Viajando com seu animal , em segurança e, dentro da lei !

É sempre possível fazer uma viagem muito agradável na companhia de seu animal, desde que sejam obedecidos alguns procedimentos legais e todos os controles de fronteira.

  
  
Para uma viagem ao exterior é necessário que o animal passe por todos os controles de fronteira.

É sempre possível fazer uma viagem muito agradável na companhia de seu animal, desde que sejam obedecidos alguns procedimentos legais e todos os controles de fronteira.

O Código Brasileiro de Trânsito estabelece dois artigos que os donos de animais não podem ignorar:

Art: 235: Conduzir pessoas, animais ou cargas nas partes externas do veículo, salvo nos casos devidamente autorizados. Essa infração é considerada grave. O dono perde 5 pontos em seu prontuário .

Art: 252: Inciso II: Transportar pessoas,animais ou volumes à esquerda ou entre braços e pernas. Essa infração é tida como média. O dono perde 4 pontos em seu prontuário .

Numa viagem interestadual, a Instrução Normativa Nº 18, de 18 de julho de 2006, Artigo 3º, estabelece que o trânsito de cães e gatos fica dispensado da exigência da GTA; para esse trânsito, os animais deverão estar acompanhados de atestado sanitário emitido por médico veterinário devidamente registrado no Conselho Regional de Medicina Veterinária da Unidade Federativa de origem dos animais, comprovando a saúde dos mesmos e o atendimento às medidas sanitárias definidas pelo serviço veterinário oficial e pelos órgãos de saúde pública, com destaque para a comprovação de imunização anti-rábica.

A vacina anti- rábica é exigida sómente para animais com mais de 5 meses de idade, e deverá conter os seguintes dados:

- Nome do laboratório produtor da vacina
- Tipo de vacina utilizada;
- Partida da vacina.
- Prazo de validade

Esta vacina deverá ter sido aplicada há à mais de 30 dias e menos de um ano

Para a obtenção do Certificado Zoossanitário Internacional ou Nacional o proprietário deverá providenciar o atestado de saúde de seu animal em até 8 dias antes do embarque.

A maior parte dos cães está habituada a viajar de carro, mas é conveniente planejar paradas de duas em duas horas, para que eles possam beber água, fazer as necessidades fisiológicas e esticarem as patas.

Se a opção for viagem em navio, as condições variam segundo as companhias armadoras. Normalmente eles precisam ser alojados numa caixa construída para esse fim. Na maioria das vezes, os de tamanho pequeno podem viajar na cabine. Nas balsas podem ficar dentro do carro. As tarifas variam de acordo com a classe da embarcação, do local do destino e período da travessia.

Nas aeronaves o transporte de cães pode ser admitido na cabine de passageiros,desde que estejam acondicionados em embalagens especiais e não acarretem desconforto aos demais passageiros. As companhias aéreas devem ser avisadas préviamente que o passageiro estará acompanhado de seu animal de estimação.

Se pesarem mais de seis quilogramas viajarão no porão, como excesso de bagagem, pagando um suplemento por quilograma vivo, pesado com a caixa.

As companhias fornecem as caixas em vários tamanhos. Recomenda-se que se dê algum calmante ao animal, para evitar o estresse causado pelo ruído dos motores, confinamento, etc. Para o embarque do animal é obrigatório a apresentação do atestado de saúde passado pelo médico veterinário devidamente registrado no Conselho Regional de Veterinária (CRMV).

O transporte de cães treinados para condução de deficientes visuais, que dependem inteiramente dele, será permitido na cabine de passageiros, em adição à franquia de bagagem e livre pagamento. No entanto a companhia deverá ser avisada com antecedência, para evitar embaraços na hora do embarque.

Para uma viagem ao exterior é necessário que o animal passe por todos os controles de fronteira, sendo que cada país tem seus próprios tramites que permitem admissão de cães no seu território. É aconselhável informar-se na embaixada ou no consulado do país de destino sobre a documentação específica exigida, uma vez que as condições de admissão podem ter sido alteradas de um ano para o outro.

Saiba mais sobre os animais : www.animalivre.com.br

  
  

Publicado por em

Tailine

Tailine

26/08/2014 14:21:10
ola gostaria de saber se eu posso viajar com meu esposo ele caminhoneiro e levar meu cachorrinho da raça lhassa apso junto ou se divido a calor forte do verão ele pode sofrer demais por favor me responda. obrigada

Vininha F. Carvalho

Vininha F. Carvalho

Ele podera ter sérios problemas , principalmente se ficar muito tempo dentro do caminhão.
Linda Ramos

Linda Ramos

04/03/2013 16:51:20
Gostaria de saber se posso levar meu cão de 6 kg( atendendo todas as exigências, claro), no ônibus interestadual . Como são 18 h de viagem não posso deixá-la dentro do kanel todo esse tempo. Posso, durante a viagem, tira-la e deixar no acento a mais que irei comprar? Ela é educadissima e acostumada a viagens longas de carro sem problemas.

Fernanda

Fernanda

25/02/2013 16:48:12
Olá. Estou em São Paulo, e gostaria de viajar com o meu gatinho de 5 meses para a Bahia de ônibus. Como devo proceder?

Vininha F. Carvalho

Vininha F. Carvalho

Voce deve se informar junto a empresa de onibus para obter as informações necessárias, inclusive certificar-se se o animal podera viajar junto com voce . Caso contrário, deve buscar orientação de um veterinário, para evitar que ele tenha problemas.
Laura Karen

Laura Karen

19/12/2012 13:26:34
pode levar cinco pessoas e um cachorro no carro ?
porque eu quero levar meu cachorro para a viagem que eu vou fazer ! mais eu não sei se pode levar 5 pessoas e 1 cachorro ! pode ?

Maria Sonia

Maria Sonia

01/12/2012 11:01:04
Moro em altamira no PA.Minha amiga foi de mudança para o Rio de Janeiro e a Trip não levou seus dois cachorros porque não estão transportando mais animais...mesmo estando com vacinaçoes em dia ...canil adequado.Tudo que é exigido.Estou preocupada pois estou de volta a Curitiba PR ...tenho um animal de estimação e não deixo para trás. Me respondam : o que devo fazer.
A Trip poderia ter feito isso?Onde ficam nossos direitos?

Antonia

Antonia

07/06/2012 20:31:56
Adorei a matéria!
Gostaria de receber em meu e-mail dicas de Etiqueta e responsabilidade pra quem se hospeda em hotéis e pousadas com seu animalzinho de estimação para estabelecer regras do que é permitido e o que não é a fim de não causar nenhum desconforto com os outros hóspedes. Afinal eu adoro meus bichinhos mas sei que existem pessoas que não toleram animais de jeito nenhum.
Agradeço se puderem me informar melhor a respeito.
bjs,

Antonia

Annabella

Annabella

27/11/2011 13:30:50
eu queria saber como se viaja com um papagaio? Eu tenho um, mais tenho medo de viajar com ele.

Lilian

Lilian

28/10/2011 23:19:57
Nessas férias, gostaria de viajar com meu papagaio de Carro, mas tenho medo de que na decida, nos tuneis, costuma-se entupir os ouvidos das pessoas, pode acontecer isso com o papagaio? é errado viajar de carro com uma ave? que cuidados deveria ter?

Gabriela

Gabriela

11/12/2010 14:36:10
Gostei dessas informações, ajudam muito.

Luis

Luis

31/01/2009 22:27:17
Gostei do informativo isso pode ajudar muita gente.

Elizabeth Donaire Malt

Elizabeth Donaire Malt

09/01/2009 10:22:53
Achei ótimo essas informações é necessário haver mais divulgação, pois o numero de pessoas que possuem animal de estimação atualmente é muito grande. Obrigado, Beth

Vininha F. Carvalho

Vininha F. Carvalho

Esta informação também esta sendo veiculada no Portal Animalivre ( www.animalivre.com.br). Mas , será muito interessante que voce possa divulga-la para seus contatos. Os animais merecem toda nossa dedicação!
James Law

James Law

31/10/2008 12:29:19
Tenho duas mascotes de pequeno porte. Uma poodle e uma maltês.
Costumamos viajar com elas por todo o Brasil. Normalmente viajamos somente o casal e elas. Nessa situação utilizamo-nos das cadeirinhas Transpet onde elas ficam confortáveis e ao mesmo tempo seguras durante a viagem.

Há um site de hoteis que se aprimora em notificar aos viajantges os hoteis que aceitam pets: http://www.hotelinsite.com.br/procura/resultado.asp?cid=&uf=&brr=&nom=&dia=&cen=&vis=&anm=1&tip=&tur=&input=pesquisar
esse
mesmo site pede para que, quem souber de outros estabelecimentos que aceitem nossos mascotes, o avisem.

O número de pousadas e hoteis que aceitam está aumentando muito, mas para isso precisamos que todos eduquem seus mascotes para que não haja problemas e deixem de aceitá-los.

Samara

Samara

30/10/2008 21:46:30
Adorei a Matéria, seria interessante também listar algumas hospedagens que aceitam animais.

Gisele

Gisele

30/10/2008 12:26:49
Gostaria de saber mais sobre hotéis, pousadas ou pacotes turísticos que incluem nossos pets.
Obrigada

Vininha F. Carvalho

Vininha F. Carvalho

O Guia 4 Patas Dog Tour, elaborado em parceria com a Editora Online, oferece mais de 500 destinos para as pessoas viajarem com seus animais, com dicas de hotéis, pousadas, flats, resorts, hotéis-fazenda e albergues. Pode ser encontrado nas bancas de todo o País.
Claudia Luna

Claudia Luna

29/10/2008 10:20:12
Não esqueça de informar ao veterinário sobre a viagem, pois em alguns casos é necessário medicação preventiva específica para evitar doenças que se desenvolvem em determinados locais, e que seu bichinho pode não estar acostumado.

Fernanda

Fernanda

28/10/2008 17:49:19
Aqui no Rio Grande do Sul, nós podemos viajar com animais nos onibus intermunicipais, mas tem certas regras tais como: o cão ter no maximo 8 kg, ter a carterinha das vacinas, ter atestado do veterinario, o cão deve ser transportado dentro da gaiolinha propria para ele.

Evenise martins

Evenise martins

16/10/2008 12:12:24
eu gostaria de saber para viajar pelo brasil de carro como posso levar o meu papagaio, onde, como e o que é necessário ele tem 48 anos que vive comigo....

Fabinho

Fabinho

15/10/2008 13:32:30
Achei interessante, porém toda esta burocracia dificulta a viabilidade deste transporte.

Debora

Debora

14/10/2008 15:29:22
Adorei a materia... estou programando minhas férias e meu Nino tem que ir junto e não sabia quais eram os procedimentos... Tks

Miriam

Miriam

14/10/2008 14:52:27
Essa informação é ótima mas está omitindo a obrigatoriedade da colocação de um chip no animal que viajar para o exterior hoje sem chip não embarca.

Alencar Westin

Alencar Westin

10/10/2008 07:46:29
Gostei da matéria e quero dar uma sugestão para outra que julgo necessária e interessante: Etiqueta e responsabilidade pra quem se hospeda em pousada com seu cão.

Marcia

Marcia

09/10/2008 18:42:22
otimo que as pessoas e nosso codigo de leis de transito se preocupem com a segurança e bem estar dos animais. necessário que a responsabilidade e o respeito aos animais sejam ampliados.
Mais uma dica de segurança - colocar coleira de corpo e prender os cães no encosto de cabeça e, se possível com sinto de segurança. existem cadeirinhas próprias em pet shops.

Marcelo Maestrelli

Marcelo Maestrelli

02/10/2008 11:38:36
Excelente matéria! Vai ajudar muita gente que quer levar seu PET pra TRIP e não sabe o caminho das pedras. Obrigado pela sua valiosíssima colaboração, Vininha!