Franco da Rocha



Até o século XIX, Franco da Rocha era um lugarejo que servia de caminho dos bandeirantes que seguiam em direção a Minas Gerais. Nesse período, a cidade, chamada de Juqueri (vinda de uma planta encontrada facilmente no local) constituía-se em sua maior parte de terras por fazendas.

Foi a partir das intervenções da São Paulo Railway, responsável pela construção de várias estações ferroviárias, dentre as a Estação Franco da Rocha - Juqueri, inaugurada em 1º de fevereiro de 1888, que a região começou a se desenvolver. Em 1886, Filoteo Beneducci chegou na cidade com o firme propósito de descobri ouro em grande escala, em um lugar que na época era conhecido como Pedreira, atualmente a Quarta Colônia.

Entretanto, não existia a quantidade suficiente do minério que justificasse um grande investimento e Beneducci resolveu dedicar-se simplesmente à extração de pedras, enviadas a São Paulo pela Estrada de Ferro, tornando-se a partir daí a primeira atividade industrial local.

O fato mais importante na história do município, certamente, foi a instalação do hospital psiquiátrico, que contribuiu sobremaneira para o desenvolvimento da cidade. Isso ocorreu porque os locais que atendiam os doentes mentais de São Paulo (Hospitais de Alienados, na capital e em Sorocaba, e a Chácara Ladeira do Tabatinguera) não comportavam mais o número de pacientes, que aumentava a cada dia.

Com o objetivo de aliviar essa superlotação, em 1895 começo a ser construída, com projeto do arquiteto Ramos de Azevedo, a Colônia Agrícola Juqueri. Em uma área de 150 hectares foram iniciadas as obras para a construção da Colônia Agrícola do Juqueri. Foi então que o médico Francisco Franco da Rocha, a serviço do Governo do Estado, foi designado para administrar o mais novo e famosos hospital psiquiátrico do Brasil. Inaugurado com capacidade inicial de 800 leitos, o hospital ocupava um terreno de à margem da linha férrea, próximo à estação Juqueri.

Posteriormente, contudo, as fazendas Cresciúma e Velha foram incorporadas ao patrimônio do hospital e , no ano de 1916, o Governo do Estado adquiriu as terras da 4ª Colônia que tinham pertencido a Beneducci e a Ângelo Sestini e as linhas e máquinas para abrigar uma usina elétrica do hospital, que durante alguns anos forneceu energia para a estação e para todo o povoado. A usina forneceu Luz a Estação do Juqueri até 1939.

Foi em 1908 iniciou-se a construção da igreja matriz em louvor a Nossa Senhora da Conceição, padroeira do município. Franco da Rocha foi elevado a distrito do município de Mairiporã, em 21 de setembro de 1934, e em 30 de novembro de 1944, Franco da Rocha tornou-se município autônomo.

Localização

Franco da Rocha está localizado a 26km da capital do estado.

Acesso

Por terra: o acesso pode ser feito através das rodovias SP-23, SP-330, SP-332, SP-348 e SP-354

Hotéis e Pousadas em Franco da Rocha

Espaço Sítio Dois Amigos-SDA
Estrada Ettore Palma, 89
Espaço Sítio Dois Amigos-SDA
A partir de: R$ 55
Ver fotosEspaço Sítio Dois Amigos-SDA - Estrada Ettore Palma, 89
Preços e Reservas Online
Reserva Online Espaço Sítio Dois Amigos-SDA no Booking






Notícias, Reportagens e Artigos sobre Franco da Rocha

Notícias > Turismo > Encontros e eventos de turismo

Prêmios aos vencedores

Os dois primeiros colocados do concurso Diário de Viagem vão ao Salão do Turismo e recebem passagens e hospedagem do programa Viaja Mais Melhor Idade

 

Agências de viagens e turismo em Franco da Rocha

Mila Di turismo

Mila Di turismo

Jardim Progresso - Franco da Rocha/SP

 

Arlete Turismo

Rua Luiz de Camões, 43
Centro - (11) 7893-3293

Arlete Turismo

Rua Luiz de Camões, 43
Centro - (11) 7893-3293