Comidas para viagem no cicloturismo

Energéticos e bebidas artificiais são boas soluções de alimentação durante competições ou treinos. Para viagens, podem até ser um complemento, mas sozinhos não são suficientes. Ninguém quer passar vários dias só tomando caldinhos concentrados. comida

  
  

Energéticos e bebidas artificiais são boas soluções de alimentação durante competições ou treinos. Para viagens, podem até ser um complemento, mas sozinhos não são suficientes. Ninguém quer passar vários dias só tomando caldinhos concentrados.

comida quentinha no fim do dia

comida quentinha no fim do dia

Muitos cicloturistas preferem utilizar alimentos mais naturais para repor suas perdas durante uma viagem. Frutas secas, como uva passa, damasco, maça seca, e castanhas, como castanha de caju, nozes, castanha do Pará, amendoim, soja torrada e outras, são ótimas fontes de sais minerais, por exemplo. Se você fizer um mix e comer algumas vezes por dia pode ficar tranqüilo quanto à reposição dos seus sais. Barrinhas de cereais também são muito práticas.

E por que não comer frutas de verdade também? É a melhor maneira de repor vitaminas. Você não precisa carregar aquele monte de frutas, é claro, mas sempre que passar em algum lugarejo compre uma maça ou uma mexerica, e bananas... Bananas são excelentes fontes potássio e ajudam a evitar as câimbras, mas são difíceis de carregar. Às vezes é melhor comer no local mesmo. Tome um cuidado especial com as frutas cítricas, pois caso você não lave as mãos depois de comê-las pode provocar manchas na pele.

Cenoura também é bem versátil, pode ser comida pura ou servir para incrementar um sanduíche, por exemplo. Aliás folhas como acelga ou repolho também servem para isso, e duram vários dias.

Para energia, usamos docinhos de leite, de goiaba e mel embalado em saquinhos. Esse mel geralmente é encontrado em farmácias ou casa naturais.

Agora falando das refeições. Tem aqueles cicloturistas que adoram preparar um jantarzinho no acampamento do final do dia. Existem muitas alternativas para fugir do monótono miojo. Acha-se com facilidade no mercado vários alimentos semi-prontos, chamados liofilizados. Você acrescenta água e cozinha. É possível encontrar neste estilo, risotos, macarronadas, purê de batata e até feijão. O arroz você pode usar aquele que cozinha dentro de um saquinho, já viu? É claro que nós não temos nada contra o miojo, ele ótimo, principalmente se você caprichar um pouquinho mais. Já pensou fazer um molho ou em colocar uns polenguinhos e um queijo parmesão?

E para quem gosta de inventar um pouco, é bom carregar um potinho com óleo, um pouquinho de farinha e vários temperos. Já imaginou preparar um molho branco ou panquecas no meio do mato? (na panqueca usamos clara liofilizada). Não é muito difícil e pode ter certeza que com a fome que você vai estar vai valer a pena.

Ás vezes fazemos o sacrifício de carregar um potinho de molho de tomate ou de creme de leite (ou os dois!) durante um ou dois dias, mas depois nunca nos arrependemos. Que tal um estrogonofe a luz da lua? No lugar de carne usamos proteína de soja, e acredite, fica bom! Aliás a chamada PVT, proteína de vegetal texturizada, é um ótimo aditivo para os pratos pois tem uma quantidade incrível de proteínas. Precisa é claro ser bem temperada pois em si não tem muito gosto. Mas cozinha rápido e não dá trabalho.

Enfim, vale a pena perder um pouquinho de tempo pra pensar nesse assunto. No começo você vai ter que treinar em casa se não tiver prática e planejar um pouco também. Mas vai estar mais saudável durante a viagem, gastar menos com comida e o melhor de tudo: vai descobrir um novo prazer dentro de uma viagem.

  
  

Publicado por em

Antonio carlos pereira

Antonio carlos pereira

29/01/2012 00:37:25
Valeu pela publicação! Qq dúvida estarei á disposição!

Antonio Carlos Pereira
Presidente Prudente-SP

Antonio carlos pereira

Antonio carlos pereira

25/01/2012 17:29:42
Vou deixar aqui uma dica de uma farofa muito prática e fácil de preparar. INGREDIENTES: 01 pacote de soja texturizada ; 01 envelope de creme de cebola; 50 ml de óleo de soja e 01 pacote de 500g de farinha Deusa(biju).
MODO DE PREPARO: coloque o óleo numa panela média em fogo médio; despeje o conteúdo do envelope de creme de cebola e dê uma fritadinha(cuidado para não queimar); despeje a soja texturizada e vai mexendo até enxugar bem o óleo e dar uma bronzeadinha. Se quiser nem precisa por sal (já tem um pouco no creme de cebola).Por último vai jogando a farinha Deusa a gosto e vai mexendo até dar ponto. Se quiser pode acrescentar um pouco de alho granulado. Deixe esfriar ainda na panela. Depois de totalmente frio, guarde num pote bem fechado. Vai mantê-la crocante até acabar. Para vc viajar em seu ciclotur, leve um pouco em outro pote. Você poderá consumí-la pura, ou até colocar um pouquinho dentro de um sanduiche se quiser. É crocante e muito saborosa. É nutritiva, dá sustância e não estraga. Além de ser super leve para carregar na bagagem. Em casa na hora de servir, poderá acrescentar bacon picadinho e frito a parte, uvas passas, cheiro verde, entre outros ingredientes que sua criatividade permitir. Mas para guardar por vários dias, somente a farofa base(aquela que preparou com os ingredientes originais) para não perder a crocância. Do resto...bom apetite!

Eliana Britto Garcia e Rodrigo Telles

Eliana Britto Garcia e Rodrigo Telles

Valeu pela dica Carlos!
Dulci Schmidt

Dulci Schmidt

14/04/2011 09:01:23
Carlos, leve tudo de plástico... não precisa levar um pote de sal, basta vc juntar vários frascos pequeninos e colocar os temperos separadamente. Nada de vidro!
Dulci Sorocaba/SP

Dulci Schmidt

Dulci Schmidt

03/11/2010 14:16:06
Sempre carrego apretrechos de cozinha e muita coisa gostosa no meu alforge. Se vc está com amigos, acho tão simples parar em algum mercadinho durante o dia, planejar algo cheiroso e nutritivo pra comer mais tarde. depois é só dividir o peso e tudo fica ótimo. Aprendi com um amigo na última cicloviagem a parar nas hortinhas das casas de beira de estrada e comprar verduras, lavar ali mesmo e juntar com pão e regar de azeite (q nunca falta no meu alforje).... fica maravilhoso.
Dulci Sorocaba/SP

Eliana Britto Garcia e Rodrigo Telles

Eliana Britto Garcia e Rodrigo Telles

Excelente ideia Dulci, esse de comprar as hostaliças e lavar na hora!
Carlos soares

Carlos soares

17/12/2008 15:14:50
como levar panelas, pratos, copos etc?

Eliana Britto Garcia e Rodrigo Telles

Eliana Britto Garcia e Rodrigo Telles

Todo esse material tem que ser de plástico, aluminio ou aço inox para não quebrar. Daí você poe tudo nos alforjes!