Rio Verde



Impulsionado pelo agronegócio, o crescimento de Rio Verde tem gerado o desenvolvimento de um setor em expansão em Goiás e no país, o turismo de negócios, responsável por gerar inúmeras divisas. No município, essa modalidade de turismo tem promovido a circulação de milhões de reais. Foi criada, no início de 2005, a Superintendência de Turismo, com o objetivo de fomentar projetos e programas no segmento do Turismo e, conseqüentemente, contribuir para o desenvolvimento do setor.

Além das feiras e eventos ligados ao agronegócio e que movimentam as ruas e as finanças da cidade, a instalação de indústrias em Rio Verde é a grande responsável pelo crescimento do turismo. O município abriga grandes indústrias, a exemplo da Perdigão, Cargill, Grupo Orsa, Videplast, Kowalsky Alimentos e Comigo que atraem semanalmente a visita de grupos de empresários brasileiros e estrangeiros que querem fechar negócios, buscam parcerias ou que já são clientes das empresas localizadas em Rio Verde.

Para atender a demanda do turismo, Rio Verde possui 31 hotéis, com mais de mil e quinhentos leitos com uma taxa de ocupação mensal acima dos 60%. O município também conta com uma secretaria específica para gerir e apoiar as iniciativas deste setor: a Superintendência Municipal de Turismo.

Tamanha vocação para os negócios acabou demandando a formação de uma mão-de-obra especializada, capaz de atender com qualidade os milhares de turistas que, a cada ano, passam por Rio Verde. Essa formação de profissionais qualificados e capacitados chegou com a implantação do curso de Turismo pelo Instituto de Ensino Superior de Rio Verde/Faculdade Objetivo, que formou a primeira turma no início de 2005 e que é o único curso nesta área na região Sudoeste de Goiás.

Além destas potencialidades, Rio Verde conta também com vários eventos de grande porte, como a Sudoexpo – Feira de Industria, Comércio e Prestação de Serviço – maior feira do interior de Goiás, que acontece de dois em dois anos, a Exposição Agropecuária (segunda maior Feira Nacional de Gado Nelore, que atrai cerca de 100 mil visitantes), o encontro dos Nômades Moto Clube – onde motociclistas de todo país se reúnem durante três dias na Cidade, a Festa Junina – que é organizada pela Secretaria de Comunicação do Município, onde durante cinco dias, tem concurso de quadrilhas ( estilizada e tradicional), e ainda barraquinhas com comidas típicas de Goiás e juninas. A Festa recebe grupos quadrilhas de todo país. Cerca de 50 mil pessoas passam pelos cinco dias de evento.

O município possui ainda um rico patrimônio histórico, cultural e religioso na área urbana, construído em seus 157 anos de história.

Rio Verde conta também com belezas naturais, pousadas em fazendas, onde o turista, em contato direto com a natureza, pode usufruir de trilhas em mata, cachoeira e a vida do campo. O Município conta ainda com diversas cachoeiras.

O turismo religioso vem crescendo a cada ano através da tradicional festa do Divino Pai Eterno que acontece na Serra da Capa Branca, com sua igrejinha histórica, localizada a cinco quilômetros da Cidade, onde os romeiros rendem graças ao Divino.

Com essas potencialidades, Rio Verde já se encontra cadastrada junto à Embratur como sendo Município de Potencial Turístico.

Melhor Rodeio em Touros do Brasil

Outro grande evento que movimenta Rio Verde é o Rodeio em Touros. O evento acontece todo mês de julho dentro da Exposição Agropecuária. Rio Verde é tetra-campeão do troféu Arena de Ouro, como o Melhor Rodeio em Touro do País. O grande espetáculo, conta a presença dos principais peões do Brasil, filiados à CNAR- Confederação Nacional de Rodeio e à PRT - Profissionais do Rodeio em Touros do Brasil.

Em 2004, Rio Verde também ganhou o troféu Arena de Ouro em duas novas categorias - Melhor Público e Melhor Diretor de Rodeio - Lauro Roberto Dias Chelini.

O rodeio tem cobertura da rede Globo de Televisão, com matérias veiculadas em seus principais programas esportivos - Globo Esporte e Esporte Espetacular, além da programação estadual Tribo do esporte, Globo Esporte, Radar e programas jornalísticos da TV Anhanguera e TV Riviera.

PRINCIPAIS PONTOS DA CIDADE

Rio Verde tem histórias de longa data. Retratada em seus monumentos, praças públicas, igrejas e casarões. Muitos antigos casarões, hoje tombados como patrimônio histórico, receberam departamentos públicos municipais e abrem suas portas para contos e causos.
A cidade mistura o antigo com o moderno num mesmo espaço. A área central tem um comércio ativo, calçadões, Shopping Center e Galerias. O Município cresceu sem perder o aspecto natural de revoadas de pássaros. Araras festejam o final do dia como um relógio que avisa o horário de encerrar a labuta.
O agronegócio se transformou no ícone do município.

TURISMO HISTÓRICO CULTURAL

1.PRAÇA JOAQUIM DA SILVEIRA LEÃO – local onde está a Matriz Nossa Senhora das Dores. Em abril de 1865 JOAQUIM DA SILVEIRA LEÃO doou o terreno da praça para construção da Matriz .A arquitetura é estranha pois lembra uma urna mortuária o terreno abriga a praça a igreja e abrigava o busto de Visconde de Taunay.

2.PRAÇA DOS COQUEIROS - Em 1971 foram plantadas palmeiras que vieram do Rio de Janeiro, do Jardim Botânico e até hoje são monitoradas pelo. Não podemos arrancar e nem danificar nem uma das 6 palmeiras imperiais. Nessa praça acontecem vários eventos culturais das escolas, teatros, oficinas, feiras. Pontualmente as 18:00, as araras fazem cantoria.O turista se encanta com o som desordenado da espécie.

3.IGREJA SÃO SEBASTIÃO - Na época da revolução Pedro Ludovico já morava em Rio Verde.Essa igreja serviu de trincheira quando P.L estava da revolução em 1930, eles ficaram escondidos no porão e no topo. Em cima dessa igreja havia guerrilhas.O padre Mariano foi enterrado nela.

4.PRAÇA RODRIGUES DE MENDONÇA – MONUMENTO DA FEB – Em novembro de 1947 foi erguido o Monumento em homenagem aos pracinhas que combateram nos campos europeus: Paulo Campos, Sebastião Rosa de Moraes e José Martins Sobrinho.

5.CASA DA DONA AMBRÓSIA - Erguida também no século XVIII, onde a sociedade da época se reunia e era lá que as festas aconteciam.

6.CASARÃO GONZAGA.Foi construído em 1888 e funcionavam vários comércios da família Gonzaga Jaime, lojas de materiais de construção. Esse prédio ficou abandonado por mais ou menos 40 anos. Agora desde a administração passada (2000-2004) ele foi reformado e dia 18/03/05 – foi sua inauguração. Hoje sede também da Fundação Municipal de Cultura e sede da Academia Rio-Verdense de Letras, Artes e Ofícios.

7.PALÁCIO DA INTENDÊNCIA – A dureza de uma antiga cadeia e fórum, recebe a harmonia da arte.
Quando José de Mendonça veio para Rio Verde para começar suas plantações, aqui era só fazenda. Começou a contratar vários funcionários e aqui foi virando um vilarejo. O pessoal tinha que comprar seus mantimentos, omeçaram então a surgir pequenas vendas. Em 1845 a Fazenda Nossa Senhora das Dores de Rio Verde virou uma vila, precisava ter um fórum, uma cadeia, uma prefeitura. Resolveram construir tudo num mesmo lugar, só que a construção ficou pronta após 40 anos em 1895 que é o Palácio da Intendência. Tem a cela masculina aonde os presos eram jogados num alçapão quando terminava o julgamento. Tem a cela dos presos mais perigosos e menos perigosos e entre essas fica a solitária, lá também aconteciam os julgamentos. Na parte de cima fica a cela feminina.

8.CÓRREGO BARRINHA - MONUMENTO AO DESENVOLVIMENTO DE RIO VERDE - O Monumento em formato de árvore do cerrado possui 13 metros de altura e 7 de largura, em cerâmica vitrificada, dupla face, estampa o desenvolvimento econômico e cultural de Rio Verde.

9.BARRIGUDA.
Árvore Símbolo de Rio Verde.
Nome Científico: Chorisia Speciosa
Família: Bomba Oaceae
Nome Vulgar: Barriguda.

10. MONUMENTOS DOS DESBRAVADORES DE RIO VERDE.

Cada um dos blocos de cimento contam sobre uma década. Da história de Rio Verde. A idéia é que a cada 10 anos se coloque mais um bloco.

11.PARQUE DE EXPOSIÇÃO AGROPECUÁRIA GARIBALDE DA SILVEIRA LEÃO - é onde acontece o maior rodeio de touro do Brasil.

12.AVENIDA PRESIDENTE VARGAS - Artéria econômica da cidade é onde se encontra tudo.

13.CRISTO REDENTOR - É uma tradição de varias cidades construir um cristo abençoando a cidade e todos seus visitantes. È construído na parte mais alta da cidade.

14.Igrejinha da Caiera
A família de Antonio Gomes de Ataíde a construiu em louvor ao Divino Pai Eteno, atribuindo-se em decorrência de uma promessa para curar-se de uma doença.Foi construída no alto da serra de sua fazenda localizada aos fundos da vila Ser Pró, na fazenda cachoeirinha. É tradição esta festa, atraindo muitos romeiros.

TURISMO DE LAZER – parque temático em ambiente natural

15. Thermas Park
Descrição do local

O Thermas Park é um atrativo anexo ao empreendimento hoteleiro Silvestre Park Hotel. A estrutura do local é ampla contando com um parque aquático de 9 piscinas, lagos para passeios de barquinhos,restaurantes,salão de eventos, área de cerrado preservada com concentração de animais (onde se realiza o safári fotográfico), play ground, quadras de campos esportivos, pontes suspensas, criação de peixes para prática de pesque e solte, além de uma trilha peculiar.

TURISMO DE AVENTURA

16. CACHOEIRA CABELEIRA / POUSADA PARAÍSO DO RIO PRETO
Descrição do local
O espaço destinado a pousada é composto por quatro instalações separadas onde cada uma está equipada com mobília, utensílios e roupas de cama, suficientes para atender famílias de até oito pessoas.
A pousada oferece além de hospedagem, restaurante e lanchonete, piscina, trilha, pescaria, passeio a cavalo e uma alta cachoeira que pode ser contemplada de pontos de observação ou ainda bem de perto, se descer através de uma escadaria instalada.
Existe um ambiente arejado. Está jardinado e bem arborizado.
O atrativo oferta trilha auto guiada.
Há pratica de rapel nessa mesma cachoeira, todavia, o atrativo não dispõe de equipamentos nem mão de obra para atender essa atividade. Os proprietários não se responsabilizam pela atividade.

17. TOUR DAS CACHOEIRAS DE OUROANA
Descrição do local

Atividades de contemplação turística: o atrativos possibilita a visita para fotografias e banhos.
Atividade de rapel na Cachoeira Água Limpa, o atrativo não dispõe de equipamentos nem mão de obra para atender essa atividade.
Todas as cachoeiras são belas e podem ser contempladas de muito perto.
Em todas elas, as trilhas de acesso estão sinalizadas de acordo com as normas da ABNT.
O Centro de Atendimento a Turistas de Ouroana é um ponto de apoio com venda de artesanatos, camping e banheiros.
Nesse passeio é necessário levar lanche de trilha.

TURISMO RURAL

18. POUSADA MORADA DO SOL
Descrição do local

A pousada foi idealizada para traduzir o ambiente bucólico de fazenda, permanecendo detalhes que traduzam uma vida no campo.
A jardinagem é bem cuidada e a beleza da chegada na pousada é contagiante.
O atendimento é restrito a um grupo que ocupa uma única casa.
A residência dos proprietários também está nos arredores, mas a localização, protege a privacidade tanto dos turistas, como dos proprietários. Até mesmo os funcionários habitam sua residência próxima sem interferir no ambiente de atendimento a turista.
Hospedar-se na pousada significa contar um imóvel residencial completo. Mobília e utensílios oferecem total estrutura para o visitante passar dias de completo lazer com conforto.
A sede dos proprietários serve de apoio para café da manhã quando solicitado.
Os serviços de limpeza e camareira são diários.
O cenário da fazenda é favorável a trilhas e visita à cachoeira, as trilhas de acesso estão sinalizadas de acordo com as normas da ABNT.

19. Pesque-Pague Estância Igrejinha

Descrição do local
Reúne pesca esportiva ou pesque pague, com a fé da visita da igrejinha ou ainda com a trilha desafiadora de 7 KM para os amantes da caminhada. Boa cozinha no restaurante de peixes e áreas de descontração, torna o atrativo uma boa pedida para qualquer dia da semana.

Igrejinha
A família de Antonio Gomes de Ataíde construiu a capela em louvor ao Divino Pai Eteno, em comprimento a uma promessa.Foi construída no alto da serra de sua fazenda. É tradição esta festa e atrai muitos romeiros.

TURISMO TECNOLÓGICO

COMIGO - Tem mais 1500 funcionários e têm filiais em todo sudoeste goiano. A segunda maior cooperativa do Brasil, a COMIGO detém em Rio Verde sua mais complexa estrutura de apoio ao cooperado, realizando inclusive anualmente o evento TECNOSHOW COMIGO.Recebe solicitações constantes para visita e oferece variadas informações a respeito de tecnologia empregada na agricultura.

Regiões Turísticas

Localização

Rio Verde está localizado na microrregião Sudoeste do Estado de Goiás, Centro-Oeste brasileiro. A cidade fica a 220 km de Goiânia, capital do Estado e a 420 km de Brasília, capital do Brasil.

Notícias, Reportagens e Artigos sobre Rio Verde

Notícias > Turismo > Turismo de aventura

Rota da Evolução humana é atração no sudoeste goiano

Rota da Evolução humana é atração no sudoeste goiano

Seminário em Rio Verde apresenta o agroturismo tecnológico e o turismo de aventura como opções para a região sudoeste de Goiás

 

Hotéis e Pousadas em Rio Verde

Agências de viagens e turismo em Rio Verde

Ana Terra Turismo e Promoções Ltda

Rua 29 1036
Vila Rocha - (64) 3621-2220

Ms & M Ag. de Viagens e Turismo

Rua Major Oscar Campos, 548
Centro - (64) 3613-1019

Receptivo Goiás

Rua 70 219
Popular - (64) 3612-6134

Rio Verde Viagens

Rua Coronel Vaiano, 340 Loja 20
Centro - (64) 3621-1627

Veja todos as agências de turismo