Esterilização da água durante a viagem

Uma das questões mais freqüentes numa viagem de bicicleta é com relação à água que se bebe. Há quem diga que só bebe água mineral. Porém, para uma viagem longa isto pode acabar pesando no orçamento. Além disso, em muitos locais um pouco mais afastados de

  
  

Uma das questões mais freqüentes numa viagem de bicicleta é com relação à água que se bebe. Há quem diga que só bebe água mineral. Porém, para uma viagem longa isto pode acabar pesando no orçamento. Além disso, em muitos locais um pouco mais afastados de grandes centros, nem sempre encontramos água mineral. Sem falar é claro, no fato de ser um tanto anti-ecológico a quantidade de garrafas de plástico que vai para o lixo.

Há também aqueles que alegam que para um verdadeiro contato com o local visitado precisamos beber a mesma água que os habitantes locais bebem, ou seja, a água da torneira, poço, riacho, etc. Isto pode trazer alguns problemas para os viajantes. Mesmo que os moradores do local aparentemente não tenham nenhum problema, quem é de fora costuma ter reações bem mais fortes. Não é raro pegar uma infecção por vírus ou bactérias que normalmente impede a continuação da viagem por uns dias. Além da chance de pegar vermes, que irão trazer problemas mais tarde.

Uma solução possível para essa questão é a esterilização da água. Compostos de cloro (como o Hidrosteril, por exemplo), são comercializados em farmácias ou supermercados com essa função. Basta pingar umas gotas e esperar alguns minutos, conforme as instruções do fabricante.

Porém, alguns cuidados devem ser tomados:
1. Este procedimento não é totalmente garantido para águas sujas demais ou que contenham esgoto.
2. Não se deve colocar mais cloro do que o indicado pelo fabricante, pois o excesso pode causar desarranjo intestinal.
3. Não se deve utilizar cloro em panelas ou cantis de alumínio sem revestimento, pois o cloro reage com o alumínio gerando substâncias tóxicas.

Mais um cuidado que se pode tomar é que a maioria das pessoas se ofende se você duvidar da confiabilidade da água que estão oferecendo. Se você for pingar algumas gotas de cloro para esterilizar a água, deixe para fazer um pouco mais adiante, longe dos olhos de quem a forneceu.

Outros problemas com a água podem surgir devido à composição de minerais desta. Em alguns lugares a água é calcária ou até um pouco salobra. Neste caso, o cloro não resolve. Aí o único jeito é apelar para a água mineral.

  
  

Publicado por em

Lohanna...

Lohanna...

03/11/2009 20:29:12
mostre mas fotos para que as pessoas possam entender oque se explica certo.