Vitória de Santo Antão



O início do povoamento de Vitória data de 1626, quando o português Diogo Braga, natural da Ilha de Santo Antão do Cabo Verde, estabeleceu-se no local onde hoje está a cidade de Vitória de Santo Antão. Dedicado à criação de gado e proprietário de várias fazendas, resolveu construir uma pequena capela em devoção a Santo Antão, que além de ser padroeiro de sua terra natal era também considerado o patrono contra o furto de gado.

A arquitetura de Vitória de Santo Antão foi refletida diretamente da característica histórica que a cidade possui. Com o tempo as construções centenárias do local, foram infelizmente modificadas e até destruídas, sacrificando assim, a memória de um povo que já deu tanto valor a esta frutuosa terra.

nstituto Histórico e Geográfico: verdadeiro cartão-postal da cidade da Vitória de Santo Antão, localizado a Rua Imperial 187, no bairro da Matriz. O prédio serviu de hospedagem a família Imperial Dom Pedro II e D. Teresa Cristina em 1859 em visita ao Estado. Erguido em 1851, o prédio chama atenção por seu revestimento em azulejo decorado.Fundado em dia 19 de novembro de 1950 é uma sociedade civil, de caráter cívico e cultural, sem fins lucrativos.

O museu recebeu algumas ofertas preciosas aumentando o seu acervo, tanto o Sacro quanto o Museu Antropológico dividido em 3 setores, com farta documentação da vida rural, da vida domestica e do folclore do homem nordestino,

Monumento do Leão Coroado: reagindo à ordem de prisão que, pessoalmente, lhe dera o Brigadeiro português Barbosa de Castro, o Capitão da Artilharia José de Barros Lima matou-o com a sua espada, no quartel do Regimento, no dia 6 de março de 1817, motivando, com esse gesto ousado, o início da revolução republicana deflagrada em Pernambuco naquela data. Recebeu ele a alcunha (apelido) de "Leão Coroado".

Sitio Histórico Monte das Tabocas: O Monte das Tabocas é uma área de aproximadamente 11 hectares, onde em 3 de agosto de 1645 foi palco de celebre batalha entre os luso-brasileiros e os holandeses os luso-brasileiros escusaram os holandeses do local. Os primeiros liderados por Antonio Dias Cardoso e João Fernandes Vieira entrincheirados nas partes altas e protegidos pelos tabocais, derrotaram os flamengos. Cumprindo a promessa feita por Fernandes Vieira, foi inaugurado no dia 3 de agosto de 1945, dia do tricentenário da batalha das Tabocas, a Capela de Nossa Senhora de Nazaré, construída com pedras do local. Em 9 de novembro de 1978, foi assinada uma escritura de desapropriação de parte da área que circunda o espigão principal. Na época da batalha a vegetação era composta por imensos bambuzais, sinônimo de tabocais, daí o lugar chamar-se Monte das Tabocas. Outra riqueza no Local era Pau-Brasil. Em 11 de março de 1986 o Governo estadual homologou o tombamento do sítio histórico.

Regiões Turísticas

Localização

Localiza-se a 45km da capital. Faz limite com os seguintes municípios: ao Norte: Glória do Goitá e Chã de Alegria; ao Sul: Primavera e Escada; a Leste: Moreno, Cabo e São Lourenço da Mata; a Oeste: Pombos

Acesso

Por terra: o acesso pode ser feito pela rodovia BR-232(P)







Hotéis e Pousadas em Vitória de Santo Antão

Pousada dos Piabas
Av. Henrique de Holanda, 958, Vitoria de Santo Antao 55602-000
Pousada dos Piabas
Pousada dos Piabas - Av. Henrique de Holanda, 958, Vitoria de Santo Antao 55602-000






Notícias, Reportagens e Artigos sobre Vitória de Santo Antão

Notícias > Turismo > Turismo cultural

Economia do carnaval de Pernambuco tem crescimento de 54%

Economia do carnaval de Pernambuco tem crescimento de 54%

A receita deixada pelos visitantes foi de R$ 570 milhões, um aumento de 54% em relação ao carnaval do ano passado, que gerou uma receita de R$ 370 milhões

Notícias > Turismo > Encontros e eventos de turismo

Setur-PE promove o I Encontro com Profissionais de Hospitalidade e Turismo

O objetivo do evento é aproximar os estudantes universitários do mercado de trabalho no turismo.

Agências de viagens e turismo em Vitória de Santo Antão