O ano Internacional do Voluntariado

Atividade cresce no Brasil e no Mundo trazendo novas oportunidades

Em 1997 a Organização das Nações Unidas (ONU) definiu que 2001 seria reconhecido como o Ano Internacional do Voluntariado. Mas afinal, o que é ser voluntário? Segundo a Lei do Voluntariado, assinada pelo presidente Fernado Henrique em fevereiro de 98, voluntário é:

Aquele que exerce uma atividade voluntária e não remunerada em qualquer entidade pública ou instituição sem fins lucrativos que tenha objetivos cívicos, culturais, educacionais, científicos, recreativos ou de assistência social.

Ser voluntário é ajudar pessoas ou entidades por livre a espontânea vontade, sem receber nenhuma remuneração por isso. Mas não é apenas uma relação de doação unilateral. Ser voluntário também significa receber novas e engrandecedoras experiências, aprender novas coisas e até formar vínculos afetivos, além de proporcionar um sentimento de utilidade ao voluntario. A atividade voluntariada cada vez mais tem sido reconhecida pelas pessoas como algo interessante e positivo também para o voluntário e não apenas como assitencialismo ou caridade.

Os números no Brasil e no Mundo

O voluntariado tem crescido muito, principalmente nos países mais desenvolvidos. Em alguns, a parcela do PIB (Produto Interno Bruto) gerada pode chegar a 14%. Pesquisas apontam que nos Estados Unidos, uma em cada três pessoas desenvolve este tipo de atividade. Entre os jovens a proporção é ainda maior: seis em cada dez jovens americanos participam de atividades voluntárias.

Esse é o resultado de organizações e canais de voluntariado bem estruturados e do grande reconhecimento social que a atividade possui. No Brasil a atvidade também possui adeptos, porém em número bastante reduzido. Pesquisas apontam que apenas 7% dos jovens brasileiros são voluntarios, porém 54% gostariam de ser. Portanto, talvez uma das grandes dificuldades encontradas seja a falta de canais viáveis para voluntariado.

Faltam voluntários mas também faltam entidades e organizações que oferecem essa oportunidade às pessoas em geral. Porém, apesar dos contras, a atividades cresce e movimenta um número cada vez maior de pessoas em todo território nacional.

Formas de Voluntariado

A atividade voluntária tem sobretudo três características básicas. Primeiro, deve ocorrer sem remuneração, embora ressarcimentos e ajudas de custo sejam possíveis. Segundo, a pessoa envolvida deve agir de forma voluntária, de acordo com a livre vontade do indivíduo. Terceiro, a atividade deve beneficiar principalmente não o voluntário, mas sim a outra pessoa ou a sociedade em geral.

Dentro desses pressupostos existem quatro formas básicas de voluntariado:

Ajuda mútua ou auto-ajuda: é aquela ocorrida desde relações informais entre familiares até mecanismos mais formais como associações mutuárias e grupos de assistência. Neste caso o trabalho voluntário presa pelo bem de um grupo no qual o voluntário está inserido.

Filantropia: trata-se da ajuda oferecida a outras pessoas que não diretamente ligadas ao voluntário. Esse trabalho ocorre principalmente através de associações de cariade e de assistência.

Participação: é o trabalho oferecido de forma volutária por cidadão ao governo no processo de governança. Essa é a atvidade desenvolvida em comitês e conselhos formados também por cidadãos que oferecem opiniões e mostram problemas e possíveis soluções.

Militância: é aquele tipo de atividade desenvolvida por pessoas, por vezes chamadas de ativistas, que lutam por uma causa. Aí estão grande parte das oportunidades de atividades voluntárias na área de meio ambiente.

Como ser voluntário

No Brasil existem algumas instituições especializadas em promover as ações voluntárias, principalmente através da organização dos contatos entre voluntários e as entidades que os procuram. É o caso do Programa Voluntários, uma ação do Conselho da Comunidade Solidária que pretende incentivar pessoas que gostariam de voluntariar e também entidades que necessitam de voluntários. O programa oferece diversas informações relacionadas com o assunto em seu site, que tembém é a principal forma de divulgação de seu trabalho.

Outro projeto que merece destaque pelo incentivo ao voluntariado é o Filantropia.org. A entidade promove a colocação de voluntários através da divulgação de um banco de dados a respeito de outras instuições que precisam de pessoas para ajudar nas mais diversas causas.

Trabalhos ligados com meio ambiente também não faltam. No Brasil dezenas de instituições oferecem oportunidades de voluntariado em trabalhos que vão da militância a trabalhos de campo em unidades de conservação.

Abaixo encontram-se algumas das entidades citadas:

Entidades de promoção do voluntariado:

Programa Voluntários

Filantropia.org

Voluntários Candangos

Entidades que trabalham com voluntários:

S.O.S. Mata Atlântica

Greenpeace

Instituto Sócioambiental

Eco Sistema