Paramirim



A primeira penetração ocorrida no território deste município deu-se em cosequência da colonização e exploração das Minas do Rio de Contas, no Município de Rio de Contas, quando portugueses e brasileiros, seguindo pelas margens do Rio Brumado, cujas nascentes controvertem no Pico das Almas com as do Rio Paramirim, lograram acesso às Minas do Ouro do Morro do Fogo, nas proximidades do Vale do Paramirim, onde se encontra localizada hoje a cidade deste nome.

Assim, surgiram, nos princípios do século XVIII, os primeiros habitantes desta região, os portugueses Manoel José Pereira, Tenente Valéro Manoel Viana Luís Ribeiro de Magalhães, Antônio Ribeiro de Magalhães e Manoel Marques Vilela, e os brasileiros Antônio da Rocha Bastos e José da Rocha Bastos. Além das exportações de minérios, eles começaram a incentivar a agricultura e a pecuária, organizando as primeiras fazendas do território, como a da Cachoeira, a da Conceição, a Santa Apolônia e Fazenda Pires.

Em 1820, no mês de Janeiro, Florêncio da Rocha compra ao Conde da Ponte as terras de Pau de Colher, e Manoel Joaquim Pereira de Castro as da Fazenda Poções, ao mesmo Conde, pela quantia, naquele tempo, de Rs 145$000,00 (cento e quarenta e cinco mil réis), cujo pagamento foi realizado em quatro prestações de Rs 36$250,00 (trinta e seis mil, duzentos e cinquenta réis). Começa assim, o ajustamento humano que deu início à povoação denominada Arraial do Morro do Fogo, que seria, mais tarde, a Cidade de Paramirim.

O Município de Paramirim, por sua topografia, por sua situação às margens do Rio Paramirim, pela celebridade de suas igrejas e capelas, pelos recantos pitorescos que apresenta, pela suavidade de seu clima, pela sua culinária típica, pelo colorido de suas festas populares, pela tradicional hospitalidade de sua gente, pela sua história centenária, constitui-se, em si mesmo, uma grande atração turística.

As principais atrações turísticas são: Barragem do Zabumbão; Represa do Rio da Rua e as piscinas naturais; os açudes da Arraial de Baixo, da Baixinha, do Bebedouro, do Pageú, do Periperi; as lagoas da Tabúa, da Av. César Borges, de Caraíbas e Várzea Redonda, dentre outras; Morro do Cruzeiro, com as torres de transmissão; a cachoeira dos Balaios; a Vila de Canabravinha, com suas tradicionais festas e romaria; as inscrições e pinturas rupestres da Serra da Pedra Branca, da Loca dos Tapuios, da Serra da Gamileira, do Mucambo, do Sangue dos Morotós, dentre outros; as Grutas do Menino Jesus de Pirajá, na Pedra do Mocó, do Morro Preto, do Sobrado de Santana, entre outros; os Morros da Via Sacra; a Pedra da Bandeira; a Igreja Matriz de Santo Antônio, as do Coração de Jesus e de Nossa Senhora do Rosário da Cidade; a Capela do Bom Jesus e Santa Rita, em Pau de Colher, entre outras; suas praças, construções e casarões coloniais; as manifestações folclóricas e efemérides, como os festejos de Santo Antônio, padroeiro do Município, no período de 1.º a 13 de junho - a maior festa da região; a de São José, da Beira da Lagoa; as da Salina; a da Santana de Caraíbas; a de Santa Joana de Chantal, no Cristal; a de São José, de Curral Velho; a de Santa Tereza, no povoado de mesmo nome; e tantas outras, como também os folguedos populares dos reizados; o Santo Reis, do Grama; o Bumba-Meu-Boi; as levantadas de mastro; as encomendas das almas; as vias sacras; as figuras do Querido e Querida e sua Caipora; o São João; as alvoradas; o carnaval; as Casas Grandes das fazendas, com o seu delicioso requeijão e o leite quente no curral; os engenhos de raspadura; as rodas de farinha, com seu beijú; os teares; e os umbuzeiros, árvores símbolo da região, de onde é extraído o umbú, também utilizado para fazer doces.

Regiões Turísticas

Localização

Paramirim está localizada a 742km da capital do estado.

Hotéis e Pousadas em Paramirim








Agências de viagens e turismo em Paramirim

Barratur Viagens Turismo

Rua Doutor José B Souza Leão 319
Centro - (77) 3471-2213

Barratur Viagens Turismo

Rua Doutor José B Souza Leão 319
Centro - (77) 3471-2213