Fortes razões para eliminarmos o consumo de carne da nossa alimentação

A produção de carne contribui para a fome no mundo : .a quantidade de comida produzida para alimentar os rebanhos de corte nos países desenvolvidos seria suficiente para acabar com a fome e a desnutrição no mundo inteiro. . se o rebanho norte-americ

  
  

A produção de carne contribui para a fome no mundo :

.a quantidade de comida produzida para alimentar os rebanhos de corte nos países desenvolvidos seria suficiente para acabar com a fome e a desnutrição no mundo inteiro.

. se o rebanho norte-americano fosse reduzido à metade, poderia-se cultivar alimento suficiente para eliminar a desnutrição de quatro vezes a população dos países subdesenvolvidos.

. se os norte-americanos reduzissem seu consumo de carne em apenas 10% por um ano, seria possível cultivar mais 12 milhões de toneladas de grãos para o consumo humano, ou o suficiente para alimentar 60 milhões de pessoas.

A produção de carne prejudica o meio ambiente:

ÁGUA:

. Mais da metade de toda a água dos Estados Unidos é consumida pelos rebanhos de corte.

. A produção de meio quilo de carne consome cinqüenta vezes mais água que o cultivo de meio quilo de trigo.

. A indústria da carne está secando as reservas de água subterrâneas das quais dependem vastas regiões secas da América, Austrália e outros países.

. A produção de meio quilo de carne de boi equivale à produção de dois quilos e meio de grãos e ao consumo de 2.500 galões de água, da energia correspondente a um galão de gasolina e cerca de 18 quilos de solo erodido.

ENERGIA:

. As plantações destinadas ao consumo humano economizam: pelo menos cinco vezes mais energia que a criação de gado, vinte vezes mais energia que a criação de aves e cinqüenta vezes mais energia que os cultivos destinados à alimentação do gado.

. A criação de gado de corte só é possível graças a milhões de anos de acúmulo de energia solar em forma de óleo e de carvão. Por darem mais valor à carne do que ao óleo, as grandes indústrias da carne estão contribuindo para que esses recursos naturais, que são finitos, acabem mais rapidamente.

SOLO:

. Mais de um terço do território norte-americano é tomado por pastos.

. Mais de metade das plantações norte-americanas são de culturas destinadas à alimentação do gado.

. Uma pequena indústria com 60 mil aves produz 82 toneladas de excrementos toda semana.

. Em uma semana, 2 mil porcos produzem 27 toneladas de estrume e 32 toneladas de urina.

. Nos Estados Unidos, os excrementos de animais de corte chegam a 2 bilhões de toneladas por ano, o que corresponde a 10 vezes o esgoto produzido pela população americana

. Apenas 50 milhões de toneladas de estrume por ano podem ser absorvidas com segurança pelo meio ambiente. O excesso é normalmente descartado no meio ambiente, poluindo a água e matando a vegetação nativa.

FLORESTAS:

. No Brasil, Costa Rica, Colômbia, Malásia, Indonésia e Tailândia, as florestas tropicais estão sendo destruídas para dar lugar a pastos para gado. Mas a carne produzida não beneficia a população pobre desses países: é vendida às pessoas de maior poder aquisitivo ou exportada para outros países. Nos últimos 25 anos, metade das florestas tropicais da América Central desapareceram graças à produção de carne para o mercado norte-americano.

. Estima-se que pelo menos 90% das espécies de plantas e animais de todo o planeta vivam nos trópicos, a maioria ainda não catalogada pela ciência. Além de dizimar os ecossistemas, a destruição das florestas provoca erosão, que causa enchentes e a redução das chuvas. E sem as florestas, que absorvem o dióxido de carbono da atmosfera, haverá o agravamento do efeito-estufa.

Fonte: `Animal Liberation`-Peter Singer

_______________________________________

Participe do Fórum Defesa dos Animais.Sua opinião é muito importante!

  
  

Publicado por em