Iporã



Os primeiros pioneiros que chegaram à região foram os pertencentes às família de Toshio Uchiyama, Francisco Vieira Marques, Paulo José Assis, Rodolfo Herrig, Augusto Rodrigues Gonçalves, Arlindo Pereira da Silva, Mathias Candil, Sebastião Pereira, João, Líbano e Antonio Assis, dentre outros.

A primeira escola a ser instalada no município foi a Escola João Pipino, em 1954, tendo como primeira professora Maria Vieira Marques Candil.

Arlindo Pereira da Silva, foi uma das pessoas mais importantes do município. Nos anos 50/60, o acesso ao rádio era muito precário e a única fonte de informação e entretenimento local era o serviço de alto falantes que o simpático Pereira instalou em vários pontos da cidade. As visitas ilustres ou os falecimentos eram anunciados "em edição extraordinária".

Os pioneiros, de vocação preponderantemente agrícola, se beneficiaram da fertilidade do solo, proporcionando grande crescimento econômico também no comércio. A região iniciou a sua colonização com o loteamento feito pela empresa SINOP (Sociedade Imobiliária do Norte do Paraná) de uma gleba de terra chamada Atlântica, onde se encontra a sede do município. Pela Lei Estadual nº 12 de 24 de abril de 12 de abril de 1955, essa Gleba passou a constituir o Distrito Administrativo de Iporã pertencente a Peabiru.

O município de Iporã foi criado pela Lei Estadual 4.245 de 25 de julho de 1960, desmembrando-se do município de Cruzeiro Do Oeste, sendo oficialmente instalado em 15 de novembro de 1961

Regiões Turísticas

Localização

Iporã está localizada a 619km da capital do estado.

Acesso

Por terra: o acesso pode ser feito através das rodovias PR-323, PR-272, PR-490 e BR-272







Hotéis e Pousadas em Iporã








Agências de viagens e turismo em Iporã