Convênio de parceria permitirá o monitoramento e a proteção do lobo-guará

A CEMIG e a Fundação Zoo-Botânica de Belo Horizonte assinam um convênio de parceria para o monitoramento e proteção do lobo-guará (Chrysocyon brachyurus), animal presente na lista de fauna ameaçada no Brasil. O evento aconteceu no dia 27 de agosto, às

  
  

A CEMIG e a Fundação Zoo-Botânica de Belo Horizonte assinam um convênio de parceria para o monitoramento e proteção do lobo-guará (Chrysocyon brachyurus), animal presente na lista de fauna ameaçada no Brasil.

O evento aconteceu no dia 27 de agosto, às 15h, no Salão Nobre da Companhia Energética de Minas Gerais.O projeto prevê o monitoramento de 3 lobos-guará, um macho e duas fêmeas, utilizando a tecnologia de telemetria via satélite na Estação Ambiental de Galheiro, no Triângulo Mineiro, pertencente à CEMIG.

Com essa tecnologia de ponta é possível obter dados precisos sobre a localização dos lobos por meio de colares com radiotransmissoresequipados com GPS (Global Positioning System).

Assim será possível determinar o tamanho do território, os tipos de ambiente que o animal freqüenta e a influência desses aspectos para a espécie.Outra atividade do projeto acontecerá no Jardim Zoológico da Fundação Zoo-Botânica onde será estudada a adaptação de um casal de lobos-guará em uma área de semi-cativeiro.

O estudo desse casal e seus filhotes poderá viabilizar projetos de reintrodução da espécie na natureza futuramente.

O projeto também prevê atividades de educação ambiental nas quais as informações obtidas nas pesquisas serão apresentadas às comunidades próximas às áreas estudadas e aos visitantes da Zoo-Botânica, priorizando-se as crianças na idade escolar.

Uma dessas atividades é a “Trilha do Lobo”, uma caminhada realizada em grupos numa reserva de cerrado na área da FZB-BH, para que os visitantes possam ter uma noção sobre a alimentação, habitat e costumes do lobo-guará.

Um trabalho importante da Trilha será o de desmitificar a idéia do “lobo mau”, trazida pelas histórias infantis de outros países, que se baseiam em lobos europeus e americanos, outras espécies de canídeos.

O lobo-guará é encontrado exclusivamente na região central da América do Sul. Pode ser visto tanto em cerradões (matas de cerrado) quanto em campos abertos.

A pelagem do seu corpo é marrom-avermelhada e as pernas longas são pretas, como o focinho e a parte interna das orelhas. Possui cerca de 1,5 metro de comprimento e pesa entre 23 e 25 quilos. Com hábito de vida solitário, o lobo-guará é uma espécie monogâmica, ou seja, possui o mesmo parceiro a vida toda.

Fonte: FZB-BH

  
  

Publicado por em

DINA COLIN

DINA COLIN

12/04/2009 16:26:45
GOSTARIA DE TER ALGUMAS INFORMAÇÕES SOBRE O LOBO- GUARÁ, POIS SOU PROFESSORA NA CIDADE DE ITAPECERICA DA SERRA/SP E O MEU PROJETO É SOBRE ELE. MEUS ALUNOS JÁ FIZERAM UMA PESQUISA SOBRE O LOBO- GUARÁ E FICARAM ENCANTADOS.QUERO FAZER NO FINAL DO ANO LIVRO COM OS DADOS COLETADOS POR ELES E PARA ISSO BUSCO MAIS INFORMAÇÕES. COMO DADOS DA QUANTIDADE EXISTENTE. OBRIGADA DINA COLIN

VALÉRIA MARIVAL DE MENESES

VALÉRIA MARIVAL DE MENESES

22/01/2009 20:36:34
PARABÉNS MINAS GERAIS!!!