conseqüentemente com a posse de prefeito e vereadores em janeiro de 1983.

O município concentra hotéis de selva. Os visitantes podem praticar atividades como canoagem, focagem de jacaré, pesca de piranha, e observar a fauna e a flora. Alguns estabelecimentos oferecem ainda passeios pelos igarapés e visitas a comunidades indígenas.Os estabelecimentos variam de acordo com o número de apartamentos, estilo e infra-estrutura oferecida aos hóspedes.

Turismo rural

Junto com o município de Rio Preto da Eva, Iranduba participa da rede de Turismo Rural na Agricultura Familiar (TRAF), um programa coordenado pelo Governo Federal, por meio dos ministérios do Turismo e do Desenvolvimento Agrário.

Artesanato

Iranduba abriga dois dos principais pólos de produção de artesanato do Estado do Amazonas: as comunidades dos lagos Janauari e Acajatuba. No primeiro, há vários flutuantes onde diversos artesãos expõem seus trabalhos, entre eles, lindas peças entalhadas em madeira, cocares, pulseiras e brincos.Dos destaques de pulseiras e brincos. O lago possui ainda um restaurante e serviços de guias para receber os visitantes.

Gastronomia

A gastronomia é baseada em peixes de água doce e frutas tropicais, como cupuaçu, tucumã, pupunha e açaí, entre outros. Os turistas saboreiam pratos da cozinha regional caseira em bares e lanchonetes. Outra opção é escolher o peixe diretamente de lagos e aquários.

Sítios arqueológicos

Iranduba é o município amazonense com maior número de sítios arqueológicos registrados, com mais de 100 sítios descobertos até o momento. Desde 1995 é desenvolvido no município o Projeto Amazônia Central (PAC), coordenado pelo Museu de Arqueologia e Etnologia da Universidade de São Paulo - Mae/Usp, em parceria com a Universidade Federal do Amazonas, com trabalhos de escavação, formação de profissionais técnicos e educação patrimonial.

Regiões Turísticas

Localização

Iranduba está localizada a 22km da capital do estado.







Hotéis e Pousadas em Iranduba

Manaus Jungle Hostel
Lado direito do Rio Negro
Manaus Jungle Hostel
A partir de: R$ 350,00
Nota: 7 ( 5 avaliações )
Estrelas: 2 estrelas
Ver fotosManaus Jungle Hostel - Lado direito do Rio Negro
Preços e Reservas Online
Reserva Online Manaus Jungle Hostel no Booking
Pousada Manati Amazonia
Lago Acajatuba
Pousada Manati Amazonia
A partir de: R$ 760,00
Ver fotosPousada Manati Amazonia - Lago Acajatuba
Preços e Reservas Online
Reserva Online Pousada Manati Amazonia no Booking
Tiwa Ecoresort Iranduba
Margem Direita do Rio Negro, s/n
Tiwa Ecoresort Iranduba
Estrelas: 4 estrelas
Ver fotosTiwa Ecoresort Iranduba - Margem Direita do Rio Negro, s/n
Pousada Amazonia
Estrada Manoel Urbano, Km 34
Pousada Amazonia
Estrelas: 1 estrelas
Ver fotosPousada Amazonia - Estrada Manoel Urbano, Km 34
Pousada de Selva Jacaré
Comunidade Sao Thome, s/n
Pousada de Selva Jacaré
Pousada de Selva Jacaré - Comunidade Sao Thome, s/n
Arawak Jungle Hostel
Rodovia AM 070, km 28 Ramal Praia Acutuba S/N
Arawak Jungle Hostel
Arawak Jungle Hostel - Rodovia AM 070, km 28 Ramal Praia Acutuba S/N






Notícias, Reportagens e Artigos sobre Iranduba

Notícias > Social > Responsabilidade e ações sócio-ambientais

Projeto Rondon promove cidadania de ribeirinhos no coração da Amazônia

Projeto Rondon promove cidadania de ribeirinhos no coração da Amazônia

As ações realizadas por estudantes e professores universitários participantes do Projeto Rondon trouxeram oportunidades marcantes para muitos moradores das localidades visitadas

 

Agências de viagens e turismo em Iranduba