Circuito das Frutas tem roteiros para todos os gostos e idades

Fazendas e sítios centenários, frutas frescas, paisagens bucólicas, animais e muito verde. Essas são as principais atrações que os turistas encontram nas cidades que compõem o Pólo Turístico Circuito das Frutas: Indaiatuba, Itupeva, Itatiba, Jarinu, Jundi

  
  

Fazendas e sítios centenários, frutas frescas, paisagens bucólicas, animais e muito verde. Essas são as principais atrações que os turistas encontram nas cidades que compõem o Pólo Turístico Circuito das Frutas: Indaiatuba, Itupeva, Itatiba, Jarinu, Jundiaí, Louveira, Morungaba, Valinhos e Vinhedo.

Como o próprio nome indica, o forte do Circuito está nas visitas às propriedades produtoras de frutas (uva, morango, caqui, pêssego, goiaba, figo e acerola, entre muitas outras e seus derivados.

Os turistas têm contato com animais, com as frutas diretamente no pé, na época das safras , e vivem o cotidiano do campo, onde a vida parece passar mais devagar.

Como pano de fundo, a natureza privilegiada da região, com cenários que enchem os olhos e recarregam as energias dos visitantes.

As comidas, doces e bebidas produzidas na região são um atrativo a parte, com destaque para as compotas, licores, vários tipos de mel e vinhos artesanais.

Os visitantes conhecem propriedades com atrações interessantes como apiários e orquidários, provar um vinho ou uma branquinha da boa (cuja confecção artesanal resiste ao tempo) ou mesmo sentar na varanda para bater um papo com os donos das propriedades, que sempre tem algo curioso e interessante para contar.

A Associação de Turismo Rural do Circuito das Frutas, que compreende mais de quarenta produtores da região, promove, além do turismo, diversas ações de cunho social e educacional dentro do Circuito, como o Projeto Escola, que visa estimular o respeito pelo meio ambiente através de passeios e atividades realizadas nas propriedades rurais por alunos de escolas públicas e particulares.

A Rizzatour, agência receptiva, em parceria com a Associação de Turismo Rural do Circuito das Frutas oferece dezenas de roteiros diferenciados e voltados para públicos específicos, como roteiros pedagógicos (para escolas) enfocando o estudo do meio ambiente, roteiro da Imigração Italiana, roteiro Terapêutico, roteiros enfocando o ciclo do café e escravidão em fazendas históricas, roteiro da Cachaça e do Vinho, roteiros para a melhor idade, colha e pague nas safras de frutas, sítios e fazendas para day camp, entre outros.

Regionalização:

O Pólo Turístico do Circuito das Frutas foi criado em 2002 por decreto assinado pelo Governador Geraldo Alckmin, sendo oficializado em agosto de 2004 pela Secretaria de Ciência, Tecnologia, Desenvolvimento Econômico e Turismo do Estado.

Porém, a idéia de se criar um pólo de turismo rural na região surgiu em 2000, quando um grupo de 27 produtores rurais reuniu-se na criação da Associação de Turismo Rural do Circuito das Frutas.

O objetivo do grupo era criar novas formas de atrair visitantes às fazendas e propriedades que representam bem a história, agricultura e a culinária da região, oferecendo um lazer diferenciado principalmente aos moradores da capital paulista.

Graças ao trabalho e empenho da Associação , que desde o início atua com seus próprios recursos é que começou a surgir e criar força o Circuito das Frutas, atraindo o interesse das secretarias de turismo dos municípios envolvidos, até o reconhecimento pelo Governador do Estado, Geraldo Alckimin como Pólo Turístico e a posterior oficialização, sendo hoje um dos centros turísticos de maior potencial do país.

Hoje a Associação de Turismo Rural do Circuito das Frutas reúne 43 associados nos nove municípios que compreendem o Circuito.

O Circuito das Frutas é resultado de um processo de regionalização do turismo em curso no Estado de São Paulo, que oferece passeios a lugares próximos da capital e de curta duração.

Outros exemplos são o Roteiro dos Bandeirantes, Circuito dos Fortes e Caminhos de Anchieta. E a previsão é de que até o final de 2004 sejam lançados os circuitos temáticos das Cavernas, das Águas, da Laranja e Aventuras do Aguapeí.

Fontes :

- Maria Cristina Ferreira de Mello Ribeiro Rocha, presidente da Associação de Turismo Rural do Circuito das Frutas
Contato

-José Luiz Rizzato – proprietário da agência receptiva Rizzatour, sócio-fundador e 1o secretário da Associação de Turismo Rural do Circuito das Frutas


Visite a Revista Ecotour :www.revistaecotour.com.br

  
  

Publicado por em

Ana Bavoso

Ana Bavoso

31/05/2011 15:17:54
Falta divulgação nas cidades que fazem parte do circuito,pois os maiores divulgadores são os proprios moradores. Eu como Jundiense desconheço as programações turisticas de Jundiaí.