Protesto de ambientalistas interrompeu discurso de Colin Powell na Rio+10

Decepcionados com os resultados da Cúpula Mundial sobre Desenvolvimento Sustentável, em Johannesburg, um grupo de ecologistas interrompeu, durante a última sessão da Rio +10, o discurso oficial do secretário de Estado dos EUA, Colin Powell, que representa o presidente norte-americano, George W. Bush.

"Muito obrigado, já os escutei, agora peço-lhes que me escutem", disse Powell, enquanto o grupo estendia um cartaz na sala, no qual estava escrito "Os governos do mundo nos traíram".

As palavras de Powell, que falou em nome de Bush a delegações de 190 países, receberam vaias de boa parte do auditório e aplausos de algumas delegações.

A presidenta da sessão, a ministra sul-africana do Meio Ambiente, Nkosazana Dlamini-Zuma, ameaçou suspender a sessão se o alvoroço continuasse."O grupo foi expulso da sala pelos agentes de segurança.

Diversas ONGs abandonaram simbolicamente a Rio +10 hoje devido à falta de resultados da conferência e acusaram os Estados Unidos de bloquear qualquer progresso nos últimos 10 dias de negociações.

Protocolo de Kyoto

A China e a Estônia se uniram aos grupo de países signatários do Protocolo de Kyoto. Declarações do presidente russo, Vladimir Putin, afirmam que a Rússia está disposta a dar o mesmo passo.O protocolo entrará em vigor quando for aprovado pela Rússia.

"Temos o propósito de ratificá-lo", declarou Putin, ainda sem mencionar quando o tema poderá ser tratado no parlamento russo. Para a Rússia, disse, o problema está em como utilizar "seu grande território e suas grandes reservas florestais" para reduzir a contaminação mundial por dióxido de carbono.

Fonte: Agência Estado