Arcos



A história de Arcos teve início ainda no século XVIII, em 1769, quando o coronel Inácio Corrêa Pamplona foi convocado para explorar e colonizar o território mineiro destruindo quilombos e redutos indígenas. Realizada a missão, o território foi dividido em “sesmarias”, pedaços de terra doados por Portugal a nobres e destinados à produção agrícola. Anos mais tarde, por volta de 1800, esses terrenos começaram a ser vendidos.

Foi nesse período que a cidade, conhecida como “São Julião” começou a ser povoada. Somente 33 anos mais tarde o território foi batizado de “Arcos”. Dentre as várias histórias que tentam explicar a origem desse nome, a mais aceita conta que tropeiros deixaram arcos de barris ao longo de um rio que corta o município, sinalizando a direção do sertão da “Farinha Podre”, hoje “Triângulo Mineiro”. Os bandeirantes que passavam por esse trecho da estrada começaram a chamar o rio de “Córrego dos Arcos”, nome pelo qual é conhecido ainda nos dias hoje. Daí o nome da cidade, que até o início do século XX pertencia à cidade de Formiga. Arcos foi emancipada em 17 de dezembro de 1938.

A cidade é privilegiada por estar situada numa das regiões com as maiores reservas de calcário do mundo. Sendo assim, é possível desfrutar das belezas que a própria natureza proporciona aos moradores e turistas da cidade. Nas reservas, estas situadas a poucos quilômetros da cidade, pode-se ter acesso à várias grutas, fazer rapel nos paredões de calcário, conhecer as pinturas rupestres, bem como poder apreciar a própria paisagem que o local oferece. Além das reservas, outros lugares interessantes à serem visitados são: " A Usina Velha", a Casa de Cultura, Museu Histórico da Companhia Siderúrgica Nacional e o Poliesportivo da cidade.

Regiões Turísticas

Localização

Arcos está localizada a 210km da capital do estado.

Acesso

Por terra: o acesso pode ser feito através da rodovia BR-354







Hotéis e Pousadas em Arcos








Agências de viagens e turismo em Arcos