Caramanhola: tenha água sempre à mão

Ninguém discute a importância de manter-se hidratado durante a prática de atividades físicas. Principalmente quando se trata de atividades que se repetem ao longo de várias horas e vários dias. Portanto, como carregar tanta água (às vezes para um ou dois

  
  

Ninguém discute a importância de manter-se hidratado durante a prática de atividades físicas. Principalmente quando se trata de atividades que se repetem ao longo de várias horas e vários dias. Portanto, como carregar tanta água (às vezes para um ou dois dias), passa a ser um problema a ser pensado com cuidado.

Uma maneira de se carregar bastante água, são as garrafas PET de dois litros. Com certeza são uma boa solução para armazenar a água, porém não são nada práticas de utilizar. Temos que retirá-las da bagagem sempre que estamos com sede.

A água deve ficar em lugar mais acessível possível. É muito normal deixarmos de tomar água por um pouco de preguiça ou por puro esquecimento, quando esta não está ao alcance das mãos.

Portanto use e abuse das caramanholas (garrafinhas plásticas que podem ser acopladas ao quadro da bicicleta por meio de um suporte). As posições mais comuns para afixá-las são dentro daquele triângulo formado pelos tubos do quadro. Mas dá também para colocar do lado de fora, uma embaixo, próximo à roda dianteira e outra atrás, próximo à roda traseira (nem todas as bicicletas têm espaço suficiente para esta última). Outra opção é: no garfo, uma de cada lado da roda.

Dicas
Utilize caramanholas que possuem uma tampinha recobrindo o bico. Assim você evita de colocar a boca em contato com a poeira e o barro toda vez que for beber água.

Os suportes de alumínio são leves e bem mais resistentes que os de plástico, porém com o inconveniente de serem mais caros.

As bolsas de água tipo Camel Back são viáveis apenas para pequenos trajetos, já que qualquer coisa pendurada nas costas depois de muitas horas se torna incômoda.

  
  

Publicado por em