Igarapava



A região do município de Igarapava, foi local de descanso e passagem dos bandeirantes rumo às minas dos goyazes, sendo que essas terras foram doadas pelo rei de Portugal a dois famosos bandeirantes Bartholomeu Bueno da Silva ( Anhanguera ) e João Leite da Silva em 1720.

Segundo o historiador Jesus Marco de Ataídes em seu livro “ Sob o signo da violência” aqui viviam os caiapós do sul, indígenas que viviam da horticultura, da caça e da pesca. Viviam em grandes aldeias em forma de círculo. Guerreiros por natureza conseguiram enfrentar os ataques dos colonizadores e resistiram por muitos anos.

Igarapava, nasceu muito tempo depois, mais precisamente no dia 22 de maio de 1842, na fazenda Vargem Alegre de propriedade do Cap. Anselmo Ferreira de Barcelos, homem poderoso originário da Província de Franca, da qual teria fugido após matar um fiscal e estar prestes a ser condenado pela justiça local. Juntamente com o padre Zeferino Baptista do Carmo construíram a Capela de Santa Rita do Paraíso, dando origem a um povoado chamado Santa Rita do Paraíso.

A lei provinçal nº 7, datada de 7 de Fevereiro de 1851, elevou o povoado à categoria de Distrito.

Em 25 de agosto de 1892, por força da Lei Estadual nº 80, foi criada a Comarca de Santa Rita do Paraíso, que foi elevada a município por força da Lei Estadual nº 1038, de 19 de dezembro de 1906.

A escolha do nome Igarapava para substituir Santa Rita do Paraíso, era justificada pelo fato do Porto de Ponte Alta ser chamado Porto das Canoas onde várias canoas auxiliavam a barca na travessia do Rio Grande. Na língua dos nativos “igara” significa canoa pequena, feita de um único tronco, enquanto “pava” significa porto ou lugar onde se para.

Por isso a Lei nº 1097 de 04 de novembro de 1907 muda o nome do município e Comarca de Santa Rita do Paraíso, para Igarapava.

Durante sua trajetória até os dias atuais vários fatos históricos tiveram como cenário o município de Igarapava, sendo o mais importante, a Revolução de Trinta, onde a ponte de ferro construída em 1913, foi palco de grandes confrontos entre as Forças Legalista ( Paulistas ) e as Forças Rebeldes ( mineiros ) dos estados de Minas Gerais e São Paulo.

Atualmente, mais precisamente em maio de 2001 foi inaugurada uma nova ponte, com pista dupla, ponte esta que leva o nome do ex-governador André Franco Montoro.

Subindo o rio alguns metros nos deparamos com a Hidrelétrica de Igarapava, uma obra singular, se levarmos em conta a sua tecnologia em gerar energia e seu sistema de transposição de peixes, ambos inéditos no Brasil.

Regiões Turísticas

Localização

Igarapava está localizada a 445km da capital do estado.

Acesso

Por terra; o acesso pode ser feito através da rodovia SP-330







Hotéis e Pousadas em Igarapava








Agências de viagens e turismo em Igarapava