São Sebastião do Paraíso



Com a corrida provocada pela descoberta de minas de ouro no sul de Minas Gerais, isto no final do século XVIII, surgiu Jacuí (1750), cidade Mãe de todas as cidades da região.

Com o declínio da mineração, cujos vestígios ainda podem ser vistos, nos limites do perímetro urbano desta cidade, seus moradores forma se dedicando tanto à agricultura quanto à pecuária, numa adaptação natural.

Daí surgiram inúmeras fazendas, e dentre essas, a "Fazenda da Serra", de propriedade da abastada família Antunes Maciel, constituída de descendentes de destemidos sertanistas e minerados, ora transformados em conceituados criadores de gado.

Paralelamente à expansão do café da região de Campinas para o oeste paulista, impulsionou a cafeicultura em Ribeirão Preto e toda a região.

Esta proximidade com a zona cafeicultora paulista e a vocação agrícola, fez de Paraíso uma das maiores produtoras de café do estado, chegando a colher, no final do século XIX, doze milhões de sacas anuais.

Participar do surto cafeeiro do Segundo Reinado fez com que a cidade fosse beneficiada com a vinda das primeiras levas de imigrantes que chegavam aqui ainda em carros de boi, depois de desembarcar na última estação da Cia. Ferroviária São Paulo e Minas, em Mococa - SP.

Ainda em 1870, já temos crianças de pais Italianos registradas no Cartório Local. As primeiras estações de trem, no entanto, só chegaram em 1910, apesar de preencherem desde 1901 as atas da Câmara dos Vereadores.

O DISTRITO foi criado em 18 de Maio de 1855, pela lei n.º 714.
A VILA foi criada em 13 de Setembro de 1870, pela lei n.º 1641.

A Comarca: Assim no ano de 1892, é instalada a Comarca de São Sebastião do Paraíso, sendo seu primeiro juiz, o Dr. Cláudio Herculano Duarte, natural de Porto Alegre - MG, que cursou a Faculdade de Direito de São Paulo, fazendo parte de uma turma do ilustre Rui Barbosa e Rodrigues Alves, vultos que se tornaram eminentes no cenário da política nacional.

Atualmente São Sebastião do Paraíso conta com um Poder Judiciário de 3a estância, e sua jurisdição abrange São Tomás de Aquino, e é representado por dois juizes e dois promotores.

Pontos Turísticos: Casa da Cultura, Lagoinha, Morro do Baú e Cristo Redentor, Praça da Fonte, Praça da Matriz, Igreja Matriz de São Sebastião, Museu Napoleão Joele.

Localização

São Sebastião de Minas fica locializada a 400km da capital mineira.

Acesso

Por terra: Rodovias Federais, Estaduais e de Ligação

- Federais:
BR 265 – Trecho entroncamento com BR491 à divisa com estado de São Paulo (SP351 Rodovia Altino Arantes)

Trecho entroncamento com BR491 à cidade de Jacuí - MG

BR 491 – Trecho da MG050 ao entroncamento com a MG449 em Arceburgo - MG sentido Mococa – SP

- Estaduais:
MG050 – de S. S. Paraíso à Mateus Leme – MG

- Ligação:
L836 (Rodovia Pedro Luís Cerize Filho) – de S. S. Paraíso à São Tomás de Aquino – MG

Hotéis e Pousadas em São Sebastião do Paraíso

Leao de Juda Charme Hotel
Fazenda Santana dos Ipês, S/N, Km 12
Leao de Juda Charme Hotel
A partir de: R$ 757,00
Ver fotosLeao de Juda Charme Hotel - Fazenda Santana dos Ipês, S/N, Km 12
Preços e Reservas Online
Reserva Online Leao de Juda Charme Hotel no Booking






Agências de viagens e turismo em São Sebastião do Paraíso

Andôvale Turismo

Rua Geraldo Marcolini, 1177
Centro - (35) 3558-8305

Cmm Viagens e Turismo

Rua Gedor Silveira, 307
Centro - (35) 3531-3615

Minas Viagens

Rua Doutor Placidino Brigagão, 1374
Centro - (35) 3558-1484

Minas Viagens

Rua Doutor Placidino Brigagão, 1374
Centro - (35) 3558-1484