Vazante



Vazante é uma cidade nova. Surgiu em torno da Lapa Velha. As montanhas calcárias andam rumo ao sul, com suas grutas cheias de mistérios. Com o tempo, ruas fizeram com que pedaços delas fossem comidas pelas picaretas. Precisavam passar em linha retilínea. O caso da Rua Pereira Guimarães. E assim casas se plantaram em cima de pedras e beiraram gigantescas rochas, de onde nasceram e permanecem árvores frondosas.

A cidade veio esgueirando às serras para se estender num vale ameno e muito bonito. Nossos olhos contemplam outras tantas belezas espraiando-se no vale. Não é preciso nem subir o Morro Tira-Catinga. Mas se resolver até lá chegar, das alturas, vê-se a cidade espraiada entre chatos e montanhas e conduz-nos a um mundo de contemplação da grandeza da obra criadora de Deus, que contou com a colaboração do homem.

Vazante é uma cidade completamente dotada de raridades neste sentido. E possui não apenas uma gruta em sua Praça Dom Eliseu, que se tornou local de peregrinação. Há duas outras com grandes belezas e curiosidades em uma mesmo serra, numa extensão aproximada de 5km. E acredito que muitas outras mais.

As grutas são várias, com destaque a Lapa Velha ou Pamplona, Lapa Nova e Lapa da Delza ou Caçula.

Na Lapa Velha não há recursos de se aprofundar além da pedra onde se venera o local da "visão de Nossa Senhora". Essa lapa fica hoje, na Praça Dom Eliseu, à boca da serra onde as outras lapas vão surgindo.

Vazante tem sido motivo de viagem de estudo de muitos espeleólogos, procurando interpretar os segredos de suas grutas. Ali vão para ver de perto as conformações de suas lapas naquela serra de origem calcária. Na verdade, muito ainda há a ser estudado e pesquisado e quanta coisa poderá ser descoberta e trazido a lume para os historiadores, principalmente os antropólogos, no que se refere à habitação dos primitivos homens das cavernas.

Outras opções de lazer são as cachoeiras e lagoas e a já tradicional Festa do Carreiro, que reúne carros de boi de diversas partes do Estado e mesmo de outros estados.

Possuímos:

- A 4ª maior gruta do Brasil, com grandes reservas espeleológicas, conhecida como Gruta da "Lapa Nova".
- Extensa área para soltura de animais silvestres entre os Rios Paracatu e Escuro. Região bela e com preservação garantida por Lei Federal.
- Uma das maiores festas religiosas do Brasil, que acontece nos dias 1, 2 e 3 de maio todos os anos - Festa de Nossa Senhora da Lapa - atingindo uma população flutuante de até 50.000 pessoas.
- Um dos melhores carnavais do interior mineiro.
- Grutas, cachoeiras, lagos, rios e veredas.

Localização

Vazante está situada na messoregião do noroeste de Minas e na microrregião de Paracatu. Possui os seguintes limites: Norte: município de Paracatu e Lagoa Grande; Sul: Coromandel; Leste: Lagamar; Oeste: Guarda-Mor.

Acesso

Por terra: O município é servido por rodovias estaduais e municipais. Rodovias Estaduais: MG 354: que liga Vazante a Patos de Minas; MG 188: Guimarânia/MG - Cabeceira/GO ligando Vazante a Paracatu; MG 034: ligando Vazante a BR 040 (Belo Horizonte e Brasília). Estradas Municipais: Extensão: 931,8 km







Hotéis e Pousadas em Vazante








Agências de viagens e turismo em Vazante