Massaranduba



Foi à presença abundante da árvore Maçaranduba que se deu a denominação a este município. Maçaranduba é nome comum a diversas espécies de árvores brasileiras, pertencentes ao gênero Mimusops, da família das sapotáceas.
Estas árvores fornecem madeira de cor vermelho-escura, dura e homogênea, que se destaca por sua resistência a umidade.

A OCUPAÇÃO DE MASSARANDUBA

No ano de 1865 os alemães receberam autorização do seu Governo para deixarem a Alemanha que passava por sérios problemas sócio-economicos, esses provenientes da região de Bruchal, Sul da Alemanha. Por volta de 1870 instalaram-se os primeiros imigrantes alemães na região da Campinha e Patrimônio.

Em Massaranduba, as terras de Campinha e Patrimônio começaram a produzir e sua região a prosperar, com a chegada de mais e mais ocupantes de lotes coloniais.

Diante da necessidade de organizar a ocupação dos lotes e de dar aos imigrantes um documento que atestasse o seu direito a propriedade, em 1885 o agrimensor Oscar Shipmaann foi autorizado a iniciar suas atividades de demarcação e medidas das terras devolutas do Lago Massaranduba, trabalho que foi concluído apenas em 1892.

A terra foi dividida em 105 lotes coloniais e consequentemeente alugada para 105 arrendatários, até que os títulos definitivos de propriedade foram assinados.

- Arrozais da Oma Paula Baumann
Na localidade denominada Fundo Suéco, está estabelecida a Propriedade e Arrozais da Oma Paula Baumann, que em fevereiro de 1998, serviram de cenário para a gravação de diversas cenas da novela "ERA UMA VEZ" da Rede Globo.

- Engenho de Cana e Farinha de Léo Besen
Situado na localidade de Massarandubinha.
Antigo engenho de cana-de-açúcar, movido a roda d´água interna, ainda em atividade, fabrica aguardente de guarapa, melaço e farinha de mandioca.

Regiões Turísticas

Localização

Massaranduba está localizada a 178km da capital do estado.







Hotéis e Pousadas em Massaranduba








Agências de viagens e turismo em Massaranduba