É necessário tomar vacinas para viajar?

Podemos dizer que em princípio na maioria dos casos é muito aconselhável. Nos outros casos é obrigatório. Existem duas vacinas principais que o viajante deve tomar: a de febre amarela e a anti-tetânica. A febre amarela é transmitida por um mosquito tip

  
  

Podemos dizer que em princípio na maioria dos casos é muito aconselhável. Nos outros casos é obrigatório. Existem duas vacinas principais que o viajante deve tomar: a de febre amarela e a anti-tetânica.

A febre amarela é transmitida por um mosquito tipo pernilongo. A sua incidência é maior nas regiões Norte e Centro-Oeste, mas ela pode existir também isoladamente em vários lugares, inclusive próximo a grandes centros urbanos (já houve casos no litoral sul de São Paulo).

Por isto existem duas coisas que você pode fazer, para estar livre desta doença. Em primeiro lugar, informar-se muito bem sobre a região para onde você vai, e ter certeza de que lá não há nenhum risco, ou, como isto geralmente é muito difícil, tomar logo de uma vez a tão simples injeção.

Se você vai para algum dos estados do norte ou centro-oeste, é bom se informar pois muitas vezes uma vigilância dos órgãos de saúde barra a entrada de quem não está com a carteirinha em dia. E isto acontece com certeza para quem vai de avião, mas também pode acontecer no caso de se estar viajando de carro ou ônibus (e provavelmente de bicicleta também!). Muitas vezes há um posto de vacinação precariamente instalado na beira da estrada e você pode ser levado a tomar a vacina para prosseguir a viagem. Melhor não arriscar, e tomar sua vacina antes de sair de casa, num local de sua confiança.

Para países da América Latina como, por exemplo, Bolívia e Peru, a vacina de febre amarela também é obrigatória, tanto na entrada quanto na saída. Portanto tome muito cuidado para não perder a carteira durante a viagem, como nos aconteceu uma vez, quando fomos roubados. Só conseguimos embarcar de volta para o Brasil, depois de receber por fax uma cópia do xerox que havíamos providencialmente deixado na casa da minha mãe.

Duas informações são importantes para a vacina de febre amarela. Primeiro, que ela deve ser renovada a cada dez anos, pois perde sua validade neste período. Em segundo lugar, ela deve ser tomada com pelo menos dez dias de antecedência do início da viagem, pois, além de o efeito da vacina ainda não ter sido garantido, neste período o sistema imunológico da pessoa fica prejudicado e a exposição a outras doenças simples, pode se tornar muito perigosa.

Já o tétano, é uma doença que você pode pegar em qualquer lugar. Basta um corte ou machucado com um pouco de terra, sujeira ou ferrugem e pronto, a bactéria aproveita e se instala no seu precioso corpo. E tétano é uma doença muito perigosa: pode matar mesmo! Por isso, para onde quer que você vá, não deixe de tomar esta vacina. Existem casos de gente que pegou tétano dentro do escritório!

A primeira vez que você toma, são três doses. E depois, de dez em dez anos, toma-se apenas uma dose de reforço.

Além se de proteger tomando estas duas vacinas, lembre-se também de se informar a respeito de outras doenças, que muitas vezes não têm vacina (como malária e leishimaniose e esquistossomose, por exemplo), nos locais por onde você irá passar e de como evitá-las. Saiba qual o animal transmissor e seus hábitos, como o horário e locais de maior incidência. Esta é uma etapa fundamental no planejamento de uma viagem.

Passe num posto de saúde e se informe. As vacinas costumam ser gratuitas nos postos públicos. A dica é ter uma carteirinha de vacinação organizada e conferi-la uma vez por ano.

  
  

Publicado por em

Ayumi

Ayumi

18/01/2011 15:54:11
oie!! eu vou embora pra bolivia em junho e gostaria de saber se preciso tomar alguma vacina ou nao,se caso nao vacinar tem algum problema....fuiii

Eliana Britto Garcia e Rodrigo Telles

Eliana Britto Garcia e Rodrigo Telles

Provavelmente vai ser exigida a vacina de febre amarela