Jaguaruna



O primeiro habitante do Município de Jaguaruna foi o Coronel Luiz Francisco Pereira que em 1867, para lá se dirigiu com sua família, a fim de receber a concessão de sesmaria como o primeiro habitante da região, uma vez que as terras do Município de Palhoça, de onde procedia, eram pouco férteis. A fertilidade da terra continuou atrindo novos moradores e chegaram, em seguida, Joaquim Marques, Francisco Rabelo e Manoel Marques.

A exuberância das terras fez com que os moradores a deniminassem de Campo Bom.
O nome da Cidade provém do Tupi-Guarani: "Yaguara - onça" e "Una - preta", daí o nome de Jaguaruna.

Em 1880, Jaguaruna foi elevada à categoria de freguesia e em 1883, foi extinta para, um ano mais tarde, voltar novamente àquela categoria. porém, com parte do seu território desmembrado e integrado ao de Tubarão.

Jaguaruna foi elevada a categoria de Município em 1930.

A cada verão, 150.000 pessoas visitam Jaguaruna, à procura das praias, dunas, lagoas, sítios arqueológicos e do centro urbano típico de uma cidade do Interior. Vale visitar o Chuveirão, uma roda-d'água construída na década de 1950 para gerar energia elétrica, e as praias de Arroio Corrente, Camacho e Dunas do Sul. Também merecem ser visitadas as praias de Campo Bom, Nova Camboriú, Copa 70, Janaína, Torneiro, Esplanada e Figueirinha, algumas ainda não exploradas pelos turistas. As lagoas de Garopaba, Figueirinha, da Encantada, do Campo Bom, Preta, de Jaguaruna e do Delfino, todas indicadas para o banho e para a pesca, completam o roteiro de opções aquáticas da cidade.

Patrimônio Histórico - Além de muitos atrativos turísticos, Jaguaruna possui também riquezas culturais e históricas. São mais de 30 sítios arqueológicos, incluindo o de Garopaba do Sul, considerado o maior sambaqui do mundo em extensão. O sítio arqueológico tem uma área de 101.000m2, o equivalente a 10ha. Visite também a Igreja Matriz de Nossa Senhora das Dores. Conheça o Museu de Jaguaruna, o Bosque, a Estação Ferroviária (passeios turísticos ferroviários são realizados uma vez por mês), as ruínas da Casa da Nação, a Barra do Camacho, de onde se pode ver até o Farol de Santa Marta, em Laguna.

Infra-estrutura turística - Além de ter boa infra-estrutura turística nas praias, Jaguaruna também oferece turismo rural, com trilhas ecológicas, banho em lagoas, campings, pousadas e bons restaurantes. As praias possuem hotéis, áreas de acampamento e infra-estrutura adequada para receber os turistas.

Localização

Jaguaruna está a 165km de Florianópolis.

Acesso

Por terra: Jaguaruna está a 4km da BR-101, no litoral sul de Santa Catarina, pela SC-442 - entrada fica 23km ao sul de Tubarão.







Hotéis e Pousadas em Jaguaruna








Notícias, Reportagens e Artigos sobre Jaguaruna

Notícias > Turismo > Turismo cultural

Governo anuncia 60 Pontos de Cultura para Santa Catarina

Foram realizadas reuniões de capacitação para esclarecer as dúvidas das entidades interessadas em inscrever seus projetos, em diversos municípios, com a finalidade de ampliar a participação.

 

Agências de viagens e turismo em Jaguaruna

Imóveis de Temporada em Jaguaruna

Sonhos do Mar

Sonhos do Mar

praia de campo bom-jaguaruna sc - Jaguaruna/SC

Residencial Beira Mar

Residencial Beira Mar

praia de campo bom - Jaguaruna/SC

Veja todos os imóveis de temporada