Iguaí



A cidade foi construída às margens do Rio Gongogi onde se localizavam as fazendas Iracema de propriedade de José Cândido da Silva e Planície de propriedade de Ramiro Engrácio de Matos que chegou à região por volta de 1923.

Iguaí tem 5 distritos: Iguaibi, o distrito mais desenvolvido situado à beira do Gongogi, terra de Arthur Amaral, um conhecido falecido que dá nome ao único colégio de ginásio do interior iguaiense; Ibiporanga, que está localizada num morro também perto do Gongogi; Ponto Chique, localizado perto de Iguaibi; Palmeirinha, outro pequeno povoado; e Altamira, que tem esse nome por estar abaixo de uma enorme montanha de onde nasce o rio dos Índios. Altamira encontra-se perto da divisa com Dário Meira e Boa Nova. Existem várias fazendas na região, inclusive a de João Sampaio (fazenda Palmeira), um dos fazendeiros mais tradicionais e respeitados de Iguaí.

O município possui uma bacia hidrográfica com mais de 1600 nascentes, 180 cachoeiras e cascatas, dezenas de rios, vales e serras.

Com produção agrícola diversificada tendo sua maior tradição na pecuária leitera e de corte, cacauicultura, cafeicultura, com belas fazendas, extrema beleza cênica e paisagens cinematográficas, ideal para a prática do turismo rural e de aventura.Agora descobertos pela imprensa nacional e pelos órgãos governamentais do turismo.

Outros pontos,como a Serra do Ouro com seus 1.226 metros de altitude, por onde se vislumbra belíssima vista panorâmica, local que, além de rara beleza, È ideal para a pratica do turismo rural e de aventura. Parte do potencial turístico está na sua história de pouso de Tropeiros, nas 180 cachoeiras, corredeiras, rios, nascentes, Serras e vales localizadas no município.

Localização

Iguaí fica a 497km da capital do estado.







Hotéis e Pousadas em Iguaí








Agências de viagens e turismo em Iguaí