Nazaré



Nazaré está localizada no centro do Recôncavo Baiano, às margens do Rio Jaguaripe. A cidade ficou famosa pela larga produção de farinha de copioba. Hoje é uma grande produtora de azeite de dendê, entre outros e possui magnífico patrimônio cultural. Quem visita Nazaré durante a Semana Santa, não fica encantado apenas pelos belíssimos artesanatos, mas poderá apreciar também, os casarios antigos de raríssima beleza, o Jesus de Nazaré com as 14 estações, que retrata do calvário a ressurreição de Jesus Cristo e está localizado no Morro do Silêncio.

Morro do Silêncio.

Mirante natural na periferia da cidade. A ladeira é proporcional ao limite da aventura, mais a paisagem compensa todo cansaço do corpo humano, a mente se alimenta de tudo que vê, ao cair da tarde depois do magnífico por-do-sol quando é noite de lua cheia. O momento é tão mágico que os casais de namorados aproveitam para fazer suas declarações de amor.
No meio da ladeira visualizamos às esculturas da Via Sacra caminho da fé, construídas em tamanho natural, representam o sofrimento de Jesus Cristo até a sua ressureição.
O Monumento Jesus de Nazaré abraça toda cidade, onde se vislumbra uma grande área urbana e rural.
O local conta com restaurante, memorial histórico da cidade e o santuário para meditação.
Como chegar.
Situado na periferia norte. Saindo do centro da cidade, sentindo bairro do batatan, depois do entroncamento da BA 001, cerca de 300 metros, entrando a direita da rua Coréia, passa por uma pequena ponte sobre o rio Batatan e sobe a ladeira.

Alto do Cruzeiro.

Marco religioso das missões de 1904 e a bela vista panorâmica, avista-se o caminho por onde o rio passa na periferia da cidade.
Para chegar: Seguindo em direção a Erato Nazarena, localizada ao fundo da Igreja de São Roque.
O outro acesso é mais emocionante, saindo da praça municipal pela uma rua estreita caminha por 200 metros e sobe uma escada com 131 degraus, ótimo para um teste cardíaco.

Pedra da Moça.

"Conta-se que um homem, um príncipe negro que veio fugido da África, seu país de origem, e trouxe consigo, uma pequena pedra mas mãos, ele se escondia de tudo e de todos, sempre com medo que alguém visse e tocase, porquer se outra pessoa tocase na pedra ela perdia o encanto e não lhe sérvia mais de nada.
A pedra era um amoleto sagrado, quando ele queria se comunicar com seu pai, ele apertava a pequena pedra com as duas mãos, e a energia cósmica contida naquela pedra transmitida uma ponte de comunicação entre filho e pai. mais um dia, ele perdeu a sua pedra, talvez ele estava tomando banho no rio, ou lavando alguns trapo de suas roupas, o certo foi que a pedra caiu bem ali na ponta daquela ilha do meio do rio. O tempo foi passando, e a pequena pedra, foi crescendo crescendo encantadoramente. . .Nas noites de lua cheia os pescadores de camarão se cansava de vê, uma linda moça, sentada sobre a imponente pedra, e quando um pescador tentava se aproximar, a moça fugia, como uma estrela cadênte.
A pequena pedra, cresceu tanto que: menos de 20 homens não abraça".
O profesos, Roque Ramos, conta que a pedra consentsa uma carga de energia cósmica muito grande, e já atrai gente de vários centros de eubiôse do Estado da Bahia, que vem para carregar suas energias através da agrande pedra.
Ator Aurélicio Conceição, foto: Roque Medeiros
Como chegar.
A pedra da moça está localizada, no meio do rio jaguaripe, próximo ao instituto feminino, rua caminho dos remédios à 1,5 km do centro da cidade. ator Aurélicio Conceição, texto e foto: Roque Medeiros

Cachoeira do Roncador

O rio Copioba forma uma queda d'água, corredeiras e um poço natural muito bem protegidas por mata ciliar. O local é freqüentado pela população jovem de Nazaré, especialmente nos finais de semana. Fica situada nos limites da fazenda Copioba subindo o morro por uma trilha na margem esquerda do rio para, em seguida, atravessar a cancela da propriedade, avista-se o que parece ser, de longe, uma boca da caverna. Na verdade, um riacho escavou a pedra em meio à mata formando uma queda de cerca de 3 metros, um refúgio que oferece banho privativo e revigorante.
Fonte: visiteabahia
Como chegar.
Saindo de Nazaré 4km pela BA-001, em direção ao Terminal de Bom Despacho, entroncando a esquerda numa estrada de barro em direção a copioba-Açu, seguindo por mais 1km.

Rio Copioba e Cachoeira do Camarão.

O destino leva você para zona rural, localidade conhecida como camarão, uma região ecológica de grande importância para o município de Nazaré, a geografia do lugar é uma beleza, com ladeiras e córregos de onde tem águas e cachoeiras, tem também um alambique da aguardente Riacho Doce, uma quitanda que vende pinga, refrigerante, cerveja gelada se preferir.
Mas é importante relatar que o gesto nobre deste lugar foi praticado pelo Sr. Francisco Bastos da Silva, quando viu crianças lutando para aprender a ler sem ter escola, Francisco conta que os meninos através de um lampião, lutava para aprender as primeira letras, sensibilizado com a situação, procurou a Câmara de Vereadores e doou um pedaço de suas terras, para construir, uma escola e uma casa de farinha naquela localidade, no governo de João Durval.
Como chegar.
O acesso a localidade de camarão é saindo de Nazaré pela BA 001 sentido Ilha de Itaparica, até o leone, entrando a esquerda por uma estrada rural. Distância total 18 km.

Casa de Farinha de Xoronga.

Com um pouco de aventura é possível chegar do lugarelos belíssimos, da zona rural do município de Nazaré.
A casa de farinha de Choronga, foi construída na margem direita do rio copioba, um alargamento do rio bem na frente a casa torna ainda maior a beleza da localidade, com uma distância de 15 km, 5 de asfalto e 10 de estrada rural, segue as margens do rio copioba, a viagem é extremamente ecológica.
Para fazer o passeio de bicicleta, é necessário levar lanche na mochila.
Como chegar.
Para chegar na casa de farinha mais ecológica da região, o jeito é a BA 001 sentido Ilha de Itaparica, 4 km e entra ao lado esquerdo pela estrada rural sentido copioba.
Distância total, 15 km.

Ponte Romana.

Dando acesso ao engenho de Baixo, há uma ponte conhecida por Ponte Romana, construída no século XIX.
Além da ponte histórica sobre o rio caraipe, que produz água e abastece toda cidade, a localidade tem ainda uma quitanda, uma palmeira gigante, e uma represa com cascata, o lugar é ótimo para praticar fotografias.
Como chegar.
Saindo do centro da cidade, sentido Apreendizado dos Meninos Desvalidos, a seguir pela rua volta do tanque, aproximadamente 5 km.

Alambique Aguardente Carioca.

É fascinante visitar um alambique de cachaça, e vê ao vivo uma grande dorna cheia de melaço, e fervendo sem nenhum calou de fogo, ou eletricidade, com acesso livre para turistas e imprensa, os proprietários conta o por quer a carioca é uma boa cachaça.
Como chegar,
localizado ao lado direito do rio jaguaripe, o acesso é pela rua volta do tanque, e fica aproximadamente 3 km, do centro da cidade.

Fazenda Engenho de Baixo.

Fazenda Engenho de Baixo. Cortada pelo rio caraipe, água limpa, com muitas flores, e muito verde em volta. Seu imponente casarão construído no início do século XIX, conserva em suas instalações, roda d'água metálica, moenda, fornalha, e casa de farinha, e objetos do tempos dos escravos. ( para agendar uma visita nesta Fazenda, entre em nosso contato antecipadamente)
Como chegar.
A sede da Faz. Engenho de Baixo, estar localizado ao lado direito do rio jaguaripe, cerca de 5 km, do centro da cidade, seguindo pela rua volta do tanque, a-partir do Apreendizado.

Trilha dos Engenhos.

A trilha dos engenhos, começa no Apreendizado dos Meninos Desvalidos, rua Volta do Tanque, engenho e alambique da Aguardente Carioca, ponte romana e rio Caraipe, Engenho de Baixo, Engenho do Meio, Engenho de Cima.
Nota: A "Rua Volta do Tanque" na realidade não é um Tanque, mas um Poço.
Os obstáculos da trilha dos engenhos, são as ladeiras: ladeira de Bel, ladeira das pedras, ladeira de Dino, ladeira e engenho de Zé de Quirino, ladeira do ronco, ladeira de Valentin, no entanto o grande atrativo da trilha é a beleza da paisagem rica com suas matas e rios, perfeitos para atender a demanda dos olhares.
Distante 13 km do centro da cidade, recomenda-se o uso de roupas leves, água e lanche na mochila. Tempo livre

Usina Hydro Eletrica de Nazaré

O tempo passou, e a usina geradura de energia elétrica que abastecia a cidade não conseguiu se manter no auge da sua produtividade e parou.
A proposta de visitar as ruínas de uma usina no meio do mato, é interessante porque a gente pode observar o tamanho da obra que foi desativada por falta de recursos financeiros naquele tempo: um casarão, uma ponte de concreto, uma barragem que vai de um lado ao outro do rio," por quase 100 metros", vários tubos gigantes devidamente conectados e prontos para voltar a atividade.
Como chegar.
Saindo de Nazaré BR 245, sentido Santo Antônio de Jesus, por 2 km, a trilha começa na cabeceira da ponte Barão do Taitinga, conhecida como ponte do remedio, entrada a direita, é recomendado uso de roupas leves, lanche e água na mochila.

Fazenda Senhor do Bonfim

Casa grande, senzala e engenho compõem o conjunto arquitetônico do final do século XIX, muito bem preservado pelos proprietários. Antigamente o local era conhecido por Engenho São José e seu principal patrimônio é uma roda d'água e moenda de fabricação inglesa. Alambique típico da região onde a cachaça é feita de forma artesanal, à base de melaço de cana, sem a utilização de produtos químicos.
O processo de fabricação da aguardente dura em média 15 dias. Aberta à visitação turística, não há quem se despeça sem adquirir a aguardente produzida no local.
Como chegar.
A partir de Nazaré pela BR 245, cerca de 5km quando se encontra uma via rural à direita, atravessando o rio Jaguaripe por uma ponte antiga de concreto, vira a esquerda e segue por 500 metros. Fonte: visiteabahia

Casa de Farinha de "João do Cacau".

A casa de farinha mais próxima do centro da cidade é a casa de farinha de Sr. João, que por sua elevada simpatia é conhecido na cidade por, "João do cacau", com mais de 80 anos encontra paciência e bom humor, para receber, imprensa, documentários, grupos de faculdades, turistas etc.
Com mais um pouco de tempo, é possível conhecer também, a experiência da vida agrícola do Sr. João.
Como chegar.
Para visitar o sítio do Sr. João do cacau, saindo do centro da cidade, sentido bairro batatan, segue direto antes de atravessar um riacho, onde avista o Abrigo Paulo de Tarso, tem um caminho e uma cancela a direita, cerca de 1,5 km, do centro da cidade.

Rio Jaguaripe e Maragojipinho.

O rio trouxe o navegador português: Fernão Cabral de Ataíde, para construir o 1º Engenho de cana de açúcar e fundar está cidade em 1573, também vieram os Jesuítas para habitar estas terras, juntamente com os Índios Aimorés, este rio que muito contribuiu no abastecimento alimentício da capital, suas águas criam peixes e alimenta muita gente, o suave balanço das suas águas, formam apicum que é uma barreira natural provocada pelas marolas do rio, capaz de proteger a lama e os caranguejos dos manguezais.
O rio te proporciona, além de tudo isso, uma viagem ao auge das suas emoções.
A nossa proposta é divulgar o maior centro cerâmico da América Latina em Maragogipinho, distrito do Município de Aratuípe. Local onde são fabricados os caxixis para serem vendidos na Feira de Caxixis e no comercio de Nazaré. No começo da história os caxixis eram transportados de canoa por essas águas.
Como chegar.
Saindo do porto de Nazaré de canoa, ou escuna o passeio pede tempo livre.

Associação de Pescadores de Nazaré.

Na sede da Associação dos Pescadores e Marisqueiras de Nazaré, você pode adquirir uma canoa para da um passeio inesquecível pelas águas tranquilas do belo rio Jaguaripe, conhecer alguns truques e dicas sobre pesca, além de curtir a beleza dos manguezais.
Onde fica.
Largo da Ilha das cobras nº 24 Muritiba.

Regiões Turísticas

Localização

Nazaré está a 200km da capital (via rodovia) ou a 58km (via ferry)

Acesso

Por terra: o acesso pode ser feito através da rodovia BR 101







Hotéis e Pousadas em Nazaré

Hotel Victoria Reghia
Rua Deputado Walson Lopes,160
Hotel Victoria Reghia
A partir de: R$ 85,00
Ver fotosHotel Victoria Reghia - Rua Deputado Walson Lopes,160
Preços e Reservas Online
Reserva Online Hotel Victoria Reghia no Booking






Notícias, Reportagens e Artigos sobre Nazaré

Notícias > Turismo > Turismo religioso

Turismo religioso continua em alta no Brasil

Turismo religioso continua em alta no Brasil

As viagens motivadas pela fé mobilizaram cerca de 17,7 milhões de peregrinos em 2014

Notícias > Turismo > Turismo nacional

Feira de Caxixis movimenta Recôncavo Baiano durante a Semana Santa

Feira de Caxixis movimenta Recôncavo Baiano durante a Semana Santa

A tradicional Feira de Caxixis será realizada de 28 a 31 de março, no município de Nazaré, e deve movimentar o Recôncavo Baiano durante o feriado da Semana Santa

Notícias > Turismo > Turismo nacional

Belezas e encantos da Costa do Dendê ao alcance de baianos e turistas

Inauguração da segunda etapa da BA-001 facilitará o turismo no litoral sul da Bahia

 

Agências de viagens e turismo em Nazaré